Login| Sign Up| Help| Contact|

Patent Searching and Data


Title:
COMPACT CUTTING AND LAMINATING STATION FOR THIN SELF-ADHESIVE LABEL MANUFACTURING EQUIPMENT
Document Type and Number:
WIPO Patent Application WO/2018/039757
Kind Code:
A1
Abstract:
The present abstract relates to an invention patent application for a cutting and laminating station (1), belonging to the field of means used in the manufacture of labels and similar thin stickers, including the station (3) for cutting the shapes of the labels (201) and the station (5) for laminating the strips of labels (200)'-(201)'- (202) and liners (300)-(301) and is formed, in sequence, by a rubber cylinder (10) for inserting and stabilizing the strip (200)-(201) in the station (1), a blade-cylinder (20) for cutting the shapes of the labels (201), and a rubber laminating cylinder (30), said cylinders (10), (20), (30) being arranged about and tangential to a counter-blade-cylinder (21), said tangency including a first tangent point (40) for inserting the strip of labels (200)-(201), a second tangent point forming the station (3) for cutting the strip (200) into the shapes of the labels (201), and a third tangent point forming the station (5) for laminating the strip of labels (200)'-(201)'-(202) and strip of adhesive liner (300)-(301), this design improving the stability of the film (200)-(201) during cutting and facilitating installation in the equipment (100).

Inventors:
ARIPPOL, Giuseppe Jeffrey (Diogo Pires, Nº 2 - Jaguaré, -010 São Paulo, 05322-010, BR)
Application Number:
BR2016/050300
Publication Date:
March 08, 2018
Filing Date:
November 18, 2016
Export Citation:
Click for automatic bibliography generation   Help
Assignee:
ARIPPOL, Giuseppe Jeffrey (Diogo Pires, Nº 2 - Jaguaré, -010 São Paulo, 05322-010, BR)
International Classes:
B32B37/12; B41M3/00; C08J5/12; C09J7/00
Foreign References:
BRPI0805052A22010-07-27
US20150075708A12015-03-19
US6206071B12001-03-27
US5776289A1998-07-07
Attorney, Agent or Firm:
RODRIGUES, Jose Edis (Caldas Novas, 50 - CJ. 56 - Bethaville 1, -301 Barueri, 06404-301, BR)
Download PDF:
Claims:
REIVINDICAÇÕES

1 ) - "ESTAÇÃO COMPACTA DE CORTE E LAMI NAÇÃO DE EQUIPAMENTO DE FABRICAÇÃO DE RÓTULOS AUTOADESIVOS FINOS", dito equipamento compreendido por uma sucessão de estações de processamento, que realizam etapas de: (1 ) - Desbobinar primeira (200) e segunda (300) bobinas de fita filme plástico transparente fino, que irão constituir os rótulos e a fita de suporte e proteção (liner) dos rótulos, respectivamente; (2) - Opcionalmente, imprimir uma sucessão de rótulos (201 ) na fita (200) formando fita de rótulos (200)-(201 ) ou não imprimir para formação de fita de etiquetas em branco (200)-(201 ); (3) - Cortar na fita (200) os contornos dos rótulos ou das etiquetas em branco (201 ) sem destacá-los, formando fita (200)'-(201 )'-(202) composta de rótulos impressos ou etiquetas em branco (201)' com contornos cortados e esqueleto (202); (4) - Aplicar camada de adesivo (301 ) na face de liberação (siliconada) da fita (300), formando fita de liner adesivada (300)-(301 ); (5) - Laminar as fitas (200)'-(201 )'-(202) e (300)-(301 ); (6) - Extrair o esqueleto (202); e (7) - Bobinar e formar uma bobina (400) de a fita de rótulos finos ou etiquetas em branco (201 )-(301 )-(300), caracterizado por dita estação compacta de corte e laminação (1 ) ser intercalada entre a estação (2) de impressão dos rótulos (201 ) na fita (200) ou estação (1 ) desbo- binadora de fita de rótulos já impressa (200)-(201 ) ou desbobinadora da fita não impressa (200) e a estação (4) de aplicação de camada de adesivo (301 ) na fita de liner (300); referida estação compacta (1 ) incorpora a estação (3) de corte dos contornos dos rótulos/etiquetas em branco (201 ) e a estação (5) de laminação das fitas (200)'-(201 )'- (202) e (300)-(301 ); dita estação compacta de corte e laminação (1 ) é formada, em sequência: por cilindro de borracha (10) de entrada e estabilização da fita (200)-(201 ) na estação (1 ); por cilindro-faca (20) de corte dos contornos dos rótulos/etiquetas em branco (201 ); e por cilindro laminador de borracha (30); ditos cilindros (10), (20), (30) dispostos em torno e tangentes a um cilindro-contra-faca (21 ); dita tan- gência compreendendo primeiro ponto de tangência (40), de entrada da fita de rótulos/etiquetas em branco (200)-(201 ); segundo ponto de tangência constitutivo da estação (3) de corte da fita (200) nos contornos dos rótulos/etiquetas em branco (201 ); e terceiro ponto de tangência constitutivo da estação (5) de laminação da fita de rótulos/etiquetas em branco (200)'-(201 )'-(202) e fita de liner adesivada (300)-(301 ). 2) - "ESTAÇÃO COMPACTA DE CORTE E LAMINAÇÃO DE EQUIPAMENTO DE FABRICAÇÃO DE RÓTULOS AUTOADESIVOS FINOS", de acordo com a reivindicação 1 , caracterizado por trecho entre a entrada da estação (1 ) e o primeiro ponto de tangência (40) constituir primeiro trecho (50) de caminho para a fita de rótulos/etiquetas em branco (200)-(201 ); o trecho da superfície do cilindro-contra-faca (21 ) entre dito primeiro ponto de tangência (40) e o segundo ponto de tangência constitutivo da estação de corte (3), constituir segundo (51 ) trecho de caminho da fita de rótulos/etiquetas em branco (200)-(201 ); o trecho da superfície do cilindro-contra-faca (21 ) entre referida estação de corte (3) e o terceiro ponto de tangência constitutivo da estação de laminação (5) constituir terceiro trecho de caminho (52) para a fita (200)'-(201 )'-(202) composta pela fita (200)' tendo rótulos (201 )' impressos ou etiquetas em branco (201)' com contornos cortados e esqueleto (202); e o trecho entre referida estação de laminação (5) e a saída da estação (1 ) constituir quarto trecho de caminho (53) para a fita laminada (200)'-(201 )'-(202)-(300)-(301 ) compreendida pela fita (200)' com rótulos (201 )' impressos ou etiquetas em branco cortados e esqueleto (202) e fita de liner adesivada (300)-(301 ).

3) - "ESTAÇÃO COMPACTA DE CORTE E LAMI NAÇÃO DE EQUIPAMENTO DE FABRICAÇÃO DE RÓTULOS AUTOADESIVOS FINOS", de acordo com a reivindicação 1 ou 2, caracterizado pela a estação de corte (3) prever dispositivo de estabilização da fita de filme (200) -(201 ) durante sua passagem e corte na estação (3), compreendido por colchão de material tipo borracha flexível (60) montado na superfície do cilindro-faca (20) que contém as facas (22).

4) - "ESTAÇÃO COMPACTA DE CORTE E LAMI NAÇÃO DE EQUIPAMENTO DE FABRICAÇÃO DE RÓTULOS AUTOADESIVOS FINOS", de acordo com a reivindicação 1 ou 2, caracterizado por dispositivo de estabilização da fita de filme (200) -(201 ) durante sua passagem e corte na estação (3) ser por vácuo (70) constituído pelo cilin- dro-contra-faca (21 ) ter superfície dotada de furos de sucção (71 ) e ser ligado a uma fonte de vácuo (72).

5) - "ESTAÇÃO COMPACTA DE CORTE E LAMI NAÇÃO DE EQUIPAMENTO DE FABRICAÇÃO DE RÓTULOS AUTOADESIVOS FINOS", de acordo com a reivindicação 1 ou 2, caracterizado por dispositivo de estabilização da fita de filme (200) -(201 ) durante sua passagem e corte na estação (3) ser um dispositivo (80) de tratamento estático sobre o filme (200) -(201 ) em ponto a montante da estação de corte (3) ou opcionalmente, dispositivo (90) de tratamento estático da superfície do cilindro-contra-faca (21 ).

Description:
"ESTAÇÃO COMPACTA DE CORTE E LAMI NAÇÃO DE EQUIPAMENTO DE FABRICAÇÃO DE RÓTULOS AUTOADESIVOS FINOS"

Γ0011 INTRODUÇÃO - O presente relatório descritivo refere-se a um pedido de patente de invenção para estação de corte e laminação, pertencente ao campo dos meios usados na fabricação de rótulos e similares autoadesivos finos e que foi desenvolvida para realizar o processo de obtenção de rótulos autoadesivos finos objeto do pedido de patente PI 0805032-0 do mesmo requerente.

[002] ESTADO DA TÉCNICA - Já são conhecidos rótulos autoadesivos, formados: por corpo de rótulo que tem impresso o rótulo propriamente dito; por camada de adesivo sensível a pressão prevista em uma das faces do corpo de rótulo. Esse rótulo originalmente é fornecido em fita de rótulos formada: por fita de suporte e proteção (liner); e por uma sucessão de rótulos colada na superfície de liberação do liner. Mencionada fita de rótulos, composta pelos rótulos e liner, formando uma bobina.

[003] O pedido de patente acima mencionado informa que, atual- mente, uma característica particularmente desejável em certas aplicações de rótulos autoadesivos é a transparência, que propicia o efeito de que a arte constitutiva do rótulo propriamente dito é impressa diretamente sobre a embalagem. Para otimizar esse feito e visando baixar custos têm sido usados filmes plásticos cada vez mais finos.

[004] Os filmes finos usados normalmente atendem à necessidade, mas quando do seu corte para definir os contornos do rótulo, pode ocorre que, por causa de algum eventual pequeno desacerto no pro- cesso e da pouca espessura do filme, o corte acaba atingindo também o liner, inutilizando a fita de rótulos que está sendo produzida.

[005] O processo de fabricação divulgado no pedido de patente acima mencionado visa superar esse problema.

[006] Para tanto, o processo é compreendido, essencialmente, pelas etapas de:

[007] 1 ) - Desbobinar a bobina de primeiro filme plástico transparente fino, que irá constituir os rótulos e segunda bobina de filme plástico fino siliconado, que irá constituir o liner em desbobinadores próprios, previstos na entrada de uma máquina de fabricação de tipo contínua;

[008] 2) - Imprimir uma sucessão de rótulos propriamente ditos em uma das faces da primeira fita de filme plástico transparente fino;

[009] 3) - Cortar na primeira fita de filme plástico transparente fino impressa os contornos dos rótulos propriamente ditos com faca de picotes, de modo a formar linhas de corte picotadas em torno das impressões dos rótulos e manter estes presos na fita de filme plástico;

[010] 4) - Aplicar adesivo na face siliconada da segunda fita de filme plástico fino siliconado;

[011] 5) - Laminar a primeira e segunda fitas de filme plástico transparente fino impressa cortada e siliconado adesivada, formando uma fita laminada, composta pela primeira fita de filme plástico transparente fino impressa e picotada e pela segunda fita de filme plástico fino siliconado adesivada;

[012] 6) - Extrair as regiões da primeira fita de filme plástico transparente fino em torno dos rótulos (esqueleto), de modo a formar uma fita composta pelo liner e por uma sucessão de rótulos colados na superfície de liberação (siliconada) do liner; e

[013] 7) - Bobinar a fita de rótulos finos formando uma bobina de fita de rótulos finos.

[014] Nesse processo, o instante entre o corte da primeira fita que tem os rótulos impressos e a sua laminação na segunda fita (liner) é crítico devido a tendência de as regiões da primeira fita constitutivas dos rótulos, ao terem seus contornos cortados, eventualmente aderirem na faca e serem arrancadas ou deslocadas da fita, antes de esta ser laminada na segunda fita (liner). Isso prejudica a laminação e consequentemente o processo.

r0151 OBJETIVOS DA INVENÇÃO - Assim, o objetivo da presente patente é prover uma estação de corte e laminação que realize o processo segundo o PI 0805032-0 e que proporcione estabilidade firme da fita ao passar por todos os processos realizados na estação.

[016] Outro objetivo é prover uma estação de construção, fabricação e funcionamento simples.

[017] Outro objetivo é prover uma estação de baixo custo de construção, fabricação e operação.

Γ0181 DESCRIÇÃO RESUMIDA DA INVENÇÃO - Tendo em vista o problema acima aludido e no propósito de superá-lo e visando atender aos objetivos relacionados, foi desenvolvida a estação compacta de corte e laminação de equipamento de fabricação de rótulos auto- adesivos finos, objeto da presente patente, a qual é compreendida, essencialmente, em sequência: por cilindro de borracha de entrada na estação; por par de cilindros de corte compreendendo cilindro- faca e cilindro-contra-faca; e por cilindro laminador de borracha, este, o cilindro-faca e o cilindro de entrada ficam tangentes a três pontos em sequência do cilindro-contra-faca. O filme fino impresso com os rótulos é recebido na estação pelo cilindro de entrada e estabilização; passa entre este e o cilindro-contra-faca; passa entre este e o cilin- dro-faca, onde os contornos dos rótulos são cortados, sem extração do esqueleto; e passa entre o cilindro-contra-faca e cilindro de lami- nação, onde dito filme fino impresso e cortado e o liner pré-adesivado são laminados. Eventualmente, na estação de corte, constituída pelo cilindro faca e cilindro-contra-faca, pode ser previsto dispositivo que favoreça a não aderência ou a expulsão do filme fino impresso cortado da faca, dito dispositivo podendo ser constituído por prover o cilindro faca de colchão de borracha que ajuda a expulsar o filme cortado para sobre o cilindro-contra-faca, dispositivo de vácuo previsto neste último, dispositivo compreendido por aplicação de estática no filme ou no cilindro-contra-faca ou outros.

[019] A compacidade da estação e a presença do cilindro de entrada e estabilização de borracha propiciam que o filme fino impresso seja recebido e avance dentro da estação firmemente estável, principalmente após o corte e entre este e a laminação, de modo a evitar que os rótulos, após terem seus contornos cortados, se separem da fita, evitando assim que o processo seja prejudicado, atendendo, portanto, ao objetivo principal da invenção. De fato, a compacidade da estação determina caminhos relativamente curtos para a fita de filme fino dentro da mesma, o que favorece que a estabilização proporcionada pelo cilindro de entrada e estabilização de borracha não perca efeito ao longo desse caminho.

[020] A compacidade da presente estação facilita sua instalação no equipamento de fabricação dos rótulos. [021] A estação com a presente solução, além de superar o problema do estado da técnica, apresenta construção, fabricação e operação simples e baixo custo, atendendo a outros objetivos da invenção.

[022] LISTA DE DESENHOS - Os desenhos anexos referem-se à estação compacta de corte e laminação de equipamento de fabricação de rótulos autoadesivos finos, objeto da presente patente, nos quais:

[023] A fig. 1 mostra um esquema do processo de fabricação de rótulos finos conforme divulgado no pedido de patente PI 0805052-0 do mesmo requerente, no qual é usada a estação compacta de corte e laminação, objeto do presente pedido de patete;

[024] A fig. 2 mostra o mesmo esquema acima mas tendo indicada a estação de corte e laminação da presente invenção, vista também esquematicamente;

[025] A fig. 3 mostra um detalhe no qual é visto um esquema da estação compacta de corte e laminação isoladamente; e

[026] As figs. 4 a 7 mostram a mesma figura 3, porém apresentando variantes da estação que incorporam dispositivos de estabilização da fita de filme de plástico fina durante a operação de corte, de tipo com dispositivo de estabilização compreendido por colchão de material tipo borracha flexível previsto na faca de corte; dispositivo de estabilização por vácuo previsto no cilindro-contra-faca; e dispositivo de estabilização por efeito estático previsto no filme ou cilindro-contra-faca, respectivamente.

[027] DESCRIÇÃO DETALHADA COM BASE NOS DESENHOS - A estação compacta de corte e laminação 1 (figs. 2 a 7), objeto da presente patente, destina-se a ser usada em equipamento de fabricação de rótulos autoadesivos finos 100 (fig. 1 ), que realiza a fabricação de acordo com o processo objeto do pedido de patente PI 0805052-0 do mesmo requerente, compreendido substancialmente por uma sucessão de estações que realizam as etapas de fabricação, a saber:

[028] 1 ) - Desbobinar, em respectivos desbobinadores próprios: primeira bobina de fita filme plástico transparente fino 200, que irá constituir os rótulos e segunda bobina de filme plástico fino siliconado 300, que irá constituir a fita de suporte e proteção (liner) dos rótulos;

[029] 2) - Imprimir uma sucessão de rótulos propriamente ditos 201 em uma das faces da fita 200, formando uma fita com uma sucessão de rótulos impressos 200-201 ;

[030] 3) - Cortar na fita 200 os contornos dos rótulos 201 sem destacá-los, formando uma fita 200'-201 '-202 composta por uma sucessão de rótulos impressos e com contornos cortados 201 ' e por região (esqueleto) 202 externa aos rótulos;

[031] 4) - Aplicar camada de adesivo 301 na face de liberação (sili- conada) da fita 300, formando fita de liner adesivada 300-301 ;

[032] 5) - Laminar as fitas 200'-201 '-202 e 300-301 , formando uma fita laminada 200'-201 '-202-300-301 , composta: pela fita 200' tendo os rótulos 201 ' impressos, com contornos cortados e não destacados e esqueleto 202; camada de adesivo 301 ; e fita de liner 300;

[033] 6) - Extrair o esqueleto 202, formando uma fita de rótulos finos 201 -301 -300, composta: pelo liner 300; por uma sucessão de rótulos 201 ; e por camadas de adesivo 301 de colagem dos rótulos 201 na superfície de liberação (siliconada) do liner 300; e

[034] 7) - Bobinar e formar uma bobina 400 de a fita de rótulos finos 201 -301 -300. [035] Opcionalmente, o equipamento de fabricação 100 usa fita de rótulos pré-impressa em equipamento fora da linha. Neste caso, referido equipamento de fabricação 100 não prevê estação de impressão (2) e a sua estação de desbobinação (1 ) desbobina uma fita 200 já impressa com os rótulos 201 . Esse é o equipamento/processo como divulgado no pedido de patente do mesmo requerente PI 0805052-0.

[036] A estação compacta de corte e laminação 1 , objeto da presente patente, (figs. 2) é usada nesse equipamento 100 de fabricação de rótulos autoadesivos finos, acima descrito. Dita estação compacta de corte e laminação 1 fica intercalada entre a estação (2) de impressão dos rótulos 201 na fita 200 ou estação desbobinadora de fita já impressa (1 ) (quando é usada fita de rótulo impressa em equipamento de impressão fora da linha) e a estação (4) de aplicação de camada de adesivo 301 na superfície de liberação (siliconada) da fita de liner 300, referida estação 1 incorpora: a estação (3) de corte dos contornos dos rótulos e a estação (5) de laminação.

[037] Assim, a estação compacta de corte e laminação 1 é formada, essencialmente, em sequência (fig. 3): por cilindro de borracha 10 de entrada e estabilização da fita 200-201 na estação 1 ; por cilindro-faca 20; e por cilindro laminador de borracha 30, os quais ficam em torno e tangentes a um cilindro-contra-faca 21 . O cilindro de borracha de entrada 10 e cilindro-contra-faca 21 ficam tangentes em primeiro ponto de tangência 40; o cilindro-faca 20 e cilindro-contra-faca 21 ficam tangentes em segundo ponto de tangência que constitui a estação (3) de corte dos contornos dos rótulos 201 ; e os cilindros de laminação 30 e cilindro-contra-faca 21 ficam tangentes em um terceiro ponto de tangência constitutivo da estação de laminação (5); ditos cilindros 10, 20, 21 , 30 são apoiados em dispositivos usuais de apoio e regulagem como mancais, suportes regulados e outros e sujeitos a meio de acionamento (não ilustrados), montados em uma estrutura (não ilustrada) que se apoia em superfícies adequadas do equipamento 100.

[038] O cilindro de borracha de entrada 10 faz a admissão da fita de filme superfina 200 impressa com os rótulos 201 na entrada da estação 1 e proporciona um primeiro trecho de caminho 50 para a fita impressa com rótulos 200-201 , entre a entrada da estação 1 e o primeiro ponto de tangencia 40 com cilindro-contra-faca 21 .

[039] A partir do primeiro ponto de tangência 40 entre dito cilindro de borracha de entrada 10 e o cilindro-contra-faca 21 e o ponto de tangência entre este último e o cilindro-faca 20, constitutivo da estação de corte (3), define-se, na superfície do cilindro-contra-faca 21 , um segundo trecho de caminho 51 para a fita impressa com rótulos 200- 201 .

[040] O ponto de tangência entre o cilindro-faca 20 e o cilindro-contra-faca 21 constitui estação de corte (3), na qual a fita impressa com rótulos 200- 201 é cortada nos contornos destes, sem que estes sejam extraídos, formando a fita 200'-201 '-202, formada pela fita 200' tendo rótulos 201 ' impressos com contornos cortados e esqueleto 202 em torno dos rótulos. O cilindro-faca 20 tem várias facas de corte em anel fechado 22 incorporadas por todo seu perímetro e que realizam o corte dos contornos dos rótulos 201 impressos na fita de filme fino 200. [041] O trecho de superfície do cilindro-contra-faca 21 , entre a estação de corte (3) e a estação de laminação (5), constitui um terceiro trecho de caminho 52 para a fita de rótulos impressos e com contornos cortados 200'-201 '-202.

[042] O ponto de tangência entre o cilindro-contra-faca 21 e cilindro de laminação 30 constitui a estação de laminação (5), na qual referida fita de rótulos impressos e com contornos cortados 200'-201 '- 202 e a fita de liner adesivada 300-301 são laminadas, formando uma fita 200'-201 '-202- 300-301 composta: pela fita 200 com rótulos 201 ' impressos e com contornos cortados e esqueleto 202 e fita de liner adesivada 300-301 .

[043] A partir da estação de laminação (5) até a saída da estação 1 forma-se quarto trecho de caminho 53 para a fita 200'-201 '-202- 300- 301 formada na estação 1 . Essa fita 200'-201 '-202- 300-301 segue para a estação (6) de extração do esqueleto 22 (fig. 2) que faz parte do equipamento de fabricação 100.

[044] Desse modo, a presente estação 1 realiza as operações de corte e laminação de forma eficiente, dentro do processo como divulgado no pedido de patente PI 0805052-0 do mesmo requerente, devido sua geometria - composta basicamente por cilindro de entrada e estabilização 10, cilindro-faca 20 e cilindro de laminação 30 dispostos em torno e tangentes ao cilindro-contra-faca 21 - resultar em caminho relativamente curto para a fita de filme 200 durante o processamento, facilitando que esta seja esticada e não afrouxe, principalmente por ação do cilindro de entrada e estabilização 10. Com isso, dita fita fica estável durante a operação de corte favorecendo a que não haja eventual destacamento dos rótulos quando do corte de seus contornos.

[045] A compacidade da estação 1 facilita ainda sua instalação no equipamento de fabricação 100.

[046] Dentro da construção básica acima descrita, pleiteia-se que a estação compacta de corte e laminação 1 , objeto da presente patente, e os produtos obtidos com a mesma possam apresentar modificações relativas a materiais, dimensões, configurações, sequências de etapas processuais sem que fuja do âmbito de proteção da patente.

[047] Dentro disso, a estação de corte (3) pode prever dispositivo destinado a melhor estabilização da fita de filme 200 durante sua passagem e corte, evitando uma eventual extração de parte o de todo o rótulo 201 durante o corte de seus contornos.

[048] Em uma possibilidade de realização, referido dispositivo de estabilização (fig. 4) é de tipo compreendido por colchão de material tipo borracha flexível 60 montado na superfície do cilindro-faca 20 que contém as facas 22, de modo que estas cortam o filme 200-201 e o colchão flexível 60 comprime o filme cortado 200-201 contra o cilindro-contra-faca 21 , evitando movimentos indesejáveis do filme que prejudiquem o corte, bem como favorecendo a expulsão do filme cortado 200-201 para sobre o cilindro-contra-faca 21 .

[049] Em outra possibilidade de realização (fig. 5) pode ser previsto dispositivo de estabilização por vácuo 70 constituído pelo cilindro- contra-faca 21 ter superfície dotada de furos de sucção 71 e ser ligado a uma fonte de vácuo 72, de modo que o filme 200-201 é sugado contra superfície do cilindro-contra-faca 21 ficando assim estável durante o corte do contorno dos rótulos 201 feito pelo cilindro-faca 20.

[050] Em outra possibilidade de realização, pode ser previsto dispositivo de estabilização por efeito estático. Neste caso, em uma possibilidade de realização pode ser previsto um dispositivo 80 que proporciona tratamento estático sobre o filme 200-201 (fig.6) em ponto a montante da estação de corte (3) para que ele adira na superfície do cilindro-contra-faca 21 . Opcionalmente, o dispositivo de estabilização consiste (fig. 7) no cilindro-contra-faca 21 dotado de superfície com tratamento estativo 90, que favorece a aderência filme 200-201 sobre a mesma.

[051] O material a ser processado na estação compacta de corte e laminação 1 pode ser uma fita filme fino 200 tendo impressos rótulos 201 , para obtenção de uma fita de rótulos em filme fino 200-201 , conforme acima descrito. Todavia, opcionalmente, o material a ser processado pode ser uma fita de filme fino 200 ou outro material, não impressa, a partir da qual são obtidas etiquetas em branco 201 para impressão de dados variáveis, tais como, datas de validade de um produto, códigos de barra e outros, obtendo-se assim uma fita de etiquetas em branco 200-201 . Neste caso, a estação compacta de corte e laminação 1 fica imediatamente em seguida a um desbobinador de uma bobina do material em branco.

[052] A estação 1 é projetada para processar filmes polimérico BOPP, PVC, PE, PET ou outro filme polimérico com espessura de 10 a 60 micras para obtenção dos rótulos finos; ditos filmes podendo ser transparentes, conforme acima descrito, ou brancos ou metalizados.

[053] Opcionalmente, a estação 1 pode processar fita de papel para constituir o frontal de etiquetas. [054] A estação 1 processa filmes com espessura da ordem de 12 micras, preferencialmente PET, BOPP siliconado ou outro filme poli- mérico com espessura de 6 a 30 micras, para formação do liner.

[055] Processar adesivo de tipo sensível a pressão base borracha ou base acrílico, conforme previstos no processo do pedido de patente PI 0805052-0 do mesmo requerente.

[056] NOMENCLATURA

[057] 1 - Estação de corte e laminação;

[058] 100 - Equipamento de fabricação de rótulos autoadesivos finos;

[059] 200 - Primeira fita de filme plástico transparente fino;

[060] 300 - Segunda fita de filme plástico fino siliconado;

[061] 201 - Rótulos;

[062] 200'-201 ' - Fita com uma sucessão de rótulos impressos e contornos cortados;

[063] 301 - Camada de adesivo;

[064] 200'-201 '-300-301 - Fita laminada;

[065] 400- Fita de rótulos finos;

[066] 10 - Cilindro de borracha de entrada e estabilização;

[067] 20 - Cilindro - faca;

[068] 21 - Cilindro-contra-faca 21 ;

[069] 30 - Cilindro laminador de borracha;

[070] 50 - Primeiro trecho de caminho;

[071] 51 - Segundo trecho de caminho;

[072] (3) - Estação de corte;

[073] 52- Terceiro trecho de caminho;

[074] (5) - Estação de laminação;

[075] 53 - Quarto trecho de caminho de saída; [076] 22- Faca em anel fechado;

[077] 60 - Dispositivo de estabilização compreendido por colchão de material tipo borracha flexível;

[078] 70 - Dispositivo de estabilização por vácuo;

[079] 71 - Furos de sucção;

[080] 73 Fonte de vácuo;

[081] 80 - Dispositivo de estabilização por tratamento com eletrici- dade estática sobre o filme;

[082] 90 - Dispositivo de estabilização por tratamento estático da superfície do cilindro-contra-faca.