Login| Sign Up| Help| Contact|

Patent Searching and Data


Title:
DEVICE AND SYSTEM FOR MANAGING ACCESS TO EQUIPMENT BY MEANS OF FACIAL RECOGNITION
Document Type and Number:
WIPO Patent Application WO/2019/157578
Kind Code:
A1
Abstract:
The present patent pertains to the area of corporate management and relates to a facial biometrics device for controlling access to equipment in combination with a management system, which are applied to printers, copiers and multifunctional equipment, allowing use of the equipment only by users who are registered or who fall within the restrictions imposed by the system as a function of facial recognition, such as to control and guarantee identification of the user of the equipment. The device couples hardware that integrates an access-control process using facial biometrics with software for managing users of equipment, aiming to reduce improper use and the falsification of documents relating to the management of printing. It prevents cost centre fraud and misappropriation since it increases security by means of facial biometrics for controlling and authorizing the use of equipment, allowing operation in a network with other equipment. It uses management software, on one and the same server, wherein users are registered in an integrated system storing the information that is generated in the same controller and authorizer databank.

Inventors:
ANDRADE BOTELHO, Rodrigo (Rua Passa Tempo, 245101 - Bairro Carmo, -760 Belo Horizonte/Mg, 30310-760, BR)
Application Number:
BR2018/050194
Publication Date:
August 22, 2019
Filing Date:
June 15, 2018
Export Citation:
Click for automatic bibliography generation   Help
Assignee:
INTTELIX BRASIL TECNOLOGIA E SISTEMAS LTDA (Rua Desenbargador Jorge Fontana, 112 - Letra B - Belvedere, 670 Belo Horizonte/MG, 30320670, BR)
International Classes:
G06F21/32; G06K9/00; G07C9/00
Attorney, Agent or Firm:
BATISTA AMIN, Samia (Rua Paraíba, nº 966 - salas 1105/1108 - Funcionários, -145 Belo Horizonte/MG, 30130-145, BR)
Download PDF:
Claims:
REIVINDICAÇÕES

1.“DISPOSITIVO E SISTEMA DE GESTÃO DE ACESSO A EQUIPAMENTOS COM RECONHECIMENTO FACIAL”, caracterizado por dispositivo (100) constituído de display (1 ) sensível ao toque que permite o usuário ter acesso ao menu e visualizar o posicionamento do rosto durante o reconhecimento facial; superfície (2); canhão de LED infravermelho (3); câmera infravermelho para fazer o reconhecimento (4); câmera colorida para fazer o reconhecimento (5); canhão de LED infravermelho (6); entrada para cabo ethernet (7); cabo USB para envio do ID à impressora/equipamento (8); conector para fonte de alimentação (9); entrada para cabo ethernet (10); display sensível ao toque da impressora/equipamento onde atua o gerenciador de impressões/utilização (1 1 ); entrada USB (12) onde ocorre a comunicação entre o dispositivo (100) e a impressora/equipamento; cabo USB (13); display (14) sensível ao toque do dispositivo (100); posicionamento dos canhões de LED infravermelho (15); posicionamento das câmeras que fazem o reconhecimento facial (16); suporte flexível (17) que permite a movimentação do dispositivo (100); superfície lateral (18); abertura para inserção do cartão de memória (19); além de placa de circuito impresso (42) que apresenta a disposição dos componentes eletrónicos, processadores e conectores.

2.“DISPOSITIVO E SISTEMA DE GESTÃO DE ACESSO A EQUIPAMENTOS COM RECONHECIMENTO FACIAL”, de acordo com a Reivindicação 1 , caracterizado por sistema com funcionamento em Stand Alone, em que o cadastro será realizado diretamente no menu (26) do dispositivo (100); o banco de dados estará em um cartão de memória que é possível ser retirado pela superfície do aparelho; para o usuário ser adicionado, removido ou alterado é necessário a retirada desse arquivo e a alteração manual do arquivo texto onde estão os cadastros do equipamento (27); o gerenciamento de usuários poderá ser feito tanto em um software do próprio sistema operacional da impressora quanto em um software externo que tenha a mesma função de controlar o acesso de usuários (28); o reconhecimento facial estará ligado sempre que a impressora estiver ligada e sempre estará aguardando um usuário se posicionar em frente a câmera para que o reconhecimento seja feito (29); quando o usuário se posiciona na frente da câmera ele pode ser reconhecido ou não (30); após o usuário ser reconhecido, o ID desse usuário é enviado do dispositivo (100) para a impressora (31 ); caso o usuário não seja reconhecido(32), significa que usuário não tem acesso a esse dispositivo ou o cadastro ainda não foi feito, sendo assim o cadastro deve ser feito no software gestão, no gerenciador de impressões e no banco de dados do dispositivo (100); após o ID ser enviado e verificado pelo software de gestão na impressora o acesso é liberado permitindo que o usuário utilize a impressora (33).

3.“DISPOSITIVO E SISTEMA DE GESTÃO DE ACESSO A EQUIPAMENTOS COM RECONHECIMENTO FACIAL”, de acordo com a Reivindicação 1 , caracterizado por sistema com o funcionamento em rede, em que o cadastro será realizado no software de gestão (34) para que o usuário possa ser reconhecido pelo dispositivo (100); cadastramento no gerenciador de impressões que há instalado na impressora/equipamento (35); gerenciamento de usuários que poderá ser feito tanto em um software do próprio sistema operacional da impressora/equipamento quanto em um software externo que tenha a mesma função de controlar o acesso de usuários; reconhecimento facial estará ligado sempre que a impressora estiver ligada e sempre estará aguardando um usuário se posicionar em frente a câmera para que o reconhecimento seja feito (36); quando o usuário se posiciona na frente da câmera ele pode ser reconhecido ou não (37); após o usuário ser reconhecido o ID desse usuário é enviado do dispositivo (100) para a impressora (38); caso o usuário não seja reconhecido(39), significa que usuário não tem acesso a esse dispositivo (100) ou o cadastro ainda não foi feito, sendo assim o cadastro deve ser feito no software gestão e no gerenciador de impressões; após o ID ser enviado e verificado pelo software de gestão na impressora o acesso é liberado permitindo que o usuário utilize a impressora/equipamento (40).

4.“DISPOSITIVO E SISTEMA DE GESTÃO DE ACESSO A EQUIPAMENTOS COM RECONHECIMENTO FACIAL”, caracterizado por o sistema apresentar a comunicação com o software de gestão (23) sem fio, via Wifi (20), ou com a possibilidade de comunicação do software de gestão (24) com fio, via Ethernet (21 ); para que a comunicação seja feita com a multifuncional/copiadora (25) é necessário a conexão de um cabo USB (22).

Description:
“DISPOSITIVO E SISTEMA DE GESTÃO DE ACESSO A EQUIPAMENTOS

COM RECONHECIMENTO FACIAL”

[01 ] A presente patente de invenção aplica-se na área de gerenciamento de empresas e refere-se a dispositivo de biometria facial para controle de acesso a equipamentos conjugado a sistema de gestão aplicados a impressoras copiadoras e equipamentos multifuncionais, liberando a utilização do equipamento apenas para os usuários que estejam cadastrados ou que estejam dentro das restrições impostas pelo sistema em função do reconhecimento facial, de maneira a controlar e garantir a identificação do usuário do equipamento.

[02] O dispositivo acopla um hardware de integração de um processo de controle de acesso por biometria facial com um software de gestão de usuários de equipamentos que visa reduzir utilização indevida e falsificação de documentos relacionados à gestão de impressões. Evita fraudes e desvio de centro de custos, uma vez que aumenta a segurança, por intermédio da biometria facial para controle e autorização de uso dos equipamentos possibilitando funcionamento em rede com outros equipamentos. Utiliza um software de gestão em um mesmo servidor, onde os usuários são cadastrados em um sistema integrado, que armazena as informações geradas em um mesmo banco de dados controlador e autorizador.

[03] Atualmente a autenticação para utilização de copiadoras e equipamentos multifuncionais é implementada através do uso de leitores de cartão RFID ou senhas. Tal procedimento, apesar de atender funcionalmente as necessidades dos equipamentos e sistemas de gestão de impressão, possui certa fragilidade na segurança, uma vez que os cartões ou senhas podem ser utilizados por outras pessoas que não seus reais proprietários.

[04] A BR 1020130204340 -“Fechadura de Controle de Acesso por Biometria Facial” - refere-se a uma fechadura capaz de reconhecer a face de usuários cadastrados para controlar o acesso por uma porta, liberando apenas usuários que sejam cadastrados ou que estejam dentro das restrições impostas pelo sistema em função do reconhecimento facial e gerará inteligência com as informações provindas de seu funcionamento diário, gerenciando um sistema inviolável de acesso de portas por biometria facial. A fechadura é constituída de tela, sensor de cartão, câmera, com sistema de verificação facial, sensor ON/OFF e chave manual, suporte para bateria, porta serial e adaptador de energia de 12V. A presente patente difere-se da BR 1020130204340 porque o sistema de gestão de impressão utiliza o reconhecimento de face de usuários cadastrados para controlar o acesso à impressoras, copiadoras ou equipamentos multifuncionais, liberando apenas usuários que têm permissão do administrador para utilização, eliminando a chave manual e o suporte para bateria.

[05] A US 20070252001 -“Access control system with RFID and biometric facial recognition” - refere-se a um sistema de identificação biométrica do qual utiliza um identificador de rádio frequência UFIF(RFID) cadastrando um primeiro conjunto de informações biométricas em um cartão de identificação, armazenando uma imagem da face do portador do cartão. Um sistema de identificação contendo uma antena que utiliza sinais de rádio frequência e um leitor que é usado para ler o primeiro conjunto de de uma informação biométrica específica a partir do cadastro, quando o identificador está dentro dos parâmetros de identificação do sistema. Uma câmera captura e digitaliza as características faciais do portador do cartão quando este se aproximar de uma área designada, a câmera então transmite este dado digital para um computador que compara o primeiro conjunto de informações biométricas obtidos pelo leitor de cartões de identificação e o segundo conjunto de informações faciais obtidos pela câmera. Estes dados são enviados para onde estão armazenadas as informações biométricas do portador do cartão para determinar se esses dois conjuntos de informações biométricas são equivalentes. A presente patente difere-se da US 20070252001 porque a câmera no hardware do sistema de gestão de impressões realiza o reconhecimento facial sem a necessidade de um cartão que esteja na faixa de identificação do sistema. O dispositivo de reconhecimento utiliza um banco de dados onde todos os usuários tem suas faces cadastradas, e assim que a câmera detectar um rosto em sua frente será feita uma procura neste banco de dados verificando se este usuário está cadastrado ou com acesso permitido. [06] A US 6644557 - “Access controlled thermostat system” - refere-se a sistema para um usuário controlar as configurações de temperatura de um termostato, inclui um código mestre para que um operador ganhe acesso ao sistema para regular os parâmetros de temperatura pelo qual usuário geral pode acessar o sistema e altera as configurações de temperatura. O usuário geral recebe acesso digitando uma senha que pode ser permanente ou temporária, manipulando o acesso em uma fechadura ou ganha por uma leitura biométrica através de um dispositivo leitor de biometria. O leitor de biometria pode ter incluído um ou mais características, incluindo leitura de impressão digital, escaneamento de retina, escaneamento da íris e imagem facial. O operador com o código mestre ativa ou desativa os vários meios de acesso do usuário geral, e também pode agendar automaticamente os ajustes dos termostatos em várias horas e datas. A presente patente difere-se da US 6644557 porque o dispositivo desenvolvido utiliza a biometria facial para que qualquer usuário cadastrado possa ter acesso ao software de controle de gestão instalado em uma copiadora ou equipamento multifuncional.

[07] A US 7110580 - “Distributed biometric access control method and apparatus” refere-se a um aparelho e método de controle de acesso. O cadastramento é conduzido em um servidor centralizado de cadastramento de dados, tal que os dados de identificação são baixados para várias unidades de acesso local de uma respectiva área de entrada restrita. A unidade de acesso local coleta os dados de uma pessoa que está tentando entrar na área e compara com o cadastro baixado para determinar se a pessoa tem acesso autorizado. Se a pessoa é autorizada, o dispositivo de controle de acesso abre a porta, portão, ou qualquer entrada deste tipo. O dado de cadastramento pode ser um dado de biometria primária ou de biometria secundária, dito que a biometria secundária pode ser coletada na unidade de acesso local. Se o tipo secundário de dado biométrico é coletado na unidade de acesso e é correlacionado ao dado armazenado nas unidades de acesso local, os dados do mesmo tipo são comparados e baixados para o controle de acesso. O cadastramento primário pode ser do tipo de dados que não são afetados pelo ambiente, como impressão digital, e o segundo cadastramento de dados podem ser dados que são afetados pelo ambiente, como os parâmetros faciais. Nos casos que os dados primários de biometria não correspondem aos armazenados os dados secundários de biometria podem ser coletados e autenticados e um novo dado primário é coletado para adicionar ao cadastramento biométrico primário do usuário." A presente patente difere-se da US 71 10580 porque o dispositivo utiliza apenas a biometria facial e não há um tipo secundário de biometria, nem tampouco libera a entrada a uma porta, portão ou similar, e sim a uma impressora, copiadora ou equipamento multifuncional que é interligado a um sistema de gestão de usuários.

[08] A BR102013033135 - “Processo de controle de acesso por biometria facial em paralelo com reconhecimento ótico de caracteres (ocr-optical characterer recognition), RFID (rádio frequency Identification) ou senha pessoal” - refere-se a processo que utiliza um leitor ótico de caracteres (OCR) para efetuar a leitura de letras e números (como placas de carros ou documentos) ou um leitor de RFID para buscar informações de identificação ou leitura de uma senha pessoal e requer identificação por biometria facial, somente liberando o acesso em caso de todas as tecnologias utilizadas fornecerem uma identificação positiva. A presente patente difere-se da BR102013033135 porque o dispositivo desenvolvido é um hardware de integração de um processo de controle de acesso por biometria facial com um software de gestão de usuários de uma copiadora ou multifuncional.

[09] O dispositivo e sistema ora descritos apresentam as seguintes vantagens:

[010] - possibilidade de identificação pessoal para evitar manipulação de utilização de copias e impressões em centro de custo indevido;

[01 1] - possibilita mitigar acesso a pessoas não autorizadas, tornando o processo mais seguro;

[012] - apresenta-se mais ágil que os sistemas existentes;

[013] - apresenta baixo custo de instalação;

[014] - evita o atraso de cópias por perda de chaves de acesso, uma vez que o rosto é a chave de acesso, não sendo preciso a reposição das chaves ou cartões RFID;

[015] - avanço tecnológico para sistemas de controle de impressão;

[016] - adaptável para qualquer impressora copiadora ou equipamento multifuncional que possa ser acoplado sistema de gestão através de entrada USB e esteja capacitado para o acesso através de um leitor de cartão RFID universal.

[017] O dispositivo e sistema ora descritos poderão ser melhor compreendidos através das seguinte figuras anexas:

[018] A Figura 1 ilustra vista frontal do dispositivo.

[019] A Figura 2 ilustra vista em perspectiva do dispositivo.

[020] A Figura 3 ilustra vista posterior do dispositivo.

[021] A Figura 4 ilustra vista do dispositivo acoplado ao equipamento multifuncional.

[022] A Figura 5 ilustra layout do circuito do sistema desenvolvido.

[023] A Figura 6 ilustra diagrama esquemático do circuito elétrico do dispositivo.

[024] A Figura 7 ilustra diagrama de funcionamento do dispositivo.

[025] A Figura 8 ilustra o fluxograma de funcionamento do dispositivo em Stand Alone.

[026] A Figura 9 ilustra o fluxograma de funcionamento do sistema.

[027] De acordo com as Figuras 1 a 4, o dispositivo é constituído de display (1 ) sensível ao toque que permite o usuário ter acesso ao menu e visualizar o posicionamento do rosto durante o reconhecimento facial; superfície (2); canhão de LED infravermelho (3); câmera infravermelho para fazer o reconhecimento (4); câmera colorida para fazer o reconhecimento (5); canhão de LED infravermelho (6); entrada para cabo ethernet (7); cabo USB para envio do ID à impressora/equipamento (8); conector para fonte de alimentação (9); entrada para cabo ethernet (10); display sensível ao toque da impressora/equipamento onde atua o gerenciador de impressões/utilização (1 1 ); entrada USB (12) onde ocorre a comunicação entre o dispositivo e a impressora/equipamento; cabo USB (13); display sensível ao toque do dispositivo (14); posicionamento dos canhões de LED infravermelho (15); posicionamento das câmeras que fazem o reconhecimento facial (16); suporte flexível (17) que permite a movimentação do dispositivo (100); superfície lateral do dispositivo (18); abertura para inserção do cartão de memória (19).

[028] De acordo com a Figura 5, a placa de circuito impresso (42) apresenta a disposição dos componentes eletrónicos, processadores e conectores. [029] De acordo com a Figura 6, o diagrama apresenta a ligação dos componentes eletrónicos da placa de circuito impresso (42).

[030] De acordo com a Figura 7, o sistema apresenta a comunicação com o software de gestão (23) sem fio, via Wifi (20), ou também há a possibilidade de comunicação do software de gestão (24) com fio, via Ethernet (21 ). No entanto, para que a comunicação seja feita com a multifuncional/copiadora (25) é necessário a conexão de um cabo USB (22).

[031] De acordo com Figura 8, o fluxograma mostra o funcionamento em Stand Alone: cadastro diretamente no menu (26) do dispositivo (100); o banco de dados está em um cartão de memória que é possível ser retirado pela superfície do aparelho, para um usuário ser adicionado, removido ou alterado é necessário a retirada desse arquivo e a alteração manual do arquivo texto onde estão os cadastros do equipamento (27); o gerenciamento de usuários poderá ser feito tanto em um software do próprio sistema operacional da impressora quanto em um software externo que tenha a mesma função de controlar o acesso de usuários (28); o reconhecimento facial estará ligado sempre que a impressora estiver ligada e sempre estará aguardando um usuário se posicionar em frente a câmera para que o reconhecimento seja feito (29); quando o usuário se posiciona na frente da câmera ele pode ser reconhecido ou não (30); após o usuário ser reconhecido o ID desse usuário é enviado do dispositivo (100) para a impressora (31 ); caso o usuário não seja reconhecido (32), significa que usuário não tem acesso a esse dispositivo (100) ou o cadastro ainda não foi feito, sendo assim o cadastro deve ser feito no software gestão, no gerenciador de impressões e no banco de dados do dispositivo (100); após o ID ser enviado e verificado pelo software de gestão na impressora o acesso é liberado permitindo que o usuário utilize a impressora (33).

[032] De acordo com a Figura 9, o fluxograma apresenta o funcionamento em rede: cadastro no software de gestão (34) para que o usuário possa ser reconhecido pelo dispositivo (100); cadastramento no gerenciador de impressões que há instalado na impressora/equipamento (35); gerenciamento de usuários que poderá ser feito tanto em um software do próprio sistema operacional da impressora/equipamento quanto em um software externo que tenha a mesma função de controlar o acesso de usuários; reconhecimento facial estará ligado sempre que a impressora estiver ligada e sempre estará aguardando um usuário se posicionar em frente a câmera para que o reconhecimento seja feito (36); quando o usuário se posiciona na frente da câmera ele pode ser reconhecido ou não (37); após o usuário ser reconhecido o ID desse usuário é enviado do dispositivo (100) para a impressora (38); caso o usuário não seja reconhecido (39), significa que usuário não tem acesso a esse dispositivo (100) ou o cadastro ainda não foi feito, sendo assim o cadastro deve ser feito no software gestão e no gerenciador de impressões; após o ID ser enviado e verificado pelo software de gestão na impressora o acesso é liberado permitindo que o usuário utilize a impressora/equipamento (40).