Login| Sign Up| Help| Contact|

Patent Searching and Data


Title:
EXTRACTION DEVICE WITH CAPSULE EJECTION AND BEVERAGE-PREPARATION MACHINE HAVING SAID EXTRACTION DEVICE
Document Type and Number:
WIPO Patent Application WO/2017/209634
Kind Code:
A1
Abstract:
The present invention relates to an extraction device (1) designed for receiving capsules (2) in machines (3) for preparing beverages such as, for example, espresso coffee and the like. The extraction device (1) has a receiving element (7) that has a receiving lateral wall (71) following a circular alignment such that it surrounds at least the greater part of the lateral wall of said capsules (2), said lateral wall (71) having at least one and preferably two movable wall parts (72) provided so as to be able to open or close relative to said circular alignment in order to provide an opening for the capsule (2) to fall through under gravity. The present invention further relates to a beverage-preparation machine (3) having an extraction device (1).

Inventors:
FREIRE FALCÃO TELES CARAMELO, Daniel (Avenida Dom Rodrigo da Cunha Nº14, 1º B, 1700-141 Lisboa, 1700-141, PT)
QUITÉRIO GARCIA CARVALHO, Agostinho Miguel (Urbanização Santa Clara, Lote 9 Habitação D, 2400-842 Leiria, 2400-842, PT)
Application Number:
PT2017/000010
Publication Date:
December 07, 2017
Filing Date:
May 18, 2017
Export Citation:
Click for automatic bibliography generation   Help
Assignee:
WEADD, LDA (Edificio Open - Rua Da Bélgica, Lote 18 - Zona Industrial, 2430-028 Marinha Grande, 2430-028, PT)
International Classes:
A47J31/36
Download PDF:
Claims:
REIVINDICAÇÕES

1. Dispositivo de extraçâo (1) adaptado para recolha de cápsulas (2) em máquinas de preparação de bebidas (3), o referido dispositivo de extraçâo (1) compreendendo:

- uma disposição estrutural (4) compreendendo uma parte estrutural fixa (41) e uma parte estrutural móvel (42) ;

- um elemento de recolha (7) proporcionado rio interior e fixado à referida parte estrutural móvel (42) de modo que pode girar relativamente a esta;

- o referido elemento de recolha (7) compreendendo uma parte que apresenta uma parede lateral de recolha (71) de secção transversal circular de modo que circunda pelo menos a maior parte da extensão circular da parede lateral das referidas cápsulas (2) ,

ca acter! zado

por a referida parede lateral de recolha (71) compreender pelo menos uma parede lateral móvel (72) adaptada de modo que pode ser movida entre uma respetiva posição de fechado e uma posição de aberto, de modo a proporcionar uma via de p>assagem para a referida cápsula (2), e vice-versa.

Dispositivo de extraçâo (1) de acordo com a reivindicação 1, caracterizado por a referida parede lateral de recolha (71) compreender duas partes de parede móveis (72) dispostas adjacentes num lado orientado para baixo, e proporcionadas de modo que podem ser rodadas lateralmente para fora relativamente a um eixo central cio elemento de recolha (7) , de modo a proporcionar uma abertura de passagem de cápsula (2) na parte inferior da referidi parede lateral de recolha (71), e vice-versa.

3. Dispositivo de extração (1) de acordo com a reivindicação 1 ou 2, caracterizado por as referidas duas partes de parede móveis (72) serem retidas em respetivas primeiras extremidades de parede (721) de modo que podem ser giradas de uma posição de fecho em que respetivas segundas extremidades de parede (722) se encontram adjacentes, para u a posição de abertura em que as referidas segundas extremidades de parede (722) se encontram numa posição gi ada lateralmente para fora, desse modo abrindo a região inferior da referida parede lateral de recolha (71) numa e tensão de afastamento suficiente para proporcionar que uma cápsula (2) possa cai por açâo da força da gravidade para fora do referido elemento de recolha (7) .

4. Dispositivo de extração (1) de acordo com as rei indicações 1 a 3, caracteri ado por s referidas duas partes de parede móveis (72) serem impingidas por respetivos elementos elásticos (73) que exerce uma força elástica, em particular uma força elástica com componentes em direções opostas, de modo a reter as referidas duas partes de parede móveis (72) numa posição cle fechado .

5. Dispositivo de extração (1) de acordo com as rei indicações 1 a 4, caracteri ado por a referida parede lateral de recolha (71) apresentar projeções (74) em ambas as segundas extremidades de parede das referidas partes de parede móveis (72) , sendo que as referidas projeções (74) se desenvolvem de modo que engrenam em nervuras de guia {43) proporcionadas na referida parte de base fixa (412) da referida parte estrutural fixa (41) .

6. Dispositivo de extração (1) de acordo com as reivindicações 1 a 5, caracterizado por a referida parte estrutural fixa (41) compreender um ressalto (75) , proporcionado de um modo preferido numa parte de base fixa (412), disposto numa posição correspondente à proximidade da extensão máxima de curso de deslocamento da referida parte estruturai móvel (42), sendo que o referido ressalto (75) é adaptado de modo que é ultrapassável pelas referidas projeções (74) mas proporciona um bloqueio destas relativamente a força exercida pelos referidos elementos elásticos retíveis (5), quando as referidas projeções (74) são deslocadas para além do referido ressalto (4 ) .

7. Dispositivo de extração (1.) de acordo com qualquer uma das reivindicações 1 a 6, caracterizado por a referida parte estrutural fixai (41) compreender nervuras de guia (43), de um modo preferido numa parte de base fixa (412) , proporcionadas de modo que se distanciam do eixo de simetria da referida parte de base fixa (412) ao longo de um primeiro troço, e se voltam a aproximar deste ao longo de um segundo troço, de forma simétrica relativamente ao referido eixo de simetria, conduzindo as referidas projeções (74) ao longo do referido primeiro troço de modo a gerar um afastamento entre as respetivas partes de parede móveis (72) contra a força elástica dos referidos elementos elásticos (73) .

8. Dispositivo de extração (1) de acordo com qualquer uma das reivindicações 1 a 7, caracterizado por a referida parte estrutural móvel (42) ser adaptada de modo que pode ser deslocada segundo uma direção vertical relativamente à referida parte estrutural fixa (41), e por o respe ivo elemento de recolha (7) ser adaptado de modo que é deslocado numa direção inclinada num primeiro t oço e numa direção vertical num segundo troço relativamente á referida parte estrutural fixa (41), no sentido de cima para baixo, e vice-versa, sendo que o deslocamento na região terminal do referido segundo troço determina um deslocamento do referido elemento de recolha (7) para a frente relativamente à direção prevalecente do respetivo curso de deslocamento e na direção da parte frontal da máquina (3) de preparação de bebidas.

9. Dispositivo de extração (1) de acordo com qualquer uma das reivindicações 1 a 8, caracterizado por a referida parte estrutural fixa (41) apresentar pelo menos uma, de ura modo preferido duas projeções (46) proporcionadas num plano posterior adjacente ao plano de deslocamento do referido elemento de recolha (7) e numa posição correspondente à região final do curso de deslocamento realizado pela referida parte estrutural móvel (42), sendo que a referida peio menos uma projeçâo (46) é adaptada de5 modo a desviar o referido elemento de recolha (7) adicionalmente para a frente.

10. Dispositivo de extração (1) de acordo com a reivindicação 9, caracterizado por a referida projeçâo (46) ser proporcionada com uma forma de tipo cunha.

1.1. Dispositivo de extraçào (1) de acordo qualquer uma das reivindicações 1 a 10, caracterizado por a referida parte estruturai fixa (41) compreender partes laterais fixas (411) que apresentam elementos de guia fixos (47), de um modo preferido proporcionados nas respetivas faces laterais viradas para o exterior, adaptados de modo que conduzem as faces laterais da referida parte estrutural móvel (42) ao longo do respetivo curso de des1ocamento .

12. Dispositivo de extração (1) de acordo com qualquer uma das reivi dicações 1 a 11, caracterizado por o referido elemento de recolha (7) apresentar dois elementos de apoio (75) proporcionados diametralmente opostos relativamente â parede lateral de recolha (71), sendo que os referidos elementos de apoio (75) se desenvolvem segundo uma extensão e apresentam ressaltos na extremidade distai adaptados de modo que engrenara em elementos de condução (45) proporcionados nas referidas partes laterais fixas (411) .

13. Dispositivo de extração (1) de acordo com qualquer uma das reivindicações 1 a 12, caracterizado por as referidas partes laterais fixas (411) apresentarem respetivos elementos de condução (45) que se desenvolvem de forma obliqua relativamente à direção prevalecente do curso de deslocamento ao longo de um primeiro troço e de forma paralela à referida direção prevalecente do curso de deslocamento ao longo de um segundo troço, no sentido de cima para baixo das referidas partes laterais fixas (411).

14. Dispositivo de extração (1) de acordo com qualquer uma das reivindicações 1 a 13, caracterizado por a referida parte estrutural inovei (42) ser adaptada de modo que pode ser empurrada em jeito de gaveta relativamente à parte estrutural fixa (41), contra a açào de elementos elásticos retiveis (5) de tipo clique-claque, numa direção prevalecente vertical, de curso de deslocamento entre uma posição de aberto e uma posição de fechado do referido dispositivo de extração {!), e vice-versa, e por a referida disposição estruturai (4) proporcionar uma ligação fluida entre uma fonte de fluido a montante e uma descarga de bebida

(0) a jusante, quando o dispositivo de extração (!) se encontra numa posição de fechado.

15. Máquina de preparação de bebidas (3), em particular máquina (3) apresentando um dispositivo de extração

(1) , em particular um dispositivo de extração (1) de acordo com qualquer uma das reivindicações 1 a 1 , caracte izada por a referida máquina (3) compreender um di s osítivo de ext açào ( 1 ) incluindo uma di spos içâo estruturai (4) que apresenta uma parte estrutural fixa (41) numa forma geral de tipo "U" aberto para cima, adaptada de modo que uma parte estrutural móvel (42) numa forma geral de tipo Λϋ" aberto para baixo pode ser deslocada verticalmente, era jeito de gaveta, ao longo de um curso de deslocamento, entre uma posição de abertura e uma posição de fechado do referido dispositivo de extração (1), e vice-versa.

16. Máquina de preparação de bebidas (3) de acordo com a reivindicação 15, caracte izada por a referida parte estrutural fixa (41) fazer parte do chassis da máquina (3) , e se prolongar de um modo preferido segundo a direção de profundidade como chassis da máquina (3) enquanto suporte da caixa (8) da máquina (3) . 17, Máquina cie preparação cie bebidas (3? de acordo com a reivindicaç o lo ou 16, caracreriíoada por a parte froritad. da rtiáqain Çi) sei: formada, peia reíerida dis osi o estrato ra 1 { ) o desça. coa. cie bebida. {€) .

18. Máquina de preparaç o do bebida;-: <3) cie acorde? com a reivindicação 15 a 17, caracterizada por a referida parte es rutural móvel (42) ser adaptada do modo que, quando o d s os ti o de ext ração (i) se encorpara n posição de lanchado, proporciona u.ma superfície exterior allohaça com a superfície exterior cia restante caixa (3) da r âq i a i 1) .

Lisboa, 17 de Maio de 201

Description:
DESCRIÇÃO

DISPOSITIVO DE EXTRAÇAO COM EJEÇÃO DE CÁPSULA E MÁQUINA DE PREPARAÇÃO DE BEBIDAS APRESENTANDO O REFERIDO DISPOSITIVO DE EXTRAÇAO

Campo da nvençâo

A sen invenção refere-- s ao campo dos dispositivos de extraoao que usam cápsulas na preparação •de bebidas, como por exemplo cate tipo expresso e sim.;. is res .

A presente invenção efer -se ainda a uma máquina de preparação de bebidas apresentando o refe ido dispositivo de extracao.

Antecedentes da Invenção

O esfade da t " .ecn i oa ine i o i d i fer ent.es so 1 uçdes o~ dispositivos de ext.raço¾o adaptados para uso de capsulas na ρrepa r çao de bebi das . Em cer tos casos, os dispositivos de extraoao sáo p.r opor" i criados no interior da máquina de preparação de bebidas. Nestes casos, a capsula é i trodu ida no interior do dispositivo de extraçác quando este se encontra numa posição de abertura, colocada em posição de operação quando numa posição de testado, e e depois ejectada para fera quando o dispositivo de extraçâo e de novo aberto.

Nestes casos, um dos speros a considerar e o da simplicidade construtiva, do dispositivo de extraçâo, era particular, dos meios de transmissão de força ie aímraçâo do disposi tivo de ext.raçáo entre as posições de aberto e fechado, e vic -vsrsa.

0 documento O20Í 6064290 (AI), s bm tido pela roponente- deste pedido, revela um di spos 1 tivo de extraçao com una. disposição gerai de tipo gaveta e que apresenta uma construção simples. Em. particular, o documento revela um disposi i o de extraçao que e a tu do manualía nte sem recurso a dispositivos de transmissão de .moviment ; do tipo alavanca, engrenagens ou s irei la , entre a posição de aberto e a de fechado, contra uma forca elástica oposta, até atingir uma posição de fechado em que pode ser bloqueado contra a referida força elástica oposta .

Além disso, um outro aspeto é o da. eleção da cápsula para tora do dispositivo de extraçao após concl ído o processo de preparação de bebida.

Descrição Geral da Invenção

O objectivo da presente invenção e o de proporcionar um disposi. ti vo de extraçao adaptado para recolha porções de doses individua , por exemplo a forma de capsulas, pastilhas, ou s irai lar., contendo u a substância edivei e a usar na preparação de um produto edivei, como por exemplo café tipo expresso e outras bebidas aromáticas, apresentando uma construção mais simples e que proporcione meios cie eleção de cápsula mais simples e r lavei .

O obje ivo acima e resolvido de acordo com a presente invenção através de um. dispos tivo de extraçao de acordo cora a reivindicaç o 1. t!m objectivo relacionado da pr sent invenção é o de proporcionar uina máquina de preparação de bebidas mais compacta e de .2ti li açào mais ergonómica.

O objetivo ac.iína é reso.l.v.i.do de acordo com a s nt invenção a t ·: ayés d.e um d.i. epost ti vo de ext. ração de acordo com a ' reivindicaç o 15.

Descrição das Figuras

A presença invenção será m seguida explicada era maior detalhe com base em formas de real i sacão preteridas e na.s Figura?.; que se exam.

As Figuras mostram, em representações esqaemat icas simpl i. ti.cada s :

Figura 1: vista em perspectiva de uma ãqnina (3) de preparação de bebidas oo pree.noiendo orna forma de realização de dispositivo de ext. raç o {1} de acordo com a .invenção;

Figura 2: vista em perspetiva explodida da ior a de

r. eal i saçao d.e dispositivo de extraçãc (1) de acordo com a invenção;

Figura 3: vista de detalhe de uma parte da forma de rea li z a.ção oie disposi 1.1vo de extraç o í 1 } representada na Figura 5;

Figura 4: vista de detalhe d.e uma outra parte da forma de realisaçáo de dispositivo de extraçãc (1) repr. e sent ada na F i g nr a 2 ;

Figura 5: vista em perspetiva explodida da fornia de realização de dispositi o de ext ração í i ) de acordo com. a in enção is s de alçado de tope, lateral o frontal, da. máquina (3) de o paoHçào de bebidas de cordo com a Fiou a ;. ; vistas de corte da máqsisa í.3) de preparaç o de bebidas de acordo com a igura 1, numa posição de dispositivo de ext. ração (U aberto; vis nas de corto da oaqaina (3} de preparação de tebrdas de acordo coo: o Figuro; ) , num posição de ob.sposb tu.vo de extraoao (1) p ro 1 a 1.r;en t reci;ado ; vistas de corto da máquina Í3) de e ar o de bebidas de acordo cor;; a Pb.gora .1, rusra oo i çào de d i s oos i 11 o de ext r ção í 1 } teohado ; sais tas de corte da oaquma (3; de preparação de bebidas de acordo coo a F " ig ' u.r. a 1, numa posição de dispositivo de extraoão (1) pare 1 a Iruen t\e ab ra ' ..- num movíoent.o 3scerido ' ;te a partir da posição de iaacbado; vistas de corre da máquina (3) de preparação de bebidas de acordo cos: a Figura 1, numa posição d.e disposi ivo do eotracao (1) aberto.

Descrição de uma forma de realização preferida da invenção lima máquina (3) cie e ara ão de bebidas ·- vide a Figura 1 - apresenta urna forma de realização preferida de dispositivo de extraçâo (1) de acorde com a invenção que e Situado rearma 1 m n e seca recurso a el reent os de t aasii ss o de torça de tipo alavanca, engrenagem ou similar, e em rnceração com a açãc de força elástica, exercida por elementos elásticos retiveis (5) ■■ ide a Figura 2.

A referida maquina (3) compreende ura dispositivo de extraçâo {15 incluindo- ama disposição estruturai {4) que apresenta u a parte estruturai fixa ( 41 ) surta forrai- gerai, d tipo V U" aberto para cima, adaptada de modo que ume; parte estruturai move {42) numa fo roa gerai de tipo , U" aberto para barxo pode ser d s. ' tocada e t calme te, em ' . " jeito de gaveta, ao iongo de um curso de deslocamento, entre uma posição de abertura c uma posição de fechado do referido dispositivo de extraçâo (1) , e vice- versa. A referida parte estrutural f xa (mi) f c parte do chassis da má uina PP , e prolonga s se de um modo preferido segundo a direção de profundidade corso chassis da máquina

Í3Í erKp.san .o suporte da csiza (S) cia máquina {3; . Além dl es- o, a parte trontai da máquina (3) :. - fo ni da pela referida disposição estrutural {4} e descarga cie bebida

( fp . A referida parte estruturai movei {42} é adaptada de modo q ue , qua o.do o d i sρos; i t i v o de e x f.r aç ào ·; 1 } se encontra s.a posição cie fechado, gr oporc i cosa uma ;vuper f i c i e x e io a i. i n Ira da OR a superfície exterior da restante caixa {Si da máquina { ' i) .

Coroo se pode melhor observar na Fi u a 2, o referido dispositivo cie extraçâo Π) inclui ursa disposiç o est u u ai <4) compreendendo ursa parte estruturai fixa.

(41) u , numa forma de realização preferida apresenta, duas partes laterais fixas (411) e uma parte de Pase fixa

{412) , e u a parte est uturai inovei (42; . Era p ticular, a referida parte estruturai móvel (42) é adaptada, ie modo que pode ser mpurra a em. jeito de qave t.a n a ρar e esti a t.u r i i i aa ( 1), con ra a aς:ao de elementos elásticos retivers { o) de tipo cii qu -claque - rão visíveis nesta Imagem - , para baião entre uca posição de aberto (correapoodente à representada na Figura 1} e uma posiç o de fechado do referido dispo itivo de ext açao { 1 ) , e i oe- er. a .

A referida disposição estrutural (4) proporcione ama ligação fluida entre um fonte rio fluido a montante e uma descarga de bebida (6) a j s nt , guardo o drspocrfrvo de , ·:-:■. -. acao { 1 } se encoat ra. r Íυ a ρos: i oão de f :chario; .

A reterrrcla parte estruturai movei (42) compreende um elemento de recolha (7) numa forma, gerai c:e ipo tubular, copo, ou. similar, adaptado para recolha oie cápsulas (2) , O referido elemento ole recolha {?; compreende uma parede lateral de recolha (71) def ni.udo ama abertura orientada segando uma dl recato qe r a iemente horizontal e apresentando urna secç o:- transversal que se desenvolve de fourma circular relativamente a um eixo ole oauefrai, de rua modo; preferido també ole simetria, d.o referido elemento g e reocd.ha { ' ?}, de m do; que. circunda pelo menos a maioar parte da extensão circular da parede lateral das re íer idas o:á psu 1 aa ( 2 ) .

De acordo; com um primeiro aspeto i rrvea 1vo; , ao; caso oi um dis ositi o de e traçã (1) o;e acordo o:o a presente invenção, a referida parede lateral de recolha. (71) ccmipreenoie peio menos uma parte d.e parede movei (72) disposta numa lado orientado para baixo e adaptada de inodo que pode libertar uma. abertura de passagem, para a cápsula (2), resultando uums e/jeção da cápsula (25 piara fora do referido elemento de recolha (7) por acáo da força ota qravidade. Em pa ticular, a referida parte de parede movei (72) é cie for.m v ntajosa da ad de modo que pode ser acuaria por elementos de f r ar arais são de força associados ao movimento da referida pa e est utural movei. (42) . lém disso, a referida parte de parede inovei (72) e de farina vantajosa adaptada de modo que pode ser mo ida de modo a abrir e a fechar, .a referida abertura, de passagem para a cápsula (2) , e por conseguinte o perrmefro da referida parede lateral cie recolha (71), era função do movimento da referida parle estrutural movei (42) .

È ainda preferl.de quando o .referido elemento de recolha (7) apresenta dois elementos de apoio (7¾) proporo ionasios dlame teralimente opostos rei ati ãmente à parede lateral cie recolha (71 ) , sendo que os referidos elementos de apoio (75) se desenvolvera segundo u a extensão e resentam ressaltos na x emidad distai adaptados de modo que engrenara era elementos de condução (4 o) propormorados era co.rresporide.nr.es partes da. parte estrutural fixa (41), em particular nas referiças partes laterais fixas (411) .

Estes componentes são iden r. i froados individualmente nas Figuras 2 e 3.

De acordo co.m uma fornia de realização preferida, a referida parede lateral (71) compreende peio menos duas partes de parede móveis (72) dispostas adjacentes num lado orientado para baixo e proporcionadas de modo que podem ser rodadas lateralmente para fora relativamente ao referido eixo centrai, de um modo preferido também de simetria, do elemento de recolha { ' ?), de modo a abrir a parte inferior da referida parede lateral de recolha (71), e vioe-verse. A disposiç o proposta pela presente invenção inclui por conseguinte de forma vantajosa uraa eca o da cápsula por aça o da forca da g vidade por meio de abertura controlada de parte do perímetro da parede lateral de recolha (71) de cápsula (2).

Além disso, as referidas duas partes de parede móveis { ' 72) são retidas em respetivas primeiras extremidades de parede (721) de modo que podem ser giradas de uma posição de fecho em que respetivas segundas extremidades de parede (722) se encontram adjacentes, para uma posição de abertura em que as referidas segundas extremidades de parede (722) se encontram numa posição girada lateralmente para fora relativamente a um eixo central do referido elemento de recolha (7), desse modo abrindo a região inferior da referida parede lateral de recolha (71) numa extensão de afastamento suficiente para proporcionar que u a cápsula

(2) possa cair por açâo da força da gravidade para fora do referido elemento de recolha (7) , co o será explicado em maior detalhe mais abaixo.

De acordo com uma forma de realização preferida, as referidas duas partes de parede móveis (72) são impingidas por respetivos elementos elásticos (73) que exercem u a força elástica de modo a reter as referidas duas partes de parede móveis (72) numa posição de fechado. A referida parede lateral de recolha (71) apresenta neste caso um perímetro circular completo, de modo que pode reter uma cápsula (2) no seu interior.

E preferido quando as referidas duas partes de parede móveis (72) são impingidas por respetivos elementos elásticos (73) que exercem uma força elástica de modo a reter as referidas duas partes de parede moveis

(72) numa posição de fechado. Assira, a abertura das referidas duas partes de parede móveis (72) è de. forma vantajosa feita por meio de uma força contrária à dos referidos elementos elásticos (73) que, em situação não solicitada mantém o perímetro da referida parede lateral de recolha (71) substancialmente fechado e, logo, a cápsula (2) retida no seu interior.

Além disso, e preferido quando a referida parede lateral de recairia. (71) apresentai projeções (74) era ambas as segundas extremidades de parede das referidas partes de parede movera (72), sendo que as referidas projeções (71) se desenvolvera de modo que engrenam em nervuras de guia (13) - vide a Figura 4 - proporcionadas na referida parte de base fixa (412) da referida parte estruturai fixa (41) . Esta projeções (74) proporei onam aasim a condução da parte estruturai móvel (42) na parte estruturai fixa (41) .

De acordo corri ura peto complementar, as referidas nervuras de guia (li) são proporcionadas de modo que se distanciam do eixo de simetria da referida parte de base fixa (412) ao longo de um primeiro troço, e se voltam a aproximar deste ao longo de ura segundo troço, de forma simétrica relativamente ao referido eixo de simetria (A), conduzindo as referidas projeções (74) ao longo do referido primeiro troço de modo a gerar um fa tamento entre as respefivas partes de parede móveis (72) contra a força; elástica dos referidos elementos elásticos (73) .

A parte estrutural móvel (42) è deste modo condusida na parte estrutural fixa (41) entre a posição de aberto do dispositivo de extraçáo (1), em que se destaca acima e ligeiramente inclinadas para a frente rela ivamente à parte estrutural fixa (11), e a posição de fecho em que se encontra empurrada para balcão na extensão co responde te ao curso de deslocamento .

De acordo com um outro aspeto inventivo, o referido dispositivo de extraçao (1) apresenta ainda pelo menos um elemento de tipo projeçâo (16), disposto na região distai do curso de deslocamento, em particular na região correspondente à posição de fechado, e adaptado de modo a empurrar adicionalmente o referido elemento de recolha (7) .

Ern particular, o dispositivo de extração (1) de acordo com a presente invenção compreende uma parte estrutural móvel (42) adaptada de modo que pode ser deslocada segundo uma direção vertical relativamente à referida parte estrutural fixa (41) , e o respetivo elemento de recolha (7) é adaptado de modo que é deslocado numa direção inclinada num primeiro troço e numa direção vertical num segundo troço relativamente à referida parte estrutural fixa (41), no sentido de cima para baixo, e vice-versa, sendo que o deslocamento na região terminal do referido segundo troço determina um deslocamento do referido elemento de recolha (7) para a frente relativamente à direção prevalecente do respetivo curso de deslocamento e na direção da parte frontal da máquina (3) de preparação de bebidas. É deste modo proporcionada uma compressão adicional, e inerente estanquidade melhorada, do elemento de recolha (7) com relação à parte da referida parte estrutural fixa (41) do lado da descarga de bebida (6), oposta à abertura da respetiva parede lateral (71) .

Como se pode melhor observar na Figura 4, a referida parte estrutural fixa (41) compreende projeções (46) proporcionadas numa superfície paralela à do curso de deslocamento, adjacente ao plano em que se desloca a parte posterior do elemento de recolha (7) e numa posição correspondente à região final do curso de deslocamento realizado pela referida parte estrutural móvel (42). No caso da forma de realização preferida do dispositivo de extração (1), as referidas projeções (46) são proporcionadas numa parte das partes laterais fixas (411) que se desenvolve acima da parte de base fixa (412) e num ρ1ano para I eI o a esta . s r fer i das pro;j eç5es {- } ão adaptadas de modo a pressionar: o referido elemento de recolha (7) adicionalmen e para a frente relativamente a direção prevalecente do referido curso de dec lassamente .

Além disso, no caso da. forma. de realização representada, a. referida parte estrutur i fita (41) compreende part.es laterais ix s (4.11) que apresentara eleient os de gíria fixos (47) proporcionados nas respetivas faces lat rais orientadas para fora, e adaiptad.es de modo que conduzem partes corresponden es nas faces laterais cia referida parte estruturai móvel (42) ao longo do resoefivo curso de deslocamento.

E preferido quando as ref.eriáas partes laterais rizas (411) e respeiivos elementos de guia fixos (47) são dimensionados com uma folga segundo a direção transversa.:, a direção prevalecente de escoamento, relativamen e à dimensão das faces laterais da parte estrutural m.ovei (42) .

As referidas partes laterais fixas (411) apresentara ainda de forma vantajosa respeiivos elementos de condução (45) que se desenvolvem ale forma obliqua relativamente a direção prevalecente do corso de desloca/sento ao .longo de um priraei.ro troco e de forma paralela à. referida direção prevalecente do curso de deslocamento ao longo cie ura segundo troço, no sentido de o ima para baixo das referidas partes laterais fixas (411) .

A Figura 5 representa o t i po de montacein aios principais conponent.es da forma de realização preferida do dispa;si t ivo cie exfração (1) de acordo casa a presunta: invenção .

As Figuras 7 a 11 representam diferentes fases alo oviraento da forma de realização preferida do disp.Osit.ivo cie exlraçáo (1) de acordo cos as vistas em corte iden ificadas na Figura 6.

Num primeiro instante representado na Figura 7, em que o dispositivo de exttnçao íl) se encontra numa posição ie aberto, corres ondend à posição mais distendida dos elementos elásticos retive s (5) , uma cápsula (2) e proporcionada ao interior do elemento de recolha (7), cie raodo que e retid peia respetiva parede lateral de recolha (71) . ÀS duas partes de parece móveis (72) encon tu: am-se neste c so fechadas por acáo dos elementos elásticos (73), enquanto que as pro eçdes ΙΊ4) se encontrai r;a posição mais afastada cio ressaico í 41 ) , e os elementos de apoio (73) se encontram na excremid.ade próxima! cios elementos cie condução (45), em particular no inicio cie uni pri ieiro troco que se desenvolve de forma obliqua relativamente: a direção prevalecente de deslocamento cia parte estrutural móvel (42) .

Nesta posição, o elemento de recolha. (7) encontr a-se de forma vantajosa inclinado para tras lati ame te á direção preval cente do cu so de deslocament e á parte frontal cia máquina (3) cie preparação de bebidas, de raodo que a parede lateral de recolha (71) pode recolher cie ro ma fiável uma cápsula (2) no seu interior.

Num segundo instante, representado na Figura 8, o dispositivo de extraçáo (1) encontra -se numa posição intermédia cio curso cie deslocamento entre a posição de aberto e a posição de fechado. Não há alteração da posição das partes de parede móveis (72) . As proaeções (7«) mantêiu-se " juntas e ainda não passaram para além do ressalto (4â), para as nervuras cie gaia (43) , Os elementos cie apoio (75) enconfram~se no inicio cie um segundo troço dos elementos de condução (45) que se desenvolvi:: de for.ma. obliqua relativamente a direção prevalecer; te de deslocamento da parte estruturai móvel (42) . dum terceiro insra te, representado» na Figura 9, o crispes it ivo de extração (i) eneontra-se numa posição de fechado, e.m que os elementos elásticos retive s íi) são completamente ccmipr imidos e retidos ηο:ι· reõpei.ivo elemento de bloqueio. Como se ode observar, as proqeções (74) associ rias ás partes de parede móveis (72) á passaram para além do ressalto (44), eacoatrando-so açora nas nervuras de guia (43) , Os elementos de apoio (75) enoont ram™se na extremidade das tal dos l emerd ' , os de condução (45) .

Nesta pos.tçáoq a. parte posterior do eleme to de recolha (7) encontra as projeçoes (46), de modo que é eirpsrrado adicionalmente para a frente, umentando: assim a estanqui dade do mesmo.

Num quarto instaste, representado na Figura 10, o dispositivo de estraçáo (1) deu início ao movimento inve so de abertura, atoado; peros ei ementes el sticos retiveis (5) . Como se pode observar, as projeções (74) estão a ser couvist: idas r.rum sovurenio ascendente ao lonqo das nervuras de quía (41), de mccio que as respetivas partes de parede móveis (72) se foram proonressivenieruoe afastando até proporcionar una abertura de passariam su fi o lente para orne a cápsula (2} caia sob a soão da força da qraviourde para fora da referida p rede lateral de recolha ( 1 ) .

Ά Figura 11 representa a posiç o iniciai do dispositivo de extraçác (t) aberto. O ei emento de recolha (7) encon ra -se de novo inclinado pa a trás e as partes de parede móveis (72 ' } encontram respetivos eiepiontos elásticos (

Lisboa, 17 de M io de 2017