Login| Sign Up| Help| Contact|

Patent Searching and Data


Title:
FLOAT PRODUCED BY INJECTION-MOULDING FOR WATER SYSTEMS
Document Type and Number:
WIPO Patent Application WO/2018/023184
Kind Code:
A1
Abstract:
The invention relates to a method for producing floats (1) by injection-moulding of two three-dimensional bodies (2 and 3) with an edge (4), forming a non-watertight capsule (C), on which a plastic envelope is also injection-moulded, the surface of the capsule merging with the envelope under the temperature and pressure inherent to the injection-moulding process, this surface merging causing the capsule to become hermetically sealed and watertight, thus providing an injection-moulded float (1) capable of floating on a liquid medium.

Inventors:
TORRES, Antônio Carlos (Rua Elvira Neves Loyola, 35 Ilha do Frade, -310 Vitória - ES, 29065-310, BR)
TORRES, Carlos Vitor (Rua Elvira Neves Loyola, 34 Ilha do Frade, -060 Vitória - ES, 29057-060, BR)
Application Number:
BR2017/050205
Publication Date:
February 08, 2018
Filing Date:
July 21, 2017
Export Citation:
Click for automatic bibliography generation   Help
Assignee:
TORRES, Antônio Carlos (Rua Elvira Neves Loyola, 35 Ilha do Frade, -310 Vitória - ES, 29065-310, BR)
International Classes:
B29C45/73; A01K93/00; B29C33/04; B29C44/42; C02F7/00; E02B15/04; E02B15/10; E03D1/24; E21B29/12; F16K31/26
Foreign References:
GB1182916A1970-03-04
CN204014818U2014-12-17
FR2698867A11994-06-10
CN101849517A2010-10-06
EP2156004B12011-12-28
KR100274052B12001-04-02
CN2794791Y2006-07-12
US6382320B12002-05-07
JPS5494168A1979-07-25
CN201014165Y2008-01-30
KR101042383B12011-06-17
US9404246B22016-08-02
Attorney, Agent or Firm:
VILAGE MARCAS E PATENTES LTDA (Rua XV de Novembro, 3171 - 3º Andar -Sala 31 Centro, -110 São José do Rio Preto / SP, 15015-110, BR)
Download PDF:
Claims:
REIVINDICAÇÃO

1 ) BOIA PARA INSTALAÇÃO HIDRÁULICA FABRICADA PELO PROCESSO DE INJEÇÃO, caracterizado por utilizar dois corpos (2 e 3) volumétricos injetados com borda (4) sobrepostos que recebem uma sobreinjeção (5) aderido na junção (J) das bordas (4) por fusão superficial por meio de parâmetros de temperatura e pressão inerentes ao processamento por injeção.

Description:
BOIA PARA INSTALAÇÃO HIDRÁULICA FABRICADA PELO PROCESSO DE INJEÇÃO

Introdução

[0001 ] Trata a presente solicitação de Patente de Invenção de uma inédita "BOIA PARA INSTALAÇÃO HIDRÁULICA FABRICADA PELO PROCESSO DE

INJEÇÃO", mais particularmente de uma boia para o controle de entrada automático de água em reservatórios pelo nível de enchimento, obtida pelo processo de injeção utilizando polímero, cuja disposição construtiva reproduz o formato e o volume do produto requerido, promovendo assim uma série de vantagens práticas e operacionais no segmento da construção civil, mais especificamente da hidráulica. Estado da Técnica

[0002J São conhecidas da técnica inúmeras válvulas controladas por boia, sendo que nessas válvulas uma boia posicionada na extremidade livre do braço de alavanca que acompanha os movimentos de subida e descida do líquido no interior do reservatório, de modo a fechar uma abertura de entrada e impedir a entrada de líquido quando o volume no reservatório atingir um determinado nível, el ou abrir a aludida abertura a fim de possibilitar a entrada de líquido quando o volume no reservatório estiver abaixo de determinado nível.

[0003] O atual estado da técnica antecipa alguns documentos de patentes que versam sobre bóias como o PI 9204618-5 intitulado "Boia soprada" - constituída de um dispositivo soprado em peça única, na qual se inclui flange, corpo da boia provido de furo de saída de água, braço e boia propriamente dita, observando-se que o conjunto braço-BOIA liga-se ao corpo por meio de esmagamento, e ainda notando-se que o braço é dotado de um pino que aloja material vedante cujo pino encaixa-se ao furo de saída de água localizado no corpo.

[0004] Representativa parcela das bóias sopradas existentes no mercado apresenta problema de estanqueidade devido à perda de qualidade na etapa de amassamento da passagem do ar durante o processamento por sopro. Esta perda de qualidade refere-se à má estanqueidade da entrada de ar causada por variáveis do processo de sopro e que, por conseguinte, aumenta a possibilidade de mau funcionamento das bóias sopradas em dispositivos de válvulas. [0005] Outro problema das bóias sopradas é que todo o perímetro da linha de fechamento é considerado como um ponto crítico devido a contração do material plástico resultando em espessuras desuniformes e mínimas nessa referida linha, o que representa em risco de ruptura imediata ou futura.

[0006] Por fim, nas bóias sopradas há a necessidade de se remover as rebarbas, assim como posterior acabamento sendo estas etapas intrínsecas ao processo de sopro. Dessa forma, são etapas essenciais para eliminar as partes que não pertencem ao produto, o que onera o custo final da boia soprada, pois são atividades que não agregam valor.

Da Invenção

[0007] Tendo em vista a superação dos limitantes técnicos fartamente expostos, o inventor, após estudos e pesquisas, criou a boia injetada em que a estanqueidade se dá pela fusão das superfícies entre as partes injetadas, criando uma aderência física, eliminando assim os riscos da estanqueidade realizada por amassamento onde é comum a entrada de ar resultando num produto mais confiável.

[0008] A boia obtida pelo processo de injeção apresenta espessura uniforme, uma vez que as contrações inerentes ao material plástico são compensadas no processo de injeção pelo parâmetro comumente chamado de "recalque" sendo este recurso inexistente no processo de sopro.

[0009] A boia obtida pelo processo de injeção já tem o seu formato final garantido, o que elimina sub-etapas como a remoção de aparas inerente ao processo de sopro o que acaba por desonerar o custo final do produto, além de proporcionar um aspecto visual atraente em que até o consumidor menos atento percebe o brilho da peça inexistente no produto soprado que permite acabamento superficial mais fosco e rugoso.

Vantagens da Invenção

[0010] Em suma, a invenção apresenta como vantagens mais preponderantes:

Possibilidade de elevado grau de automação processual do processo de obtenção boia - pouca intervenção humana;

■ Ótima resistência mecânica;

Produto final sem tensões residuais e linha de emenda;

Redução de homens/ hora por peça;

Não necessita de compostagem e micronização; A rebarbação é automática.

Descrição das Figuras

[001 1 ] A invenção será descrita com referência aos desenhos anexos, nos quais estão representadas de forma ilustrativa e não limitativa:

Figura 1 : Vista lateral explodida das cápsulas com bordas flangeadas da BOIA fabricada pelo processo de injeção;

Figura 2: Vista lateral da boia fabricada pelo processo de injeção, com detalhe ampliado da emenda;

Figura 3: Vista lateral da formação do Parison da boia fabricada pelo processo de sopro;

Figura 4: Vista lateral da descida do Parison da boia fabricada pelo processo de sopro;

Figura 5: Vista lateral do esmagamento do Parison pelo molde da boia fabricada pelo processo de sopro;

Figura 6: Vista lateral da entrada do pino de sopro da boia fabricada pelo processo de sopro;

Figura 7: Vista lateral da entrada do ar pressurizado BOIA fabricada pelo processo de sopro;

Figura 8: Vista lateral da expansão total do Parison pressurizado na cavidade do molde da boia fabricada pelo processo de sopro;

Figura 9: Vista lateral da saída do pino de sopro da boia fabricada pelo processo de sopro;

Figura 10: Vista lateral do amassamento da passagem do ar da boia fabricada pelo processo de sopro;

Figura 11 : Vista lateral da boia fabricada pelo processo de sopro, com aparas;

Figura 12: Vista lateral mostrando destacamento das aparas da entrada da boia fabricada pelo processo de sopro;

Figura 13: Vista lateral mostrando uma boia fabricada pelo processo de sopro com linha de fechamento normal e outra obtida pelo mesmo processo com linha de fechamento de espessura crítica.

Figura 14: Vista em perspectiva de uma boia fabricada pelo processo de sopro mostrando as regiões do produto com concentrações de rebarbas. Descrição Detalhada

[0012] A BOIA PARA INSTALAÇÃO HIDRÁULICA FABRICADA PELO PROCESSO DE INJEÇÃO, objeto desta solicitação de Patente de Invenção, propõe a obtenção de Bóias (1 ) com a injeção de dois corpos (2 e 3) volumétricos com borda (4), formando uma cápsula (C) não estanque e sobre essa se molda um contorno plástico, também injetado, cuja fusão superficial da cápsula com o contorno ocorre por meio de temperatura e pressão comuns ao processo de injeção, sendo que esta fusão superficial torna a cápsula hermética e estanque configurando a boia (1 ) injetada apta a flutuação em meio líquido.

[0013] Mais particularmente, o processo de injeção aplicado na fabricação de Bóias (1 ) é efetivado pela injeção de dois corpos (2 e 3) com bordas (4) que contrapostas recebem uma sobreinjeção (5) aderido na junção (J) das bordas (4) por fusão superficial por meio de parâmetros de temperatura e pressão inerentes ao processamento por injeção. A boia (1 ) apresenta uma espessura (6) proporcionada pela contração equânime das paredes na formação dos corpos (2 e 3), por meio da utilização do parâmetro denominado de "recalque" no processo de injeção. A boia (1 ) injetada também apresenta um brilho externo perceptível até ao usuário menos atento quando da sua comparação com a boia obtida pelo processo de sopro.