Login| Sign Up| Help| Contact|

Patent Searching and Data


Title:
HAIR ROLLER
Document Type and Number:
WIPO Patent Application WO/2019/100124
Kind Code:
A1
Abstract:
Hair roller having structural details enabling a lock of hair to be wound, treated and shaped with an air flow that passes through the inside of a spool (1) coated with tubular velcro (2) and having at the ends thereof circular fasteners (3) and respective retractable devices (4) that hold and release the locks of hair, the ends of the spool also having quick fasteners (7) for coupling flexible hoses (7) for supplying air to treat and shape the hair.

More Like This:
JPS5389555HAIR COLLAR
Inventors:
SILVA, Adriana Ribeiro da (Avenida dos Alpes, Qd-01 Lt. 2, nº 967 -760 Goiania - GO, 74313-760, BR)
Application Number:
BR2017/050356
Publication Date:
May 31, 2019
Filing Date:
November 23, 2017
Export Citation:
Click for automatic bibliography generation   Help
Assignee:
SILVA, Adriana Ribeiro da (Avenida dos Alpes, Qd-01 Lt. 2, nº 967 -760 Goiania - GO, 74313-760, BR)
BORBA, Suemar Alves de (Rua 13 esquina com a 22 nr. 395, Goiania - GO, BR)
CARVALHO, Christiane Taveira Lopes de (Rua 13, nr. 145 apartamento 2801 B - Ed. The One, -170 Goiania - GO, 74810-170, BR)
International Classes:
A45D4/08; A45D4/10
Attorney, Agent or Firm:
BRUNNER, Marcelo (Av. Brigadeiro Luis Antonio, 4329, -002 Sao Paulo - SP, 01401-002, BR)
Download PDF:
Claims:
REIVINDICAÇÕES

1) ROLO PARA CABELOS, caracterizado por compreender:

- corpo na forma de carretel (1);

- um velcro tubular (2) revestindo o referido carretel (1) e configurar uma superfície aderente para prender a mecha de cabelo enrolada;

- presilhas circulares (3) dispostas axialmente contra as extremidades do carretel (1), onde são móveis axialmente no sentido de invadir ou não o diâmetro externo do velcro tubular (2), onde fixam ou soltam a mecha enrolada de cabelos;

- dispositivos retráteis (4) interligados com as presilhas (3) e dispostos no interior do carretel (1), condizentes para travar cada presilha (3) em duas posições distintas, uma que prende e uma que solta a mecha de cabelos enrolada no carretel (1);

- cotovelos de entrada de ar (5), um de cada lado, tendo uma extremidade acoplada à mangueira flexível (6) proveniente de uma fonte qualquer de fluxo de ar, enquanto a outra extremidade possui engate rápido (7) acoplável nas extremidades do carretel (1), de modo que se possa estabelecer um fluxo de ar para o interior do dito carretel (1) e deste para os cabelos enrolados.

2) ROLO PARA CABELOS, de acordo com a reivindicação 1, caracterizado pelo fato de o carretel (1) ser bipartido, formado por duas partes iguais, cada qual definida por um trecho tubular (8) com paredes vazadas por aberturas (9) de passagem do ar até os cabelos, como também uma extremidade do referido trecho tubular (8) integra-se com um flange cego (10) e, ainda, cada trecho tubular (8) é colado no interior do velcro tubular (2) .

3) ROLO PARA CABELOS, de acordo com a reivindicação 1, caracterizado pelo fato de cada presilha circular (3) ser formada por um disco (11) com diâmetro igual ao do flange cego (10) e com uma pluralidade de hastes (12), equidistantes, formando um pente circular (13), concêntrico, em relação ao flange cego (10) que, por sua vez, possui um colar de furos (14), onde penetram e deslizam para dentro e para fora as hastes (12), de modo que as mesmas possam ficar ao redor do velcro (2) e ligeiramente afastadas do mesmo e, nesta posição, prendem a mecha de cabelos enrolada no dito carretel ( D ·

4) ROLO PARA CABELOS, de acordo com a reivindicação 1, caracterizado pelo fato de cada dispositivo retrátil (4) ser fixado do lado de dentro do flange cego (10) que, para tanto, possui encaixes vazados (15a), onde passa também a haste atuadora (15b) de cada dispositivo retrátil (4), haste esta que, por uma extremidade, é molejada (16) e possui detalhes de travamento (17) em duas posições, enquanto pela extremidade oposta dita haste atuadora (15b) é fixada na face correspondente da presilha circular (3), de modo que esta ao ser pressionada faz com que o dispositivo retrátil (4) seja travado mantendo o disco (11) contraposto ao flange cego (10) e, nesta posição, as hastes (12) do dito pente circular (13) possam ficar ao redor do velcro (2) e ligeiramente afastadas do mesmo e, nesta posição, prendem a mecha de cabelos enrolada no dito carretel ( D · 5) ROLO PARA CABELOS, de acordo com a reivindicação 1, caracterizado pelo fato de cada engate rápido (7) ser formado por uma cabeça troncônica (18) e uma sede de encaixe troncônica (19), em que a primeira (17) está integrada no cotovelo (5) pelo seu lado de maior diâmetro, enquanto a sede de encaixe (19) está integrada no flange cego (10) e no disco (11), prevendo-se nos mesmos furos troncônicos combinados (20) que, no flange cego (10), incluem alojamentos (21) para encaixe de dois anéis magnéticos (22) e (23), em que o primeiro está fixado no flange cego (10), enquanto o outro está fixado no lado de diâmetro menor da cabeça troncônica (18) .

6) ROLO PARA CABELOS, de acordo com a reivindicação 1, caracterizado pelo fato de, em uma versão construtiva mais simples, as extremidades do carretel serem completamente fechadas, sem entrada de ar, prevendo-se presilhas (3) que deslizam para fora e para dentro com certa interferência.

7) ROLO PARA CABELOS, de acordo com a reivindicação 6, caracterizado por prever uma haste guia (24) que, por uma extremidade, está presa no centro do disco (11) e, pela extremidade oposta, após atravessar o flange (10), possui um limitador de movimento (25) .

8) ROLO PARA CABELOS, de acordo com a reivindicação 1, caracterizado pelo fato de, em outra variação construtiva, cada presilha (3) ser levemente travada na posição fechada por meio de componentes magnéticos (26) incrustados nas faces correspondentes do flange cego (10) e do disco (11) da dita presilha (3) .

9) ROLO PARA CABELOS, de acordo com a reivindicação 1, caracterizado pelo fato de, em outra variação construtiva, o carretel (1) ter entrada de ar apenas em uma extremidade.

Description:
ROLO PARA CABELOS

Campo da Invenção .

[01] Mais particularmente a presente Invenção refere-se a aprimoramentos técnicos e funcionais especialmente introduzidos em um tipo particular de rolo para cabelos, também conhecidos como rolo para moldar e tratar diferentes tipos de cabelos.

Estado da técnica.

[02] Como é sabido, atualmente existe uma variedade considerável de rolos para moldagem e tratamento dos cabelos, tal como ensinam, por exemplo, os documentos: US1560894 , US1667726, US1711177, US1718133, US1894431, US1939323, US1943889, US2104897, US2203268, US2263718, US2772681, US3199218, US3347248, US3476121, USD226587, US5487396, US5740820, US5791356, US6107604, US6314968, US2003/0000541, US2008/0251094, US2009/ 0084397 , US2009/0223532, US2011 /0220142 , BR7302065, BR9103006, e JP2006230538.

[03] Portanto, o estado da técnica oferece praticamente dois tipos de rolos para cabelos, um deles é um rolo simples, alguns com presilhas especiais e outros não, próprios para enrolar e moldar uma mecha de cabelos .

[04] Outro tipo de rolo para cabelos são aqueles mais complexos, que possuem dispositivos adicionais, consequentemente, permitem mais funções, alem de enrolar e moldar os cabelos, ou seja, soma recursos para tratamento dos cabelos durante a sua secagem. Logicamente tal tipo de tratamento pode incluir, não só a secagem por fluxo de ar aquecido, mas também aproveitar esse fluxo de ar para levar produtos específicos de tratamento até os cabelos.

[05] Não resta a menor dúvida de que, os rolos conhecidos, possam ser úteis para secagem e tratamento dos cabelos, entretanto, notou-se que os mesmos poderiam ser melhorados consideravelmente, principalmente os rolos mais complexos utilizados para secar e tratar os cabelos, pois estes demonstraram que o seu uso é desvantajoso quando se fala em praticidade, pois, em primeiro lugar não possuem meios para acoplamento e desacoplamento rápido do tubo flexível que leva o fluxo de ar até o interior do rolo. Também não possuem componentes "grampos" ou semelhante para prender apenas com um toque a mecha de cabelos rente à raiz .

[06] No que se refere ao rolo ensinado no documento

BR9103006 e em outros documentos, notou-se que os mesmos apresentam alguns inconvenientes, como por exemplos: dificuldades em colocar a mangueira na entrada do adaptador, pois, por ele ser fixo (não girável) , tem poucos ângulos que permite conectar a mangueira tendo de enrolar e desenrolar várias vezes o tubo flexível até ter um angulo correto de conexão; o ar é injetado na vertical e na lateral do rolo pra depois expandir na horizontal e sair nos vazados, o que implica em acumular ar quente próximo ou diretamente no couro cabeludo, o que causa sensações desagradáveis; normalmente possuem apenas uma entrada pra injetar o ar dentro do tubo cilíndrico; o grampo de prender o tubo cilíndrico na cabeça da pessoa absorve calor por ser de metal é por não ter nem um revestimento de proteção térmico e acaba agredindo o local no qual ele é colocado pra prender os cabelos, já que ele absorve o calor que sai dos vazados; os grampos são de difícil colocação pela pessoa que está manuseando a colocação do conjunto; e os rolos conhecidos apresentam o tubo ou rolo muito liso e não oferece qualquer aderência para os cabelos, o que torna difícil o trabalho de enrolar cada mecha.

Objetivos da Invenção.

[07] Um rolo praticamente na forma de um carretel, tendo uma parte intermediária tubular revestida com um velcro igualmente tubular e próprio para receber (enrolar) a mecha de cabelos a ser moldada e tratada. As extremidades do trecho tubular intermediário possuem flanges fixos e, contra esses flanges, existem discos, um em cada lado, que são móveis axialmente, e se afastam ou se aproximam dos flanges fixos através de dispositivos retráteis, dispostos no interior do trecho tubular intermediário e, assim, os ditos discos móveis podem ficar em duas posições, afastados ou justapostos contra os flanges fixos. Os discos móveis possuem um conjunto de hastes, cada qual com uma extremidade fixada no disco móvel e, pelo lado oposto, atravessa livremente um furo existente no flange fixo, configurando uma presilha de cada lado do carretel. Assim, ditas hastes, alem de guiarem o disco móvel no seu movimento, também entram e ficam dispostas ao redor do trecho central tubular do rolo, onde funcionam como um "pente circular" e, consequentemente, formam uma presilha que prende a mecha de cabelos, mantendo-a na posição durante a moldagem, secagem e ou tratamento.

[08] Outro objetivo da invenção é a concretização de "engates rápidos" nas duas extremidades do rolo, de modo que em cada um deles possa ser conectado com facilidade e agilidade uma mangueira flexível condutora de fluxo de ar. Os engates rápidos são do tipo magnéticos, consequentemente, cada engate "convida" a ponta do tubo flexível apenas por aproximação e o acoplamento ocorre automaticamente por atração magnética, o que agiliza sobremaneira o acoplamento e desacoplamento do rolo dos tubos flexíveis.

[09] As modificações feitas no presente rolo para cabelos apresentam várias características e vantagens em relação ao estado da técnica, pois, mantém uniformemente o fluxo de ar injetado dentro do rolo até a sua saída pelos vazados. O tubo cilíndrico passa a ter uma ou duas entradas de injeção de ar dentro do rolo, o que permite aumentar o fluxo de ar quando o conjunto é utilizado por pessoas que tem cabelos grandes e volumosos. O fluxo de ar é injetado na horizontal e expande rapidamente pelos vazados, reduzindo o tempo se secagem dos cabelos, como também essa ou essas entradas injetaras do ar estão no centro da peça e são formadas por engates rápidos, magnéticos, que ficam conectados nas pontas das mangueiras flexíveis do difusor. Apenas depois que os cabelos estão enrolados nos rolos e os mesmos já estão presos na cabeça do utente é que as mangueiras de fluxos de ar são acopladas nas extremidades dos ditos rolos por meio dos engates rápidos. Cada engate é feito por atração magnética e cada engate pode girar 360 2 nos dois sentidos, inclusive mantém a vedação enquanto gira, o que facilita sobremaneira o manuseio do conjunto. Com seus núcleos vazados o ar continua sendo injetado dentro do tubo cilíndrico na horizontal, e por ter esse campo magnético entre só dois imãs temos também o movimento giratórios de 360° tanto pra direita quanto pra esquerda sem se desprender um do outro ou por movimento articulado da cabeça da pessoa em quanto esta usando o rolo pra secar o cabelo, o tubo cilíndrico agora pode ser com um só corpo e divididos e unidos por meio de travas de engates rápidos, foi necessário essa divisão do tubo cilíndrico pra que o novo dispositivo de acionamento mecânico retrátil seja fixado dentro do tubo cilíndrico junto com a junção dos grampos passando nos furos das bordas do fechamento do tubo cilíndrico, formando assim um conjunto de funcionamento dos grampos com o sistema retrátil pra prender o rolo quando o cabelo for enrolado no tubo cilíndrico pra seca-lo, com esse sistema de grampos e com acionamento mecânico retrátil, são somados inúmeros benefícios a pessoa que estará secando o cabelo mas também ao profissional ou pessoas comum por ser fácil de prender o cabelo após enrola-lo no tubo cilíndrico rente a raiz do cabelo, esses grampos não encosta diretamente no couro cabeludo e não retém calor por ter revestimento térmico para não absorver o calor que sai pelos vazados é, tendo maior aderência na raiz ao prender o cabelo com tração firme e confortável, sem risco de soltar da raiz do cabelo pela articulação da movimentação que por ventura a pessoa que estará usando venha fazer e por essa tração ser firme alinha melhor os cabelos que não são lisos, e pra auxiliar esse alinhamento dos fios do cabelo temos também o velcro como grande auxiliador pois, o velcro da aderência do fio alinhando perfeitamente os fios do cabelo a ser envolvido no tubo cilíndrico .

Descrição dos desenhos .

[10] Para melhor compreensão da presente Invenção, é feita em seguida uma descrição detalhada da mesma, fazendo-se referências aos desenhos anexos:

FIGURA 1 representa uma vista isométrica do conjunto montado e um detalhe em corte ampliado;

FIGURA 2 mostra uma vista isométrica explodida e um detalhe ampliado também em perspectiva, mostrando a forma bipartida do presente rolo para cabelos;

FIGURA 3 ilustra a mesma vista da figura anterior, porém, em ângulo oposto;

FIGURA 4 é uma vista parcialmente explodida e um detalhe ampliado também em perspectiva explodida, colocando em destaque a construção da presilha em cada extremidade do carretel que forma o presente rolo para cabelos ;

FIGURA 5 expõe uma vista igual a anterior, porém, em ângulo oposto;

FIGURA 6 reproduz uma vista em corte longitudinal e um detalhe ampliado do mesmo corte, colocando em destaque a construção dos dispositivos retráteis que permitem movimentar as presilhas em forma de pente;

FIGURA 7 é uma perspectiva parcialmente explodida, um detalhe ampliado da mesma perspectiva e um detalhe em corte também ampliado, colocando em destaque os detalhes construtivos de um dos engates rápidos;

FIGURA 8 é um detalhe em corte mostrando uma variação construtiva mais simples do conjunto;

FIGURA 9 é uma vista igual a anterior, porém, neste caso a presilha e o seu pente circular estão deslocados para fora;

FIGURA 10 é um detalhe em corte igual ao da figura 8 mostrando outra variação construtiva do conjunto; e a

FIGURA 11 é uma vista igual a figura 9, apenas para destacar o funcionamento da presilha e o seu respectivo pente circular.

Descrição detalhada da invenção.

[11] De acordo com estas ilustrações e em seus pormenores, mais particularmente a figura 1, a presente Invenção, ROLO PARA CABELOS, está caracterizada pelo fato de compreender:

- corpo na forma de carretel (1) ;

- um velcro tubular (2) revestindo o referido carretel (1), de modo que possa formar uma superfície ligeiramente aderente para prender a mecha de cabelo enrolada;

- presilhas circulares (3) são dispostas axialmente contra as extremidades do carretel (1), onde são móveis axialmente no sentido de invadir ou não o diâmetro externo do velcro tubular (2), onde fixam ou soltam a mecha enrolada de cabelos;

- cada presilha (3) é interligada com dispositivos retráteis (4) dispostos no interior do carretel (1), compatíveis para travar cada presilha (3) em duas posições distintas, uma que prende e uma que solta a mecha de cabelos enrolada no carretel (1);

- as extremidades do carretel (1) possuem cotovelos de entrada de ar (5), um de cada lado, tendo uma extremidade acoplada manqueira flexível (6) proveniente de uma fonte qualquer de fluxo de ar, enquanto a outra extremidade possui engate rápido (7), acoplável nas extremidades do carretel (1), de modo que se possa estabelecer um fluxo de ar para o interior do dito carretel (1) e deste para os cabelos enrolados.

[12] 0 carretel (1) está ilustrado com detalhes nas fiquras 2 e 3, por onde se verifica que o mesmo é bipartido, formando duas partes iquais, cada qual definida por um trecho tubular (8) com paredes vazadas por aberturas (9) de passagem do ar até os cabelos, como também uma extremidade do referido trecho tubular (8) integra-se com um flanqe ceqo (10) e, ainda, cada trecho tubular (8) é colado no interior do velcro tubular (2) .

[13] Conforme ilustram as fiquras 4 e 5, cada presilha circular (3) é formada por um disco (11) com diâmetro iqual ao do flanqe ceqo (10) e com uma pluralidade de hastes (12), equidistantes, formando um pente circular (13), concêntrico, em relação ao flanqe ceqo (10) que, por sua vez, possui um colar de furos

[14], onde penetram e deslizam para dentro e para fora as hastes (12), de modo que as mesmas possam ficar ao redor do velcro (2) e liqeiramente afastadas do mesmo e, nesta posição, prendem a mecha de cabelos enrolada no dito carretel (1) .

[14] Conforme ilustra a figura 6, cada dispositivo retrátil (4) é fixado do lado de dentro do flange cego (10) que, para tanto, possui encaixes vazados (15a), onde passa também a haste atuadora (15b) de cada dispositivo retrátil (4), haste esta que, por uma extremidade, é molejada (16) e possui detalhes de travamento (IV) em duas posições, enquanto pela extremidade oposta dita haste atuadora (15b) é fixada na face correspondente da presilha circular (3), de modo que esta ao ser pressionada faz com que o dispositivo retrátil (4) seja travado mantendo o disco (11) contraposto ao flange cego (10) e, nesta posição, as hastes (12) do dito pente circular (13) possam ficar ao redor do velcro (2) e ligeiramente afastadas do mesmo e, nesta posição, prendem a mecha de cabelos enrolada no dito carretel (1) .

[15] O engate rápido (7) está ilustrado com detalhes na figura 7, por onde se verifica que o mesmo é formado por uma cabeça troncônica (18) e uma sede de encaixe troncônica (19), em que a primeira (17) está integrada no cotovelo (5) pelo seu lado de maior diâmetro, enquanto a sede de encaixe (19) está integrada no flange cego (10) e no disco (11), prevendo-se nos mesmos furos troncônicos combinados (20) que, no flange cego (10), incluem alojamentos (21) para encaixe de dois anéis magnéticos (22) e (23), em que o primeiro está fixado no flange cego (10), enquanto o outro está fixado no lado de diâmetro menor da cabeça troncônica (18) . Desta forma, nota-se que o engate rápido (7) facilita sobremaneira o uso do conjunto, pois, uma vez colocado os carretéis (1) na cabeça do utente, cada um é ligado a uma fonte qualquer de fluxo de ar. Esse acoplamento de cada carretel (1) é realizado apenas se aproximando a cabeça troncônica (18) na sede (19) . A atração magnética do engate rápido (7) faz com que a cabeça (17) seja automaticamente centralizada e penetra sozinha na sede (19), estabelecendo assim a conexão com o carretel (1) . Esta conexão é girável livremente nos dois sentidos, sem com isso perder a eficiência de vedação. A desconexão é feita simplesmente puxando-se para fora o cotovelo (5) . Outra vantagem que se destaca é que a conexão livre para girar nos dois sentidos evita torcer a mangueira de fornecimento de ar durante o uso do conjunto, como também facilita o manuseio do rolo para cabelos.

[16] Em uma versão construtiva mais simples, ilustrada nas figuras 8 e 9, o conjunto não utiliza o sistema de engate (7) e, consequentemente, elimina todos os seus detalhes construtivos, inclusive os dispositivos retráteis (4) . Nesta versão o pente (13) desliza da mesma forma no flange (10) do carretel (1), porém, apenas com certa interferência para evitar que a dita presilha (3) se solte com facilidade depois de prender a mecha de cabelo e, ainda, nesta versão é possível prever uma haste guia (24) que, por uma extremidade, está presa no centro do disco (11) e, pela extremidade oposta, após atravessar o flange (10), possui um limitador de movimento (25), evitando que dita presilha se solte completamente do carretel (1) quando levada para a posição mostrada na figura 9. [17] As figuras 10 e 11 ilustram outra variação construtiva e, neste caso, cada presilha (3) é levemente travada na posição fechada por meio de componentes magnéticos (26) incrustados nas faces correspondentes do flange cego (10) e do disco (11) da dita presilha (3) .

[18] Em uma variação construtiva não ilustrada, o carretel (1) poderá ter entrada de ar apenas em uma extremidade, mantendo-se a mesma construção para o conjunto .

[19] Pelo exposto acima é dado observar que o presente ROLO PARA CABELOS foi desenvolvido tendo em vista a caracterização de meios para facilitar o seu uso, tanto na modelagem das mechas de cabelos, como também durante eventuais tratamentos, pois, apresenta recursos para engate e desengate rápido de uma mangueira flexível ligada em qualquer fonte fornecedora de fluxo de ar, seja ele aquecido ou não, tal como um secador ou uma fonte de fornecimento de ar misturado com qualquer produto para tratamento de cabelos, tais como aqueles utilizados para, por exemplo, hidratação, modelagem, máscaras diversas (matizadora) e outros. Por outro lado, outra facilidade oferecida pelo conjunto é a presilha (3) e o seu pente circular (13), que se movimenta para fora e para dentro com muita facilidade, consequentemente, após enrolar a mecha de cabelos no carretel (1) o ato de prender e soltar tal mecha é muito facilitado pela referida presilha (3) . O engate rápido (7), por ser girável, evita torcedura da mangueira de ar e pode ser acoplado depois que o rolo foi colocado na cabeça do utente e, feito isso, mais um efeito vantajoso é obtido, pois, o utente pode mexer a cabeça sem comprometer os acoplamentos das mangueiras e sem torcê- las .