Login| Sign Up| Help| Contact|

Patent Searching and Data


Title:
MALE PIN AND FEMALE HOUSING SET FOR A DISPLAY STAND WITH A QUICK-ENGAGEMENT ATTACHMENT SYSTEM
Document Type and Number:
WIPO Patent Application WO/2018/170562
Kind Code:
A1
Abstract:
Allowing attachment of the male pin (1) on the lateral edges of the shelves (P) and of the respective female housings (9) on the lateral walls (L) of display stands (D) to be carried out after the step of manually or automatically gluing said components (shelves and lateral walls), providing flexibility to the assembly line of said display stands (D). To this end, the male pin (1) along with its coupling end (2) has hinged rear flaps (3) that can be secured to each other by means of coupling pegs (5) and recesses (6), along with coupling lugs (7) and cradles (8). The female housing (9) has a front track (10) that incorporates a rear clip (12). The male pin (1) and female housing (9) are secured, respectively, in indentations (R1) near the ends of the front edges (B) of the shelves (P) and in indentations (R2) in the lateral walls (L) of the display stand (D). In the step of assembling the display stand (D), the pegs (5)/recesses (6) and lug (7)/cradle (8) of the male pin (1) are inserted in the indentation (R1), securing same by quick engagement at both ends of the front edge (B) of the shelf (P) and laterally exposing the coupling end (2) thereof, while the female housing (9) is inserted by means of its rear clip (12) in the indentation (R2) of the lateral wall (L), positioning the front track (10) thereof to receive the coupling end (2) of the male pin (1).

Inventors:
KWO TZUO, Chung (Rua Aluísio de Azevedo, 233 - APTO. 46B, -030 São Paulo, 02021-030, BR)
Application Number:
BR2017/050068
Publication Date:
September 27, 2018
Filing Date:
March 22, 2017
Export Citation:
Click for automatic bibliography generation   Help
Assignee:
KWO TZUO, Chung (Rua Aluísio de Azevedo, 233 - APTO. 46B, -030 São Paulo, 02021-030, BR)
International Classes:
A47F5/00; A47B57/48; A47B96/06
Foreign References:
BRPI1104563A22013-08-13
BR102015012822A22016-12-06
US4430947A1984-02-14
EP2644059A22013-10-02
Attorney, Agent or Firm:
MOREIRA, Aguinaldo (Rua Bela Cintra, nº 299 03º Andar - Consolação, 0141-000 São Paulo, 0141-000, BR)
Download PDF:
Claims:
REIVINDICAÇÕES

1 - "CONJUNTO DE PINO MACHO E ALOJAMENTO FÊMEA PARA DISPLAY EXPOSITOR", desenvolvido para aplicação em displays expositores (D), constituído por um pino macho ( 1 ) com terminal de engate (2) após o qual é caracterizado por incorporar duas aletas traseiras (3) articuláveis e dotadas, nas suas faces internas, de batentes superiores (4) com botões (5) coincidentes a cavidades (6) de acoplamento, além de orelhas (7) coincidentes a um berço (8) de acoplamento, dito pino macho ( 1 ) complementado por um alojamento fêmea (9) dotado de trilho frontal ( 10) incorporando em seu corpo laminar ( 1 1 ) , um clipe traseiro ( 12) .

2 - "SISTEMA DE FIXAÇÃO POR ENGATE RÁPIDO", de acordo com o conjunto da reivindicação 1 , na etapa de montagem do display expositor (D), caracterizado pelo alinhamento das aletas traseiras (3) articuláveis do pino macho ( 1 ) junto ao recorte (R I ) da extremidade da borda frontal (B ) da prateleira (P) , seguindo-se ao fechamento com o acoplamento por pressão entre botões (5) e cavidades (6) simultaneamente ao acoplamento por pressão entre orelha (7) e berço (8) travados entre o referido recorte (RI ), fixando respectivo par de pinos machos ( 1 ) com seus terminais de engate (2) posicionados externamente, em ambas as laterais da borda frontal (B) da prateleira (P), ao passo que, em recortes (R2) das paredes laterais (L) do display expositor (D) são inseridos, por seus clipes traseiros ( 12), correspondentes pares de alojamentos fêmeas (9), expondo seus trilhos frontais ( 10) nivelados aos terminais de engate (2) dos pares de pinos machos ( 1 ) .

3 - "CONJUNTO DE PINO MACHO E ALOJAMENTO FÊMEA PARA DISPLAY EXPOSITOR, COM SISTEMA DE FIXAÇÃO POR ENGATE RÁPIDO", de acordo com reivindicações 1 e 2, caracterizado pelo engate de pino macho ( 1 ) e alojamento fêmea (9), respectivamente junto às extremidades das bordas frontais (B) das prateleiras (P) e nas paredes laterais (L), dar-se somente após a etapa de colagem manual ou automática das partes do display expositor (D) .

Description:
"CONJUNTO DE PINO MACHO E ALOJAMENTO FÊMEA PARA DISPLAY EXPOSITOR, COM SISTEMA DE FIXAÇÃO POR

ENGATE RÁPIDO"

[001 ] Refere-se o presente relatório descritivo, a um pedido de patente de invenção para adaptações construtivas efetuadas tanto no pino macho, de fixação em recortes junto às extremidades da borda frontal da prateleira quanto no alojamento fêmea, de fixação em recortes das paredes laterais do display expositor, em inédito sistema de engate rápido para esses elementos .

[002] Segundo o projeto, o pino macho incorpora duas aletas traseiras articuláveis a partir do seu terminal de engate, dotadas de faces internas confrontantes com botões e cavidades coincidentes de acoplamento, bem como orelhas e berços coincidentes de acoplamento . Tais aletas traseiras são articuladas para o travamento entre os botões e as cavidades, bem como entre as orelhas e os berços que acoplam-se por entre os recortes junto às extremidades das bordas frontais da prateleira, prendendo e posicionando lateral e externamente o pino macho com seu terminal de engate exposto . Com tal construtividade é possibilitada a colagem manual ou automática da prateleira que, assim, recebe o engate do pino macho em etapa posterior, somente quando da montagem do display.

[003] O alojamento fêmea, por sua vez, tem o seu trilho frontal incorporando um clipe traseiro. Por esse clipe traseiro o alojamento fêmea é simplesmente inserido no recorte da parede lateral do display. Com tal construtividade é possibilitada a colagem manual ou automática da parede lateral que, assim, recebe o aloj amento fêmea em etapa posterior, também somente quando da montagem do display. Através do seu clipe traseiro, o alojamento fêmea pode ser simplesmente inserido em recortes de paredes maciças e colunas tubulares ou pontos de difícil acesso de outros tipos de display expositor.

[004] Além disso, os pinos e alojamentos fêmeas podem ser levados separadamente do material de papelão, durante o transporte do display ao seu ponto de uso.

ESTADO DA TÉCNICA

[005] Um tipo de display expositor conhecido e amplamente utilizado é, por exemplo, o display protegido pela PI 1104563-9 depositada em 02.09.201 1 com o título "CONJUNTO DE PINOS DE ENGATE PARA SISTEMA DE TRAVAMENTO COM AJUSTE HORIZONTAL DE PRATELEIRAS, EM DISPLAY EXPO SITOR" . Esse display foi protegido pelo mesmo inventor do pedido a ser descrito mais adiante. Tal display de papelão da PI 1104563-9, como explica sua matéria, recebe nas faces internas das duas paredes laterais de sua estrutura, alojamentos fêmeas plásticos (compostos por corpo laminar e trilho) perfeitamente alinhados entre si para receberem o engate de pinos machos plásticos correspondentes (compostos por corpo laminar e terminal de engate) , por sua vez fixados nas bordas laterais , externamente às prateleiras. Quando da estruturação do display expositor no ponto de vendas, as prateleiras são articuladas a partir da parede traseira e ao descerem têm os terminais de engate de seus pinos machos acoplados nos trilhos dos alojamentos fêmeas das paredes laterais . Assim as prateleiras são travadas horizontalmente para receberem os produtos a serem expostos. Tal sistema de travamento pode ser observado na figura 1 e seus detalhes A e B , desenhos inseridos a título exemplificativo nesse novo pedido de patente, retirados da citada PI 1104563-9.

[006] Atualmente, para a fixação do alojamento fêmea é previsto, no projeto de corte e vinco, a feitura de janelas na aba de fechamento que articula-se sobre a parede lateral do display. Assim, após a saída do display planificado da máquina de corte e vinco, o fechamento da parede lateral pode ser feito manualmente, quando, na linha de produção o operador aplica cola sobre a face interna da parede lateral. Em seguida introduz o alojamento fêmea por seu trilho na janela da aba de fechamento e articula-a de modo que o corpo laminar do referido aloj amento fêmea assente- se na face interna da parede lateral quando da sobreposição, para a colagem em forma de folha dupla. Assim são formadas, no display expositor, as paredes laterais com folha dupla ao longo das quais ficam expostos os trilhos dos alojamentos fêmeas .

[007] Na mesma linha de produção, o operador aplica cola manualmente sobre a face interna da borda frontal da prateleira e também na face interna de sua aba frontal de fechamento. Em seguida, nessa face interna da borda frontal da prateleira assenta o corpo laminar do pino macho , que é fixado pela própria cura da cola, mantendo-se posicionado de modo que seu terminal de engate fique exposto externa e lateralmente, articulando então a referida aba frontal de fechamento. Desse modo é montada a borda frontal da prateleira, com sua folha dupla e os terminais de engate dos pinos machos expostos externa e lateralmente para coincidirem com os trilhos dos aloj amentos fêmeas das paredes laterais do display.

[008] Como se percebe, são exigidas as etapas manuais de passagem de cola, assentamento e ajustes do alojamento fêmea para a ultrapassagem de seu trilho pela janela, articulações, bem como tempo de cura para a fixação definitiva do corpo laminar do pino macho e, ainda, o fechamento das abas para a formação das folhas duplas tanto das paredes laterais quanto das prateleiras .

[009] No caso de colagem automática das paredes laterais e das prateleiras, o fechamento é feito pela passagem de rolos de cola entre as as folhas duplas ao longo de uma bancada. Nesse sistema, tanto o pino macho quanto o alojamento fêmea devem ser fixados posteriormente, porém igualmente exigindo recortes e medições precisas na etapa de montagem da estrutura do display.

[010] Evidentemente, tais procedimentos , tanto na colagem manual quanto na colagem automática das paredes e prateleiras, demandam tempo e exigem alguma habilidade por parte do operador para tentar torná-las mais ágeis, trazendo , porém, mesmo assim, etapas a mais no processo e podendo levar a erros de marcação para a fixação correta de alojamento fêmea e pino macho , prejudicando a linha de produção do display.

OBJETIVO DA PATENTE

[01 1 ] O projeto em questão, motivo desse pedido de patente, vem pleitear a construtividade e o sistema de fixação tanto do pino macho quanto do aloj amento fêmea. O projeto possibilita tanto a colagem manual quanto a colagem automática dessas partes do display (prateleiras e paredes) sem o pino macho e o alojamento fêmea, agilizando essa etapa na linha de produção . Após essa etapa de colagem manual ou automática, somente quando da montagem da estrutura do display, o pino macho e o aloj amento fêmea serão engatados, respectivamente junto à recortes das extremidades da borda frontal da prateleira e em recortes das paredes laterais do display.

[012] O alojamento fêmea pode ser inserido , por seu clipe, também em paredes maciças de displays , em colunas tubulares ou pontos de difícil acesso.

[013] Como vantagem adicional, o display pode ser transportado planificado, empilhado, sem os pinos e alojamentos fêmeas, os quais podem ser alojados separadamente. Com isso o empilhamento ganha menos altura (mais unidades podem ser sobreposta s) e não há problema com vincos indesejáveis devido ao peso imposto nos alojamentos fêmeas, que acabam marcando o papelão de que é feito o display.

[014] Explicado superficialmente, passa o conjunto de pino macho e alojamento fêmea a serem melhor detalhados .

[015] A figura 1 mostra um display expositor tal como o citado no estado da técnica, pelo qual se vê, nos detalhes A e B , os aloj amentos fêmeas das paredes laterais aos quais alinham-se os pinos machos das prateleiras.

[016] As figuras a seguir relacionadas, de 2 a 7, referem-se à construtividade e ao sistema do conjunto de pino macho e alojamento fêmea, bem como a seus sistemas de fixação:

[017] Figura 2 - vistas em perspectiva do pino macho, mostrado a partir de seu terminal de engate e das aletas traseiras, abertas, antes do engate, e também com as aletas traseiras fechadas, em posicionamento após o engate;

[018] Figura 3 - vistas em perspectiva, frontal, lateral e posterior do alojamento fêmea, mostrando que, em seu corpo laminar é incorporado um clipe traseiro;

[019] Figura 4 - vista em perspectiva, mostrando o pino macho com suas aletas posicionadas para o engate em recortes junto às extremidades da borda frontal da prateleira. Como se observa pelas setas, os botões estão alinhados às cavidades ao passo que as orelhas estão alinhadas aos berços, passantes entre os recortes junto às extremidades da borda frontal da prateleira;

[020] Figura 5 - vista segundo figura anterior mostrando que, após fechadas as aletas, os pinos machos são travados com seus terminais de engate posicionados externa e lateralmente na borda frontal da prateleira;

[021 ] Figura 6 - vista em perspectiva parcial de um andar do display expositor, quando do seu uso em um ponto de vendas. Como se percebe, as paredes laterais recebem, pelos seus recortes, a inserção dos clipes dos alojamentos fêmeas posicionando seus trilhos para receberem, em seguida, os terminais de engate dos pinos machos das prateleiras;

[022] Figura 7 - vista em perspectiva do aloj amento fêmea em uso em colunas tubulares de um display. Como se observa pela sequência mostrada na parte de cima da folha, basta a feitura de um recorte para que pelo clipe o alojamento fêmea seja inserido. O mesmo ocorrerá em pontos de difícil acesso em outros tipos de displays expositores .

[023] Em conformidade com os desenhos anexos, o "CONJUNTO DE PINO MACHO E ALOJAMENTO FÊMEA PARA DISPLAY EXPOSITOR, COM SISTEMA DE FIXAÇÃO POR ENGATE RÁPIDO", objeto desse presente pedido de patente de invenção, constitui-se de um conjunto especialmente desenvolvido para aplicação em displays expositores (D) do tipo mostrado na figura 1 do estado da técnica, constituído por um pino macho ( 1 ) com terminal de engate (2), segundo o novo projeto , incorporando duas aletas traseiras (3) articuláveis e dotadas, nas suas faces internas, de batentes superiores (4) com botões (5) coincidentes a cavidades (6) de acoplamento, além de orelhas (7) coincidentes a um berço (8) de acoplamento, como mostra a sequência da figura 2. O pino macho ( 1 ) trabalha com um alojamento fêmea (9) dotado de trilho frontal ( 10) incorporando, no seu corpo laminar ( 1 1 ), um clipe traseiro ( 12), como mostra a sequência da figura 3.

[024] Assim constituído o conjunto, pino macho ( 1 ) e alojamento fêmea (9) serão fixados respectivamente em recortes (RI ) junto às extremidades da borda frontal (B) das prateleiras (P) e em recortes (R2) das paredes laterais (L) de displays expositores (D) após etapa de colagem manual ou automática (feita em equipamento convencional) . Para a aplicação, na etapa de montagem do display expositor (D), como é mostrado na figura 4 as aletas (3) são alinhadas ao recorte (RI ) da borda frontal (B) da prateleira (P) sendo então articuladas de modo que ocorra o acoplamento , por pressão, entre botões (5) e cavidades (6) e entre orelhas (7) e berço (8), simultaneamente após a passagem desses elementos pelo referido recorte (R I ), travados por engate rápido em procedimento efetuado em ambas laterais da borda frontal (B) da prateleira (P) . Como mostra a figura 5 , após o engate rápido, as extremidades laterais da borda frontal (B) da prateleira (P) têm os terminais de engate (2) dos pinos machos ( 1 ) posicionados externamente.

[025] Para a fixação do alojamento fêmea (9), como mostra a figura

6, basta sua simples inserção no recorte (R2) da parede lateral (L) pelo seu clipe traseiro ( 12) . Com a simples inserção de várias unidades, os corpos laminares ( 1 1 ) dos alojamentos fêmeas (9) encostam-se nas faces internas ao longo das duas paredes laterais (L) para o posicionamento de seus trilhos frontais ( 10), que irão receber o acoplamento dos terminais de engate (2) dos pinos machos ( 1 ) correspondentes das prateleiras (P) . Pela sua inserção em ação simples através do clipe traseiro ( 12) o alojamento fêmea (9) pode ser fixado em paredes maciças de papelão dos displays ou pontos críticos de displays expositores de outros tipos, como por exemplo nos recortes (R2) de colunas tubulares, como mostra a sequência da figura

7, igualmente posicionando seus trilhos frontais ( 10) para receberem os terminais de engate (2) dos pinos machos ( 1 ) das prateleiras (P) .