Login| Sign Up| Help| Contact|

Patent Searching and Data


Title:
METHOD FOR RECOVERING AND PRODUCING PLASTICS CONTAINED IN SANITARY PADS AND DIAPERS
Document Type and Number:
WIPO Patent Application WO/2017/201595
Kind Code:
A1
Abstract:
The present invention patent relates to a method for recovering and producing plastics contained in sanitary pads and diapers, belonging to the chemical sector, more particularly relating to sanitary pads and diapers for personal use, producing PE (polyethylene) and PP (polypropylene) pellets, with the aim of re-using the material discarded during the production of sanitary pads and diapers, since the industrial applicability of PE and PP in the production of sanitary pads and diapers is extremely important and their cost extremely high, requiring a strict control, any losses in the production system caused by the high speed of the machines, as well as processing losses, being considered high losses for the industry. The present invention patent relates to a continuous and closed-loop process for recovering and producing plastics contained in sanitary pads and diapers, comprising the following steps: a) feeding the system; b) grinding in a cutting mill; c) agglutinating; d) extruding (the plastics); e) conveying the pellets; and f) centrifuging.

Inventors:
DA SILVA, Marcio Nunes (Rua Antenor Leite da Cunha 399 - 17A - Vl Mogilar, -395 Mogi das Cruzes, 08773-395, BR)
Application Number:
BR2017/050121
Publication Date:
November 30, 2017
Filing Date:
May 19, 2017
Export Citation:
Click for automatic bibliography generation   Help
Assignee:
AMBITEC S/A (Av Paulista 2421 - 10º Andar, CJ 101 - Bela Vista, -300 São Paulo, 01311-300, BR)
International Classes:
B29C47/00; A61F13/15; A61F13/49; A61F13/551; B03B5/44; B03B9/06; B09B3/00; C08J11/00; C08J11/04; C08J11/08; D01F8/06; D04H3/147
Domestic Patent References:
2004-04-15
Foreign References:
ES440489A11977-06-16
DE202005001557U12005-11-17
JP2009172599A2009-08-06
EP1721358B12007-11-07
BR9503626A1997-09-16
US6599950B22003-07-29
US5022985A1991-06-11
CN102225414A2011-10-26
JPH0441762A1992-02-12
CN203330110U2013-12-11
Attorney, Agent or Firm:
BEERRE ASSESSORIA EMPRESARIAL LTDA (Av Barão de Itapura, 3236Taquaral, -300 Campinas, 13073-300, BR)
Download PDF:
Claims:
REIVINDICAÇÕES

1 - PROCESSO DE RECUPERAÇÃO E FABRICAÇÃO DE PLÁSTICOS CONTIDOS NOS ABSORVENTES HIGIÉNICOS E FRALDAS, caracterizado por compreender as seguintes etapas:

a. - alimentação do sistema:

- o plástico ainda em forma descaracterizada e com seus cortes desuniformes são recebidos em fardos;

- o material é alimentado manualmente para uma rosca sem fim que irá transportar o material para um moinho de facas;

b. - trituração em moinho de facas:

- o moinho de facas utiliza uma tela de abertura de 25 mm e irá triturar e moer (cortar) os plásticos em tamanhos uniformes com partículas de 15 a 20 mm;

- o material que sai do moinho é recebido por outra rosca sem fim que transporta o material moído para o sistema de aglutinação;

c- aglutinação:

- a aglutinação é feita em um misturador de baixa rotação (50 rpm) formando um aglutinado de plástico;

- o misturador é aquecido em suas paredes com temperatura de 110°C (graus Celsius) para iniciar a aglutinação;

- a extrusão inicia-se após a aglutinação, e sua primeira fase de extrusão é a degasagem que se faz na primeira parte da máquina extrusora;

- a parte inicial atinge uma temperatura de 240°C (graus Celsius) e com essa temperatura o plástico libera gases (degasagem);

- em misturador helicoidal, o qual trabalha com a temperatura de 110 graus e um sistema de mistura em baixa rotação entre 100 e 120rpm com as pás voltadas para o centro do eixo, aumenta o poder de aglutinação do mesmo e elimina algum tipo de celulose que possa conter no resíduo e ao mesmo tempo não agride o plástico que está sendo aglutinado;

- a extrusão é feita após a degasagem total do plástico, por ser um sistema contínuo o plástico aglutinado, degasado, segue na extrusora para tela extrusora que em uma temperatura de mínimo de 220 graus e máximo de 250 graus finaliza o aquecimento do plástico deixando o em forma de um lodo consistente;

- a tela por sua vez absorve os possíveis resíduos de materiais não extrusados e após a passagem da tela de tamanho de 5 mm passa pelo sistema de corte em forma de os pelletes;

- os pelletes formados na cortadeira da máquina saem com uma temperatura alta e precisam ser resfriados, para isso a máquina possui uma cama d'água onde os pellets cortados são despejados;

e. - transporte dos pellets:

- os pellets resfriados em água em temperatura ambiente, são transportados e transferidos para uma peneira que retém os plásticos resfriados e recircula a água para o processo novamente;

- o plástico retido na peneira é transferido por uma rosca para a centrífuga de cesto;

f. - centrifugação:

- a centrífuga de cesto tem a finalidade de retirar a água contida no pellet e o produto centrifugado alimenta continuamente uma rosca sem fim que por sua vez alimenta os bags de produto acabado.

2.- PROCESSO DE RECUPERAÇÃO E FABRICAÇÃO DE PLÁSTICOS CONTIDOS NOS ABSORVENTES HIGIÉNICOS E FRALDAS, de acordo com a reivindicação 1, caracterizado pelo misturador helicoidal ser do tipo Vortex.

Description:
PROCESSO DE RECUPERAÇÃO E FABRICAÇÃO DE

PLÁSTICOS CONTIDOS NOS ABSORVENTES HIGIÉNICOS E

FRALDAS

[01] Trata-se a presente Patente de Invenção de um processo de recuperação e fabricação de plásticos contidos nos absorventes higiénicos e fraldas, pertencente ao setor químico, mais particularmente refere-se à absorvente e fraldas de uso pessoal obtendo pellets de PE (polietileno) e PP (polipropileno), com o objetivo de reaproveitar o material descartado na fabricação de absorventes e fraldas, uma vez que a aplicabilidade industrial dos plásticos, PE, PP, na fabricação de absorventes e fraldas higiénicas é de extrema importância e seu custo elevadíssimo tem a necessidade de um rigoroso controle e qualquer perda no sistema fabricação devido a alta velocidade de máquinas e perdas no processo são considerados grandes prejuízos para a indústria.

FUNDAMENTOS DA TÉCNICA

[02] Durante o processo produtivo as laminas de cobertura dos absorventes e fraldas são feitas basicamente de PE, PP, no entanto, é necessário que as mantas que alimentam as grandes máquinas sofram um corte para obter os formatos dos absorventes e das fraldas. Nesse momento, grandes volumes de materiais, por não ficarem dentro dos parâmetros estabelecidos, são necessariamente descartados gerando assim um resíduo bastante nobre a ser recuperado.

[03] Toneladas desses importantes materiais são descartados nos sistema de classificação das máquinas de formação, devido a grandes velocidades das máquinas, um percentual de sua produção é descartado no processo indo para as unidades de coprocessamento consequentemente para os aterros. O descarte deve-se a inúmeros fatores produtivos dos quais não se consegue controlar e não é viável economicamente inserir investimentos para tal.

[04] Trata-se de um volume de no máximo 5% da produção dos absorventes e fraldas das empresas, no entanto devido aos grandes volumes de produção dos mesmos os volumes gerados nesse sistema de recuperação também tornam-se grandes e representativos.

[05] Assim, um dos objetivos da presente invenção é diminuir a quantidade de plásticos jogados na natureza, além de minimizar os custos das empresas que gerarem tais resíduos.

[06] Além disso, o presente pedido de Patente de Invenção por se referir a um processo contínuo e fechado para o tratamento desse resíduo, tem como objetivo, recuperar em sua totalidade os plásticos não aproveitados pelo corte de formação dos absorventes e descartados pelas maquinas cortadoras e transforma-los em matéria prima nobre de alto valor agregado e de total sustentabilidade. Pelo fato do processo ser fechado, outra preocupação da tecnologia, a vantagem técnica da mesma refere-se ao fato de se transformar em pellets para uso em cabos de escova dental como seu produto final.

[07] Outra vantagem que podemos citar refere-se ao fato de possuir custo de produção bem inferior ao custo do processo convencional de descarte.

DESCRIÇÃO RESUMIDA DA INVENÇÃO

[08] A presente patente de invenção refere-se a um processo contínuo e fechado para a recuperação e fabricação de plásticos contidos nos absorventes higiénicos e fraldas o qual compreende as seguintes etapas: a. - alimentação do sistema;

b. - trituração em moinho de facas;

c- aglutinação;

d. - processo de extrusão (plástica);

e. - transporte dos pellets; e

f. - centrifugação.

DESCRIÇÃO DETALHADA DA INVENÇÃO

[09] O processo de recuperação e fabricação de plásticos contidos nos absorventes higiénicos e fraldas, constitui-se das seguintes etapas:

a. - alimentação do sistema:

- o plástico ainda em forma descaracterizada e com seus cortes desuniformes são recebidos em fardos amarrados de 200 kg;

- o material é alimentado manualmente para uma rosca sem fim que irá transportar o material para um moinho de facas;

b. - trituração em moinho de facas:

- o moinho de facas utiliza uma tela de abertura de 25 mm e irá triturar e moer (cortar) os plásticos em tamanhos uniformes com partículas de 15 a 20 mm, é necessário que as partículas sejam uniformes para o processamento posterior.

- o material que sai do moinho é recebido por outra rosca sem fim que transporta o material moído para o sistema de aglutinação;

c- aglutinação:

- a aglutinação é feita em um misturador de baixa rotação (50 rpm) que tem por função juntar as partículas, de forma que todas se aglutinem formando um aglutinado de plástico;

- nesse início de processo o misturador é aquecido em suas paredes com temperatura de 110°C (graus Celsius) para iniciar a aglutinação. Essa fase do processo é muito importante, pois determina que todo o material plástico se torne homogéneo e somente após esse processo inicia-se a extrusão do plástico;

d.- processo de extrusão (plástica):

- a extrusão inicia-se após a aglutinação, e sua primeira fase de extrusão é a degasagem que se faz na primeira parte da máquina extrusora;

- a parte inicial atinge uma temperatura de 240°C (graus Celsius) e com essa temperatura o plástico libera gases, onde chamamos de degasagem;

- em misturador helicoidal do tipo Vortex, o qual trabalha com a temperatura de 110 graus e um sistema de mistura em baixa rotação entre 100 e 120rpm com as pás voltadas para o centro do eixo que aumenta o poder de aglutinação do mesmo e serve para eliminar algum tipo de celulose que possa conter no resíduo e ao mesmo tempo não agredir o plástico que está sendo aglutinado;

- a extrusão é feita após a degasagem total do plástico, por ser um sistema contínuo o plástico aglutinado, degasado, segue na extrusora para tela extrusora que em uma temperatura de mínimo de 220 graus e máximo de 250 graus finaliza o aquecimento do plástico deixando o em forma de um lodo consistente;

- a tela por sua vez absorve os possíveis resíduos de materiais não extrusados e após a passagem da tela de tamanho de 5 mm passa pelo sistema de corte em forma de os pelletes;

- os pelletes formados na cortadeira da máquina saem com uma temperatura alta e precisam ser resfriados, para isso a máquina possui uma cama d'água onde os pellets cortados são despejados; e. - transporte dos pellets:

- os pellets resfriados em água em temperatura ambiente, são transportados e transferidos para uma peneira que retém os plásticos resfriados e recircula a água para o processo novamente;

- o plástico retido na peneira é transferido por uma rosca para a centrífuga de cesto;

f. - centrifugação:

- a centrífuga de cesto tem a finalidade de retirar a água contida no pellet e o produto centrifugado alimenta continuamente uma rosca sem fim que por sua vez alimenta os bags de produto acabado.

PRODUTO OBTIDO

[10] O produto final gerado são pellets de PE e PP que são aplicados e usados na fabricação de plásticos, em especial na fabricação de escovas dentais ecológicas, o que torna o processo inovador também 100% sustentável.

VANTAGENS

[11] Com o processo acima descrito, o resíduo se torna um produto de alta viabilidade económica pela qualidade e pureza atingida, o presente trabalho faz com que o resíduo do processo de fabricação torne um produto tecnicamente muito eficiente com um excelente controle para as aplicações do material.

[12] O produto originado do referido processo é destinado às indústrias de fabricação de plásticos em geral e em especifico cabos de escova dental, o que torna isso uma inovação em potencial.

[13] O produto originado permite um preço muito acessível e fornece uma destinação prática e viável para parte dos resíduos gerados pelas indústrias de absorventes e fraldas.

[14] O processo não gera resíduo e tem a sustentabilidade 100% com o principio de aterro zero.

[15] A abrangência da presente patente de invenção, não deve ser limitada às particularidades dos equipamentos, mas sim, aos termos definidos nas reivindicações e seus equivalentes.