Login| Sign Up| Help| Contact|

Patent Searching and Data


Title:
MOVABLE FORMS FOR ERECTING CONCRETE TOWERS
Document Type and Number:
WIPO Patent Application WO/2017/136911
Kind Code:
A1
Abstract:
The present patent relates to a kind of movable form, sliding forms (02) for moulding concrete towers of a large variety of shapes, in particular in wind farms, communication towers, the forms moving vertically from the beginning to the end of the construction, in a semi-automated or automated system for ininterrupted and continuous construction of the tower. The movable/sliding form (02) is vertically moved in that a sliding cover (08) with upper and lower rollers (06) is used, as well as a honed metal plate (07) forming the body, connected to a kind of fork (03) which maintains the thickness of the concrete wall, together with cables and ties joined to the metal tower (01), which by being moved by a rack-and-pinion system make it possible to build the tower.

Inventors:
FARIAS, Rogério (Rua Major Ladislau Lourenço, 425 Messejana Fortaleza Ceará, -760 Fortaleza, 60870-760, BR)
Application Number:
BR2017/050025
Publication Date:
August 17, 2017
Filing Date:
February 10, 2017
Export Citation:
Click for automatic bibliography generation   Help
Assignee:
FARIAS, Rogério (Rua Major Ladislau Lourenço, 425 Messejana Fortaleza Ceará, -760 Fortaleza, 60870-760, BR)
International Classes:
E04G11/26; E04G11/22
Domestic Patent References:
2010-04-29
Foreign References:
US3497579A1970-02-24
JPS4827014B11973-08-18
JPH09217484A1997-08-19
US1562465A1925-11-24
JP2000045517A2000-02-15
JPH09250240A1997-09-22
US3516129A1970-06-23
US3451108A1969-06-24
Attorney, Agent or Firm:
FILGUEIRAS, Rogério de Andrade et al. (Rua da República, 300 casa-6 QuintinoRio de Janeiro - RJ, -360 Rio de Janeiro, 21311-360, BR)
Download PDF:
Claims:
R R 1 V 1 N D I C A Ç Õ F S

01 - "ESTEIRA ROLANTE DE EDIFICAÇÃO DE TORRES DE CONCRETO", a ser empregada predominantemente na edificação de Torres de concreto - quadriláteras, cónicas e outras disposições, para produção de energia eólica e de comunicação, É CARACTERIZADA POR conjunto formado através de Garfos Distanciadores de Esteiras (03) que determinam a espessura da parede da torre/pilar, etc, onde são montadas - na parte anterior e posterior, Esteiras Rolantes Deslizantes (02) que se movimentam verticalmente do início até a finalização da obra, e se prestam como formas no processo de enchimento de concreto da torre, quer no sistema semi ou automatizado de construção ininterrupta e contínua da Torre. Os Garfos Distanciadores de Esteira (03) são instaladas em Torre Metálica de Edificação (01) ao longo de toda sua periferia, de maneira que a sua movimentação provoque o deslocamento vertical e sincronizado de todo o conjunto de Garfos Distanciadores (03) com as respectivas Esteiras Rolantes (02). No processo de enchimento do concreto, transpondo a Esteira Rolante Deslizante (02) anterior e posterior, de forma a não permitir o escoamento da massa de concreto, ficam as Placas Retentoras Traspassantes (04).

02 - "ESTEIRA ROLANTE DE EDIFICAÇÃO DE TORRES DE CONCRETO", a ser empregada predominantemente na edificação de Torres de concreto - quadriláteras, cónicas e outras disposições, para produção de energia eólica e de comunicação, de acordo com a Reivindicação 01, É CARACTERIZADA PELA Esteira Rolante Deslizante (02), constituída pela carcaça com Roletes (06), Placa Metálica Brunida (07), Manta Corrediça (08) e Reforços (09). Os Roletes (06), inferior e superior, tem a finalidade de facilitarem a rolagem vertical da Esteira Rolante Deslizante (02), quando de sua movimentação para nova secção de enchimento do concreto, juntamente com a Manta Corrediça (08) - que envolve toda a parte frontal da carcaça - apoiada na Placa Metálica Brunida (07) e é responsável pelo contato direto com a massa de concreto (05).

Description:
REI ATÓRIO DESCRITIVO DA PATENTE DF

INVENÇÃO

"ESTEIRA ROLANTE DE EDIFICAÇÃO

DE TORRES DE CONCRETO"

(001) Refere -se o presente Privilégio de Invenção a sistemática ordenada para construção de torres de concreto, nas mais diversas formas - quadriláteras, cilíndricas, ovais, cónicas, para emprego predominantemente em usinas eólicas, torres de comunicação, podendo também ser empregada para feitura de silos, chaminés, pilares de ponte, etc, composta, essencialmente, de conjunto de esteiras rolantes, que se prestam como formas para o enchimento, continuo ou não, de concreto, na edificação da torre ou pilar.

(002) A esteira rolante - responsável pela modelagem da torre de concreto em construção, é montada, basicamente, através de um conjunto formado pelos delimitadores/distanciadores da espessura da parede de concreto (esteiras), que por meio de cabo e de tensor, se une a torre metálica central de montagem e que, pelo emprego de sistema de módulo de movimentação comandado por peão e cremalheira, proporciona a elevação contínua e ininterrupta do conjunto de esteiras deslizantes, na construção da edificação.

(003) As Esteiras Rolantes, internas e externas, são montadas ao longo da periferia da torre/pilar de concreto a ser construído, o que dá, inclusive, forma cónica à mesma, quando assim projetada, pela capacidade de redução de diâmetro através do movimento vertical das Esteiras.

(004) Na construção da torre, como elemento de integração entre uma Esteira Deslizante e outra e dependendo se a construção da torre for de maneira ininterrupta e/ou contínua, podem ser empregadas Placas Retentoras Transpassantes, e/ou Esteiras Transpassantes, que ficam posicionadas entre as Esteiras Rolantes/formas.

(005) O emprego da "ESTEIRA ROLANTE DE EDIFICAÇÃO DE TORRES DE CONCRETO" certamente trará inúmeros benefícios àqueles que o empregarem, senão vejamos:

(006) - A dispensa de movimentação de peças de grandes dimensões e altura, bem como o uso de guindastes para movimentação das mesmas;

(007) - Economia de mão-de-obra e operação de fôrma/desfôrma de concreto, notadamente pelo fato de que as esteiras rolantes empregadas no início da construção, serão as mesmas até o final da edificação pretendida;

(008)— significativa economia de tempo na construção da edificação pretendida, pela possibilidade de deslizamento vertical da esteira logo que a cura do concreto permita, para acomodar nova porção de concreto, inclusive quando da utilização da sistemática de construção ininterrupta da torre ou similar;

(009) - Acabamento externo da torre ou similar. Pelo fato da esteira rolante apresentar a superfície externa polida que suporta o enchimento do concreto e desliza no sentido vertical, certamente serão percebidos os efeitos estéticos da edificação, reduzindo, sobremaneira, a necessidade de acabamentos, rebocos, etc, após a conclusão da obra.

(O1O) A presente patente será melhor compreendida pelas referencias constantes nos desenhos anexos, a saber:

(011) FIGURA - O1 : Vista frontal de Torre

Metálica (01) empregada, especialmente, na construção de torres para usinas eólicas ou de comunicação, com enchimento de concreto de maneira contínua, ininterrupta, automatizada ou semi-automatizada, Na presente figura se demonstram as Esteiras Rolantes Deslizantes (02), internas e externas, responsáveis pela mantença da espessura da parede da torre de concreto, e estão montadas na Torre Metálica, através de Garfos Distanciadores de Esteiras(O3).

(012) FIGURA - O2: Vista de cima de Torre

Metálica (01) onde se vislumbra as Esteiras Rolantes Deslizantes (02), os Garfos Distanciadores de Esteiras (03), as Placas Retentoras Traspassantes (04) e os Cabos de Aço (05) capazes de manterem o diâmetro interno da Torre.

(013) FIGURA - O3: Vista de cima seccionada do processo de enchimento do concreto na edificação da Torre, evidenciando-se as Esteiras Rolantes Deslizantes (02), as Placas Retentoras Traspassantes (04) a massa do Concreto (05), os Garfos Distanciadores de Esteiras (03), Os Suportes de içamentos das Esteiras (06), ligados a Torre Metálica (01).

(014) F1G JRA - O4: Vista de sequencia de conjuntos formados pelos Garfos Distanciadores de Esteiras (03) com Esteiras Rolantes Deslizantes (02), Placas Retentoras Traspassantes (04), e da parede de concreto da Torre em construção (05).

(015) F1G JRA - O5: Vista frontal, em corte, dos Garfos Distanciadores de Esteiras (03) com as Esteiras Rolantes Deslizantes (02) com seus Roletes (06).

(016) F1G JRA - O6: Vista em perspectiva do conjunto formado pelo Garfo Distanciador de Esteiras (03) e as Esteiras Rolantes Deslizantes (02).

(017) F1G JRA - O7: Vista demonstrando a fixação da Esteira Rolante Deslizante (02) no Garfo Distanciador (03).

(018) F1G JRA - O8: Capaz de vislumbrar a parte frontal e verso dos componentes da Esteira Rolante Deslizante (02). Existe na parte frontal da Carcaça da Esteira, Placa Metálica Brunida (07), responsável pela facilitação do movimento de Manta Corrediça (08) quando no processo de movimentação vertical para próxima secção de concretagem, no processo de continuidade da construção da Torre. Os Roletes (06) superior e inferior, se prestam para auxiliar o deslizamento da Manta Corrediça (08). Na parte posterior da Carcaça da Esteira, existem Reforços (09) cuja função é a de aumentar a resistência da Esteira (02), e de servir para fixação desta, no Garfo Distanciador de Esteira (03).

(019) FIGURA - OO: Vista demonstrativa

de como se dispõe a Manta Corrediça (08) na parte posterior e anterior da Esteira Rolante Deslizante (02).

(020) FIGURA - IO: Vista frontal de um conjunto de Esteiras Rolantes Deslizantes (02) com as Placas Retentoras Traspassantes (04) posteriores, montadas na parte posterior dos Garfos Distanciadores de Esteiras (03).