Login| Sign Up| Help| Contact|

Patent Searching and Data


Title:
OPTICAL CORRECTION LENS, OPTICAL LENS KIT AND VISION CORRECTION METHOD
Document Type and Number:
WIPO Patent Application WO/2019/119084
Kind Code:
A1
Abstract:
The present invention is intended to solve the problems in the prior art using a lens for optical correction with a central portion painted black with a transparent central area (pinhole), the lens being a spherical or spherical cylindrical lens for use as a contact lens. The present invention relates to the field of ophthalmology.

Inventors:
SANCHO, Karlos Frederico Castelo Branco (Rua Sítio Cedro, 71. Dionísio Torres - Ceará, -130 Fortaleza, 60170-130, BR)
Application Number:
BR2018/050198
Publication Date:
June 27, 2019
Filing Date:
June 18, 2018
Export Citation:
Click for automatic bibliography generation   Help
Assignee:
FUNDAÇÃO EDSON QUEIROZ (Av Washington Soares, 1321 Edson Queiroz - Ceará, -905 Fortaleza, 60811-905, BR)
International Classes:
G02C7/04; G02C7/16
Domestic Patent References:
WO2015081250A22015-06-04
Foreign References:
US5757458A1998-05-26
Attorney, Agent or Firm:
REMER VILLAÇA & NOGUEIRA ASSESSORIA E CONSULTORIA DE PROPRIEDADE INTELECTUAL S/S (Rua Padre João Manuel, 755 9º andar, Jardin, São Paulo -001 São Paulo, 01411-001, BR)
Download PDF:
Claims:
Reivindicações

1. Lente para correção óptica caracterizada por apresentar uma parte central pintada de preto de diâmetro entre 4 mm a 10 mm com ao menos uma área transparente central.

2. Lente de acordo com a reivindicação 1 , caracterizada por ser esférica.

3. Lente de acordo com a reivindicação 1 , caracterizada por ser esférico- cilíndrica.

4. Lente de acordo com a reivindicação 1 , caracterizada pelo fato da área transparente central compreender formato oblongo.

5. Lente de acordo com a reivindicação 1 , caracterizada pela área transparente central compreender três círculos tangentes.

6. Lente de acordo com a reivindicação 1 , caracterizada pelo fato da parte central pintada de preto apresentar diâmetro de 5 mm com uma área transparente central em forma de oblongo com 2,4 mm de comprimento e 1 ,6 mm de largura.

7. Kit de lentes ópticas caracterizado por compreender uma primeira lente para correção óptica, conforme definida na reivindicação 1 , e uma segunda lente de contato convencional.

8. Processo de correção de visão caracterizado pelo fato de compreender uma etapa de aplicação de uma lente para correção óptica, conforme definida na reivindicação 1 , em um primeiro olho e uma lente de contato convencional em um segundo olho.

Description:
Relatório Descritivo de Criação Industrial

LENTE PARA CORREÇÃO ÓPTICA, KIT DE LENTES ÓPTICAS E PROCESSO

DE CORREÇÃO DE VISÃO

Campo da Invenção

[0001] A presente invenção é uma lente para correção óptica com uma parte central pintada de preto com uma área transparente central (orifício estenopeico), sendo esta lente esférica ou esférico-cilíndrica e ser aplicada como lente de contato. A presente invenção se situa no campo da oftalmologia.

Antecedentes da Invenção

[0002] É estimado que apenas nos Estado Unidos no ano de 2016 existam um total de 1 16 milhões de pessoas com presbiopia. Segundo a Sociedade Brasileira de Oftalmologia, 26 da população brasileira sofre de presbiopia.

[0003] Atualmente, o mercado tem muitas opções para a correção de aberrações corneanas, a melhora da acuidade visual em casos de baixa capacidade visual por opacidade de meios (por exemplo, cicatrizes corneanas) e correção da presbiopia. Na prática, entretanto, percebe-se que uma solução definitiva ainda não foi encontrada.

[0004] Novos métodos para correção da presbiopia apresentam como base o princípio do furo estenopeico. Tem-se observado uma evolução nas lentes, fruto de altos investimentos da indústria e a utilização de um buraco estenopeico associado a lentes esféricas ou esférico/cilíndricas em lentes de contato possibilita a correção óptica, contudo o sucesso da adaptação ainda depende de vários fatores e nem sempre a acuidade visual obtida é satisfatória.

[0005] Esse furo estenopéico também chamado de pinhole ou ainda de P.H., é um disco opaco com um orifício. É utilizado no refrator Green quando se suspeita de erro refrativo para testar a acuidade visual. Isso é feito sem o acréscimo de lentes oftalmológicas (esféricas e cilíndricas). O seu mecanismo é remover temporariamente erros refrativos, como miopia, através da passagem da luz pelo centro da córnea e do cristalino - diminuindo as aberrações e aumentando a profundidade de foco do olho; tudo isso por diminuir os borrões circulares dos pincéis de luz desfocados que se sobrepõem na retina.

[0006] Já existem pedidos de patente acerca do uso desse princípio para correção óptica. São exemplos destas tecnologias, o AcuFocus KAMRA Inlay e o XtraFocus. O AcuFocus KAMRA Inlay é um implante intraestromal da córnea utilizado como uma opção para correção da presbiopia. A tecnologia é baseada no princípio de profundidade de foco produzido pelo buraco estenopeico e a patente foi pedida em 27/08/2012 (US 20120245683A1 ).

[0007] Já o XtraFocus foi desenvolvido pelo oftalmologista e pesquisador brasileiro Cláudio Trindade e integra a lista das mais importantes inovações na Oftalmologia em 2014. O XtraFocus deve ser cirurgicamente implantado dentro do olho e é capaz de melhorar a visão de pessoas portadoras de distúrbios da córnea.

[0008] Na busca pelo estado da técnica em literaturas científica e patentária, foram encontrados os seguintes documentos que tratam sobre o tema:

[0009] O documento JP3179308 revela lentes de correção para a presbiopia a serem utilizadas diretamente na córnea, ou seja, são utilizadas como lente de contato. As ditas lentes são circulares e possuem uma parte colorida na região central e um buraco estenopeico no centro para aumentar a profundidade de foco. Porém a lente é formada por um par de lentes divididas que envolvem um membro colorido, tal fator torna a lente mais espessa e necessita de mais etapas para sua fabricação, podendo apresentar problemas como a separação do par de lentes.

[0010] O documento US2005134793 revela lentes multifocais contendo um furo estenopeico para a correção da presbiopia. A lente descrita compreende dois campos refrativos, um para a visão à distância e outro para a visão próxima, sendo que a área entre os campos refrativos é opaca, absorvendo de 75 a 100% da luz. Porém, o documento não revela diferentes concretizações do furo esteponeico para se adaptar à condição visual do paciente.

[0011] O documento EP2455799 revela uma lente gelatinosa a ser utilizada como lente de contato, contendo um furo esteponeico no centro de uma zona capaz de barra a entrada de luz e aumentar a profundidade de foco. É revelada também, a presença de uma pluralidade de furos menores ao redor do furo esteponeico, sendo comentado que os ditos furos melhoram a visão noturna e periférica. Porém, o documento não revela diferentes concretizações do furo esteponeico para se adaptar à condição visual do paciente.

[0012] Assim, do que se depreende da literatura pesquisada, não foram encontrados documentos antecipando ou sugerindo os ensinamentos da presente invenção, de forma que a solução aqui proposta possui novidade e atividade inventiva frente ao estado da técnica.

Sumário da Invenção

[0013] A invenção permite uma excelente correção da presbiopia, aberrações corneanas e opacidade de meios. Especialmente na área de aberrações corneanas e opacidade de meios pouco se têm evoluído com relação a lentes de contato.

[0014] Os conceitos técnicos se basearam no conceito óptico do comportamento da luz através de um pequeno orifício (já usado há muito tempo em fotografia) aliado a vários experimentos clínicos realizados pelo inventor associando esse conceito a lentes esféricas e ou cilíndricas. A literatura mostra que vários tamanhos de orifício circulares podem ser usados para produzir uma profundidade de foco, contudo aberturas com áreas muito pequenas podem causar borramento por difração e áreas muito grandes não tem efeito estenopeico. [0015] Através de modelos de computador, testes clínicos e teste com protótipos observamos que áreas em torno de 1 ,2mm há 3,5 mm apresentam efeito de profundidade de foco. Outra inovação observada no desenvolvimento dessa solução e que o orifício estenopeico pode apresentar formatos não circulares, como por exemplo formato oval e outros formatos, que permitem por um lado aumento do campo visual sem a perda do poder de profundidade de foco.

[0016] Uma das soluções de lentes para presbiopia hoje existente é a utilização de uma lente em um olho para perto e outra no outro olho para longe. Essa disposição das lentes em muitos pacientes causa embaçamento e desconforto, impossibilitando seu uso. O diferencial da lente proposta na presbiopia é que ela permite uma maior naturalidade da visão. Isso é alcançado colocando-se uma lente para longe em um olho e no outro a lente da presente invenção. Esta lente, através de uma associação de lente esférica e ou cilíndrica, calculada a partir da dioptria e idade do paciente, e o efeito de profundidade do buraco estenopeico permite uma visão mais fisiológica. O mecanismo que promove esse resultado é o cálculo ideal da lente esférica e ou cilíndrica em associação com o desenho escolhido (pintura da lente), permitindo a melhora da visão de perto e intermediária enquanto afeta minimamente a visão de longe.

[0017] A presente invenção apresenta um desenho de furo estenopeico que permite ao paciente ter uma visão multifocal, pela profundidade de foco, e um bom campo visual para as atividades diárias.

[0018] Desta forma, a presente invenção tem por objetivo resolver os problemas constantes no estado da técnica a partir do desenvolvimento de uma lente para correção óptica com uma parte central pintada de preto com uma área transparente central para correção de presbiopia e outros problemas ópticos.

[0019] Em um segundo objeto, a presente invenção apresenta um kit de lentes ópticas que compreende uma primeira lente para correção óptica conforme descrita neste documento e uma segunda lente de contato convencional.

[0020] Em um terceiro objeto, a presente invenção apresenta um processo de correção de visão que compreende uma etapa de aplicação de uma lente para correção óptica conforme descrita neste relatório em um primeiro olho e uma lente de contato convencional em um segundo olho.

[0021] Ainda, o conceito inventivo comum a todos os contextos de proteção reivindicados é o desenvolvimento de uma lente com propriedades inovadoras para correção de presbiopia e outras doenças ópticas além de um kit de lentes ópticas e um processo de correção de visão compreendendo a dita lente.

[0022] Este e outros objetos da invenção serão imediatamente valorizados pelos versados na arte e pelas empresas com interesses no segmento, e serão descritos em detalhes suficientes para sua reprodução na descrição a seguir.

Breve Descrição das Figuras

[0023] Com o intuito de melhor definir e esclarecer o conteúdo do presente pedido de patente, as seguintes figuras são apresentadas:

[0024] A figura 1 mostra uma concepção de um protótipo da dita lente.

[0025] A figura 2 mostra uma concepção de um segundo protótipo da lente da presente invenção.

Descrição Detalhada da Invenção

[0026] Em um primeiro objeto, o presente pedido de patente refere-se uma lente de contato ocular, podendo ser produzida em qualquer material (por exemplo, silicone hidrogel). A lente pode ser rígida, gás permeável, gelatinosa, mista, tórica, escleral, cosmética, com prisma ou sem prisma, ou terapêutica e apresentar qualquer tipo de curvatura, dependendo da necessidade e da córnea do paciente. Essa lente deve apresentar uma parte pintada de preto, circular e opaca com uma área transparente central (zona óptica). Esse desenho tem função de filtrar os raios periféricos dando um efeito de buraco estenopeico, podendo apresentar 4 até 10 mm de diâmetro.

[0027] No centro da Figura 1 temos a zona óptica (parte transparente), que permita a passagem da luz, podendo apresentar qualquer formato (circular, elipsoide, em estrela). Essa zona óptica, região central e transparente da Figura 1 , poderá ter seu poder na superfície dianteira ou traseira da lente, estando no eixo de visão central do paciente. E nessa zona que as potências (poder) esféricas e ou cilíndricas associadas a profundidade de foco, produzida pela pintura (desenho da lente), permitem a visão de longe, de perto e intermediária. Diferente de outras lentes no mercado que tem vários círculos concêntricos com diferentes poderes esféricos, nossa lente tem apenas uma zona óptica (poder óptico).

[0028] A presente invenção pode ser mais bem compreendida por ser uma lente para correção óptica com uma parte central pintada de preto com uma área transparente central, sendo esta lente esférica ou esférico-cilíndrica e ser aplicada como lente de contato. Ainda, o diâmetro da parte central pintada de preto pode variar de 4mm a 10mm e a área transparente no interior desta parte central pode possuir um ou mais de um formato não circular como , por exemplo, oval, elíptico, estrela ou vários formatos, como círculos transparentes por exemplo, dispostos dentro da mesma área opaca.

[0029] Para fins da presente invenção, o termo “lente de contato convencional” faz referência a uma lente de contato apenas com grau de correção da visão.

[0030] Em um segundo objeto, a presente invenção apresenta um kit de lentes ópticas que compreende uma primeira lente para correção óptica conforme descrita neste documento e uma segunda lente de contato convencional.

[0031] Em um terceiro objeto, a presente invenção apresenta um processo de correção de visão que compreende a aplicação de uma lente para correção óptica conforme descrita neste relatório em um primeiro olho e uma lente de contato convencional em um segundo olho.

Exemplo 1

[0032] O protótipo apresentado na Figura 1 consta de uma lente gelatinosa com 14.2mm de diâmetro, com 6 mm de diâmetro centrais de parte pintada e opaca, com uma área central transparente de desenho oblongo medindo 1 ,6mm de largura e 2,4mm de comprimento, em uma concretização a área central transparente compreende desenho oval.

Exemplo 2

[0033] O protótipo apresentado na figura 2 consta uma lente gelatinosa dotado de um circulo pintado de preto dotado de três círculos tangentes e transparentes.