Login| Sign Up| Help| Contact|

Patent Searching and Data


Title:
PROCESS FOR EXTRACTING MINERALS AND SIMULTANEOUSLY DEHYDRATING MINED FRACTIONS OF LESS THAN 50 MICRONS USING BALLASTED FLOCCULATION
Document Type and Number:
WIPO Patent Application WO/2019/109159
Kind Code:
A1
Abstract:
The focus of the invention is exclusively on ROM fractions of less than 50 microns from existing processes for recovering minerals, such as flotation, magnetic separation and gravity concentration, or for reprocessing waste product and storage dams. The proposed solution comprises three (3) distinct and simultaneous steps, as follows: Step 1: Separating and processing the fractions of less than 50 microns separately. Step 2: Recovering the minerals using selective flocculation, magnetite as the ballast and mixed polymers in a magnetic field to form large stable flocs of the target mineral. Step 2.1: Processing the mineral flocs. Step 3: Flocculating the silicates and other gangue minerals using magnetite as the ballast and mixed polymers in a magnetic field to form large stable flocs. Step 3.1: Treating the gangue mineral flocs This is a process aimed at the same time at concentrating the minerals and at supplying a stable, solid low-grade residue that can be conveyed with the process waste, the quality water resulting from the process being returned to the process. This is a continuous twofold process totally controlled by a SCADA system. Two important factors should be noted: 1. The invention describes a two-fold industrial process, not a laboratory process. 2. No claim is made to any specific equipment. On the contrary, the process described innovatively combines existing equipment to achieve the above-mentioned objectives. A lower total amount of chemical additives and return water of better quality are positive environmental aspects. The process supplements the existing metallurgical concentration processes.

Inventors:
MADDERSON, David (Rua Santa Rita Durão, Nº 1000 Apt. 140, Bairro Funcionários 118 Belo Horizonte, 30140118, BR)
Application Number:
BR2018/050448
Publication Date:
June 13, 2019
Filing Date:
December 03, 2018
Export Citation:
Click for automatic bibliography generation   Help
Assignee:
SMP DO BRASIL PESQUISA MINERAL LTDA (Santa Rita Durão, nº 1000 complemento 1404, 118 Belo Horizonte, 30140118, BR)
International Classes:
C22B3/20; B01D21/01; B03D3/06
Attorney, Agent or Firm:
DOLABELLA ADVOCACIA E CONSULTORIA et al. (Cristóvão Colombo, 550 salas 305/306, 150 Belo Horizonte, 30140150, BR)
Download PDF:
Claims:
REIVINDICAÇÕES

1: PROCESSO PARA A EXTRAÇÃO DE MINERAIS E DESIDRATAÇÃO SIMULTÂNEA DE FRAÇÕES MINERADAS INFERIORES A 50 MÍCRONS USANDO A FLOCULAÇÃO LASTREADA, que consiste no tratamento contínua e simultânea de ROM ou fluxos existentes que emanam de processos de recuperação de minerais existentes, tais como a concentração de gravidade, flotação e separação magnética bem como barragens de rejeitos e pilhas para recuperar os minerais e proporcionar um resíduo sólido que pode ser transportado e empilhado e uma água de processo qualidade, caracterizado por ser realizado em três etapas distintas:

Etapa 1. Separação de frações - 50 mícrons, que podem ser definidas usando ciclones, peneiras ou uma combinação dessas tecnologias;

Etapa 2. O uso de floculação seletiva com magnetita como lastro para fornecer grandes flocos estáveis com velocidade de sedimentação acelerada para recuperar os valiosos minerais;

Etapa 2.1 Tratamento de flocos minerais;

Etapa 3. A floculação simultânea dos silicatos e outros minerais de ganga usando polímeros e magnetita como lastro;

Etapa 3.1 Tratamento de flocos minerais de ganga.

2: PROCESSO PARA A EXTRAÇÃO DE MINERAIS E DESIDRATAÇÃO SIMULTÂNEA DE FRAÇÕES MINERADAS INFERIORES A 50 MÍCRONS USANDO A FLOCULAÇÃO LASTREADA, de acordo com a reivindicação 1, caracterizado pela etapa 1 utilizar, em algumas aplicações, para dimensionamento preciso, um classificador ascendente ou equipamento similar que utiliza fluxo de água a montante e em contracorrente para proporcionar uma separação precisa de tamanhos de partículas definidos, que podem ser equipados com Lamelas.

3: PROCESSO PARA A EXTRAÇÃO DE MINERAIS E DESIDRATAÇÃO SIMULTÂNEA DE FRAÇÕES MINERADAS INFERIORES A 50 MÍCRONS USANDO A FLOCULAÇÃO LASTREADA, de acordo com a reivindicação 1, caracterizado pela etapa 2, usar floculação seletiva e magnetita como lastro para fornecer flocos grandes e estáveis com velocidade de sedimentação acelerada.

4: PROCESSO PARA A EXTRAÇÃO DE MINERAIS E DESIDRATAÇÃO SIMULTÂNEA DE FRAÇÕES MINERADAS INFERIORES A 50 MÍCRONS USANDO A FLOCULAÇÃO LASTREADA, de acordo com a reivindicação 3, caracterizado pela etapa 2, o uso de floculação hidrofóbica seletiva como o método de floculação preferido, sendo a solução misturada através de um misturador de tubo modificado (como Veolia TurboMix) e equipado com uma bobina magnética; a solução se destina a ser agitada dentro e na mesma configuração como o campo magnético circundante, enquanto o lastro de magnetita é adicionado de maneira controlada e contínua.

5 : PROCESSO PARA A EXTRAÇÃO DE MINERAIS E DESIDRATAÇÃO SIMULTÂNEA DE FRAÇÕES MINERADAS INFERIORES A 50 MÍCRONS USANDO A FLOCULAÇÃO LASTREADA, de acordo com a reivindicação 1, caracterizado pela etapa 2.1 do separador primário sendo por um Separador das Lamelas modificado equipado com um sistema de bicos para fornecer um fluxo montante e contracorrente da água, a fim dos flocos lastrados para afundar e os minerais de ganga para fluem para o segundo estágio do processo.

6: PROCESSO PARA A EXTRAÇÃO DE MINERAIS E DESIDRATAÇÃO SIMULTÂNEA DE FRAÇÕES MINERADAS INFERIORES A 50 MÍCRONS USANDO A FLOCULAÇÃO LASTREADA, de acordo com a reivindicação 3, caracterizada pela etapa 2.1, utiliza-se um separador de lamelas modificado equipado com uma série de sondas de densidade espaçadas na secção vertical do vaso; essas sondas de densidade são conectadas por meio de um PLC a uma válvula de descarga na parte inferior do separador; isso possibilita manter uma pressão constante e controlada no vaso pelo aumentando ou diminuindo o volume de extração dos minerais floculados.

7: PROCESSO PARA A EXTRAÇÃO DE MINERAIS E DESIDRATAÇÃO SIMULTÂNEA DE FRAÇÕES MINERADAS INFERIORES A 50 MÍCRONS USANDO A FLOCULAÇÃO LASTREADA, de acordo com a reivindicação 1, caracterizado pela etapa 2.1, direcionando o fluxo de minerais floculados após a concentração primária para uma série de separadores magnéticos úmidos para separação de líquido/sólido de segundo estágio.

8: PROCESSO PARA A EXTRAÇÃO DE MINERAIS E DESIDRATAÇÃO SIMULTÂNEA DE FRAÇÕES MINERADAS INFERIORES A 50 MÍCRONS USANDO A FLOCULAÇÃO LASTREADA, de acordo com a reivindicação 1, caracterizado pela etapa 2.1, os sólidos resultantes são então dirigidos para peneiras de movimento linear alta aceleração, as referidas peneiras sendo equipadas com painéis de tela que tem uma abertura para separar o magnetite do mineral; pequenos volumes de água sob alta pressão são necessários para fornecer uma separação limpa; a magnetita é devolvida ao processo e os minerais recuperados podem ser misturados diretamente com o concentrado +50pm ou secos separadamente.

9: PROCESSO PARA A EXTRAÇÃO DE MINERAIS E DESIDRATAÇÃO SIMULTÂNEA DE FRAÇÕES MINERADAS INFERIORES A 50 MÍCRONS USANDO A FLOCULAÇÃO LASTREADA, de acordo com a reivindicação 1, caracterizado pela etapa 3, a floculação simultânea de lastro dos silicatos e outros minerais de ganga, usa adição química para condicionar os rejeitos da etapa 2 juntamente com polímeros e magnetita como lastro para promover a floculação de minerais de ganga com lastro.

10: PROCESSO PARA A EXTRAÇÃO DE MINERAIS E DESIDRATAÇÃO SIMULTÂNEA DE FRAÇÕES MINERADAS INFERIORES A 50 MÍCRONS USANDO A FLOCULAÇÃO LASTREADA, de acordo com a reivindicação 1, caracterizado pela etapa 3, os rejeitos, polímeros e lastro de magnetite são misturados através de um misturador de tubo modificado (como Veolia TurboMix) e equipado com uma bobina magnética, isso permite que os componentes sejam misturados dentro de um campo magnético para aumentar a atração e a formação rápida de flocos.

11: PROCESSO PARA A EXTRAÇÃO DE MINERAIS E DESIDRATAÇÃO SIMULTÂNEA DE FRAÇÕES MINERADAS INFERIORES A 50 MÍCRONS USANDO A FLOCULAÇÃO LASTREADA, de acordo com a reivindicação 1, caracterizado pela etapa 3, utiliza-se um separador de lamelas modificado equipado com uma série de sondas de densidade espaçadas na secção vertical do vaso; essas sondas de densidade são conectadas por meio de um PLC a uma válvula de descarga na parte inferior do separador; isso possibilita manter uma pressão constante e controlada no vaso pelo aumentando ou diminuindo o volume de extração dos minerais de ganga floculados

12: PROCESSO PARA A EXTRAÇÃO DE MINERAIS E DESIDRATAÇÃO SIMULTÂNEA DE FRAÇÕES MINERADAS INFERIORES A 50 MÍCRONS USANDO A FLOCULAÇÃO LASTREADA, de acordo com a reivindicação 1, caracterizado pelo passo 3.1, os flocos minerais de ganga com lastro são dirigidos para uma série de separadores magnéticos húmidos para a separação líquida/sólida do estágio secundário.

13: PROCESSO PARA A EXTRAÇÃO DE MINERAIS E DESIDRATAÇÃO SIMULTÂNEA DE FRAÇÕES MINERADAS INFERIORES A 50 MÍCRONS USANDO A FLOCULAÇÃO LASTREADA, de acordo com a reivindicação 1, caracterizado pela etapa 2.1, os sólidos de ganga resultantes são então dirigidos para peneiras de movimento linear alta aceleração, as referidas peneiras sendo equipadas com painéis de tela que tem uma abertura para separar a magnetita do mineral; pequenos volumes de água sob alta pressão são necessário para fornecer uma separação limpa; a magnetita é devolvida ao processo e os minerais recuperados podem ser misturados diretamente com o concentrado + 50pm ou secos separadamente.

14: PROCESSO PARA A EXTRAÇÃO DE MINERAIS E DESIDRATAÇÃO SIMULTÂNEA DE FRAÇÕES MINERADAS INFERIORES A 50 MÍCRONS USANDO A FLOCULAÇÃO LASTREADA, de acordo com a reivindicação 1, caracterizado pelo passo 3.1, o transbordamento do processo de floculação dos minerais de ganga é uma água de processo de alta qualidade; isso é retornado continuamente para a frente do processo.

Description:
PROCESSO PARA A EXTRAÇÃO DE MINERAIS E DESIDRATAÇÃO SIMULTÂNEA DE FRAÇÕES MINERADAS INFERIORES A 50 MÍCRONS USANDO A FLOCULAÇÃO LASTREADA Área técnica

[001] Run of Mine (ROM), fluxos existentes, rejeitos, incluindo barragens e estoques. A invenção é especificamente focada nas frações inferiores de 50 mícrons. É aplicável a pelo menos 30 minerais economicamente importantes que são extraídos e processados globalmente.

Resumo da Divulgação

[002] O rompimento da barragem de Samarco em 05 de novembro de 2015 teve um profundo efeito sobre a indústria mineira brasileira, em especial sobre as minas de minério de ferro em Minas Gerais. Tal ocorrência também repercutiu ao redor do mundo.

[003] O resultado disso é o fortalecimento das leis ambientais que regulam particularmente a construção e operação de barragens.

[004] Atualmente, buscam-se soluções urgentes para oferecer alternativas económicas às barragens.

[005] Além disso, um grande problema económico é experimentado com a perda de partículas minerais ultra finas que atualmente não são recuperáveis ou apenas parcialmente recuperadas por tecnologias existentes, tais como Flotação, Separação Magnética e Concentração de Gravidade. Essas partículas caem na faixa de tamanho de sub 50 mícrons. A invenção descreve uma maneira de aumentar a recuperação dessas partículas minerais ultra finas, a fim de criar um fluxo de receita adicional.

Resumo da invenção

Problemas técnicos

[006] A desidratação dos rejeitos de minas para fornecer um rejeito sólido possível de empilhamento e transporte tem grandes implicações económicas exacerbadas por;

• Grandes volumes

• Conteúdo de lama

• Conteúdo de argila

[007] O método de escolha atual é tratar o fluxo total de rejeitos através de um Filtro de Prensas ou Filtro de Discos. Os Filtros de Prensas operam em um processo descontínuo (por bateladas ou lotes) e têm um alto consumo de energia para aplicar a força hidráulica necessária para a formação da torta.

[008] Esses processos atuais exigem muitos produtos químicos e sua eficiência diminui exponencialmente na medida em que aumentam os teores de lama e argila.

[009] Em alguns casos, a presença de grandes volumes de lama e minerais argilosos aumenta a complexidade do planejamento da mina no sentido de incorporar um ' blending ' (uma mistura) de diferentes tipos de minério, aumentando os custos e diminuindo o volume total de minério extraível.

[010] Os processos atuais são focados apenas na produção de um produto transportável e empilhável dos fluxos totais de rejeitos e nenhum deles tem um processo simultâneo e interligado para recuperar os minerais valiosos residuais.

Solução para os problemas

[011] A solução para o problema é dividida em três (3) partes distintas e simultâneas da seguinte maneira:

[012] Passo 1. Separar e tratar a fração de lama inferior a 50 mícrons separadamente. Isso pode ser feito simplesmente através do uso de ciclones, peneiramento fino ou uma combinação de ambos. Em muitos casos, as minas usam ciclones de deslamagem antes da flotação como uma parte existente de seu processo. Esses fluxos são normalmente enviados para um espessador e descartados diretamente nos rejeitos. Esses fluxos podem ser enviados diretamente para o processo descrito no presente como eles são comumente -20 mícrons e podem conter altos teores de minerais valiosos.

[013] Em alguns casos, um dimensionamento extremamente preciso é necessário. Neste caso, um Classificador de Fluxo Ascendente, ou equipamento similar, que seja capaz de fornecer um fluxo de água a montante e contra corrente que pode ser usado para fornecer o dimensionamento necessário, de preferência dos ciclones. Este equipamento também pode ser equipado com Lamelas. Este método de dimensionamento ou classificação é considerado uma parte importante e integral do processo.

[014] Passo 2. Recuperação de minerais usando floculação seletiva, magnetita como lastro e polímeros misturados dentro de um campo magnético para formar grandes flocos estáveis do mineral alvo. As partículas de magnetita são tipicamente 100 mícrons, mas dimensionadas especificamente para cada aplicação.

[015] A separação primária destes flocos da ganga associada se dá através de um Classificador de lamelas modificado e equipado com um sistema de bicos para fornecer um fluxo de água a montante e contra corrente. Os flocos minerais de maior tamanho e mais alta densidade superam o fluxo de água a montante e afundam para o fundo do separador, sendo que ao longo do processo há a formação de uma zona de meio denso. Os minerais de ganga de menor tamanho, não-floculados e de menor densidade são assim separados dos minerais floculados e fluem para o segundo estágio.

[016] O classificador de lamelas está equipado com uma série de sondas de densidade ligadas a uma válvula de descarga na parte inferior do separador e controladas através de um PLC. Uma pressão constante é mantida no vaso, aumentando ou diminuindo o volume de extração do minério floculado.

[017] Passo 2.1 Tratamento de Flocos Minerais. O fluxo de flocos minerais é direcionado para uma série de separadores magnéticos úmidos de tambor, como são comumente usados para recuperar minerais magnéticos ou Ferro Silício, no caso de Plantas de meio denso (DMS).

[018] Isso fornece a segunda grande redução de volume e a água de processo resultante é retornada diretamente para a planta.

[019] Os flocos concentrados são passados sobre uma peneira de movimento linear de alta aceleração equipada com painéis de tela com uma abertura para separar o lastro de magnetita dos minerais de ganga. Em alguns casos, um pequeno volume de água de pulverizações de alta pressão pode ser necessário para proporcionar uma separação limpa dos dois componentes.

[020] A magnetita é devolvida ao processo.

[021] O lodo mineral de alto valor pode ser seco ou misturado diretamente no concentrado de + 50 mícrons para venda.

[022] O fluxo de água de processo é retornado diretamente para a frente da planta.

[023] Etapa 3. A floculação simultânea dos silicatos e outros minerais de ganga lastreado com magnetita. Os silicatos e outros minerais de ganga que transbordam o primeiro estágio do processo entram em um segundo Separator das Lamellas e são submetidos a condicionamento com polímeros e adição de lastro de magnetita misturados em um campo magnético. O objetivo é formar flocos grandes e competentes de alta gravidade dos minerais de ganga com a ajuda do lastro de magnetita, normalmente 100 mícrons, mas dimensionados especificamente para cada aplicação.

[024] Estes flocos lastreados são coletados em um separador de lamelas especificamente adaptado para tratar rejeitos de mineração. O separador de lamelas é equipado com uma série de sondas de densidade ligadas a uma válvula de descarga na parte inferior do separador e controladas através de um PLC. Uma pressão constante é mantida no vaso aumentando ou diminuindo o volume de extração dos minerais de ganga floculados.

[025] Passo 3.1 Tratamento dos flocos minerais de ganga. Os minerais de ganga floculados retirados do separador de lamelas são direcionados a uma série de separadores magnéticos úmidos de tambor, que são comumente usados para recuperar minerais magnéticos ou Ferro Silício, no caso de plantas de meio denso (DMS) para fornecer uma separação secundária líquida/sólida e redução de volume.

[026] Isso proporciona uma grande redução de volume e a água resultante do processo é retornada diretamente para a planta.

[027] Os flocos minerais de lastro concentrados são passados sobre uma peneira de movimento linear de alta aceleração equipada com painéis de tela com uma abertura para separar o lastro de magnetita dos minerais de ganga. Em alguns casos, um pequeno volume de água de pulverizações de alta pressão pode ser necessário para proporcionar uma separação limpa dos dois componentes.

[028] A magnetita é retornada ao processo.

[029] Dependendo do teor de umidade e do destino final, os flocos de ganga separados podem ser misturados diretamente com os rejeitos +50 mícrons ou pode-se permitir que os mesmos desagúem naturalmente antes de serem empilhados.

[030] O processo dual cria um fluxo de receita adicional se for aplicado a correntes existentes, reprocessando rejeitos de barragens ou pilhas.

[031] O processo dual é focado exclusivamente nas frações inferiores a 50 mícrons.

[032] A magnetita possui um peso específico de 5,17, isso juntamente com o tamanho grande, tipicamente 100 mícrons, permite a formação de grandes flocos de alta densidade com consequentes altas taxas de sedimentação. O efeito direto é uma área bastante reduzida para a planta de tratamento.

Vantagens da invenção

[033] É um processo contínuo totalmente controlado por SCADA.

[034] Adições químicas totais mais baixas e água de processo de melhor qualidade são aspectos ambientais positivos.

[035] O tratamento das frações de +50 mícrons é bastante simplificado, assim como o desempenho do equipamento utilizado, especialmente os espessadores e plantas de filtro.

[036] O processo complementa os processos de concentração metalúrgica existentes de Flotação, Separação Magnética e Concentração de Gravidade.

[037] O tratamento focalizado das frações de - 50 mícrons tem a possibilidade de simplificar o planejamento da mineração e permitir melhor gerenciamento de recursos.

[038] Teores gerais mais baixos de rejeitos proporcionarão maiores retornos económicos.

[039] O processo ajudará com os objetivos de fornecer rejeitos transportáveis, empilháveis e de menor custo, além de reduzir as necessidades de água. Assim, poderia dar um passo positivo com a nova tendência mundial na produção de rejeitos de minas secas.

[040] A separação das frações de - 50 mícrons permitirá a engenharia e construção de pilhas mais porosas. Isso reduzirá bastante o risco de novos desastres ambientais.

Descrição das formas de realização

[041] É um processo dual e simultâneo, focado exclusiva mente nas fracções inferiores a 50 mícrons, ROM, fluxos existentes ou tratamento de rejeitos.

[042] Na etapa 2 do processo, a concentração e a recuperação dos minerais residuais via floculação seletiva e magnetita como um lastro são empregados para produzir um floco de alta densidade.

[043] Na etapa 2 do processo (concentração e recuperação dos minerais), a alimentação, misturada com os polímeros designados e agentes químicos adicionais, juntamente com o reator magnetita é misturada dentro de um campo magnético e então alimentada em um Separador das Lamelas modificado uma série de bicos na parte inferior. Os bicos fornecem uma corrente de água constante e pré-determinada e a montante. O volume e assim a velocidade desta corrente a montante é ajustada para separar os flocos minerais de lastro dos minerais de gangue não floculados, menores e menos densos. Isso garante uma separação limpa entre os dois componentes.

[044] Em ambas as etapas 2 e 3 do processo, os separadores das lamelas modificados são equipados com uma série de sondas de densidade em espaçamento predeterminado na seção vertical do vaso. Estas sondas de densidade estão ligadas a um PLC e à válvula de descarga no fundo do vaso. Estas sondas de densidade permitem que uma pressão constante e pré-determinada seja mantida no vaso pela retirada controlada das partículas floculadas. Assim, variações nos componentes de fluxo e sólidos podem ser gerenciadas e processadas continuamente.

[045] Em ambas as etapas 2 e 3 do processo, o uso de tambor ou outros separadores magnéticos, incluindo WHIMS, pode ser empregado na concentração dos flocos ou na produção de um produto final.

[046] Inicialmente, o processo é focado no tratamento das frações de rejeito de menos de - 50 mícrons. No entanto, prevê-se que, uma vez aceito o processo na indústria de mineração, ele será aplicado à alimentação de plantas de ROM e se tornará um processo complementar aceito para os processos de recuperação existentes, como flotação, concentração magnética e de gravidade.

[047] O que é descrito aqui é um processo duplo INDUSTRIAL e não laboratorial. Nenhuma reivindicação é feita para qualquer equipamento específico. Pelo contrário, o processo descrito significa a combinação de equipamentos existentes de uma maneira inovadora, a fim de atingir os objetivos prescritos.

Exemplos

[048] Não se conhecem processos duplos e simultâneos similares para tratar frações de -50 mícrons usando floculação seletiva e magnetita como lastro e a desidratação e recuperação de água dos rejeitos. No entanto, existem muitos exemplos de processos similares utilizados no tratamento da água.

[049] O processo descrito é específico para as frações de - 50 mícrons provenientes do tratamento de material lavrado e não tem nada a ver com o tratamento de água per se.

Aplicabilidade da indústria

[050] O processo descrito é específico para o setor de mineração. O foco é especificamente o tratamento das frações de - 50 mícrons.

Circunstâncias especiais

[051] É claro que, em algumas aplicações, somente a recuperação mineral será de interesse e em outros apenas o aspecto de desidratação e recuperação de água. Nestes casos, a SMP e os seus parceiros reservam-se o direito de oferecer a solução aplicável.

[052] Em circuitos de recuperação de concentrado onde as peneiras de desaguamento são usadas para a recuperação final, o processo acima pode ser implementado para recuperar as partículas ultrafinas minerais reportando ao ciclone O/F e retornar a água ao circuito da planta.

Produção bruta de minério (ROM)

[053] O foco inicial é tratar os resíduos provenientes de processos de recuperação metalúrgica existentes, como Espirais, Flotação e Separação Magnética bem como barragens de rejeitos e pilhas.

[054] Todos esses processos, sem exceção, são melhorados por deslamagem bem definida.

[055] Assim, prevê-se que, à medida que o processo se tornar bem conhecido e aceito, ele será aplicado diretamente ao minério ROM de - 50 mícrons da planta.

[056] Assim, duas correntes de alimentação paralelas são criadas, + 50 mícrons processadas pela infraestrutura existente e - 50 mícrons no processo duplo descrito aqui.

[057] O processo é focado especificamente nas frações sub 50 mícrons e, portanto, todas as frações + 50 mícrons estão fora do processo, assim como todas e quaisquer das reivindicações contidas neste documento.

Literatura de patentes

[058] Na pesquisa realizada, nenhum processo com o mesmo propósito foi encontrado usando a combinação de tecnologias descritas na presente patente.

Literatura não patenteada

[059] "THE DISPERSION AND SELECTIVE FLOCCULATION OF H EMATITE ORE" - Howard James Haselhuhn III - Michigan Technological University;

[060] "FLOCULAÇÃO SELETIVA: PRI NCÍPIOS BÁSICOS" - Elcio M. Coelho - Artigos ENTMME - Encontro nacional de Tratamento de Minérios e Metalurgia Extrativa;

[061] "PRINCIPLES OF FLOCCULATION, DISPERSION, AND SELECTIVE FLOCCULATION" - Henry Krumb School of Mines - Columbia University