Login| Sign Up| Help| Contact|

Patent Searching and Data


Title:
SUSPENDED DEVICE FOR DISPLAYING AND STORING FOOD PRODUCTS
Document Type and Number:
WIPO Patent Application WO/2017/210765
Kind Code:
A1
Abstract:
The present utility model relates to a suspended device for displaying and storing food products, comprising a telescopic supporting rod (2) affixed to an upper structure, and which comprises a fixed external portion (201) and a movable internal portion (202), wherein the movable internal portion (202) can move upwards and downwards; a compartment (1) that comprises a base (4) supported by the movable internal portion (202) via a supporting rod (203), a transparent casing (5), and a climate-control system for the stored products; wherein the compartment (1) opens via the downward movement of the base (4) in combination with an auxiliary opening system and closes via the upward movement of the base (4) in combination with an auxiliary opening system; wherein the base (4) of each of the at least two compartments (1) comprises, on the lower surface (403) thereof, at least one external illumination device (8). Furthermore, the device also comprises at least one additional compartment (1), the climate-control systems for each of the at least two compartments (1) operating independently of one another.

Inventors:
NABUCO DE ALMEIDA BRAGA, Sylvia (Estrada da Gávea, nº 712/ 508 São Conrado, -000 Rio de Janeiro - RJ, 22610-000, BR)
Application Number:
BR2017/050148
Publication Date:
December 14, 2017
Filing Date:
June 09, 2017
Export Citation:
Click for automatic bibliography generation   Help
Assignee:
NABUCO DE ALMEIDA BRAGA, Sylvia (Estrada da Gávea, nº 712/ 508 São Conrado, -000 Rio de Janeiro - RJ, 22610-000, BR)
International Classes:
A47G23/04; A47F3/00; B65D85/60
Foreign References:
US4079241A1978-03-14
US20080053113A12008-03-06
US3382819A1968-05-14
US1952466A1934-03-27
Attorney, Agent or Firm:
DANNEMANN, SIEMSEN, BIGLER & IPANEMA MOREIRA (Rua Marquês de Olinda 70, -040 Rio de Janeiro - RJ, 22251-040, BR)
Download PDF:
Claims:
I REIVINDICAÇÕES

1 . Dispositivo suspenso para exposição e armazenamento de produtos alimentícios caracterizado pelo fato de que compreende:

uma haste telescópica de suporte (2) fixada a uma estrutura su- perior, e que compreende uma porção externa fixa (201 ) e uma porção interna móvel (202), em que a porção interna móvel (202) possui movimento descendente e movimento ascendente;

um compartimento (1 ) que compreende uma base (4) sustentada pela porção interna móvel (202) através de uma haste de suporte (203), um envoltório transparente (5), e um sistema de climatização para os produtos armazenados;

em que o compartimento (1 ) abre através do movimento descendente da base (4) combinado a um mecanismo auxiliar de abertura, e fecha através do movimento ascendente da base (4) combinado ao meca- nismo auxiliar de abertura; e

em que a base (4) do dito compartimento (1 ) compreende, em sua superfície inferior (403), pelo menos um dispositivo de iluminação externa (8);

compreendendo ainda:

pelo menos um compartimento (1 ) adicional; e

em que os sistemas de climatização de cada compartimento (1 ) operam de modo independente um do outro.

2. Dispositivo, de acordo com a reivindicação 1 , caracterizado pelo fato de que a estrutura superior à qual a haste telescópica de suporte (2) é fixada no teto (10).

3. Dispositivo suspenso, de acordo com a reivindicação 1 , caracterizado pelo fato de que o movimento descendente e o movimento ascendente da porção interna móvel (202) ocorre em um dentre sentido vertical e sentido diagonal.

4. Dispositivo suspenso, de acordo com a reivindicação 1 , caracterizado pelo fato de que o mecanismo auxiliar de abertura de cada um dos compartimentos (1 ) consiste em um dentre uma haste externa fixa (15), um sistema de suspensão (12) e pelo menos uma pega (3).

5. Dispositivo suspenso, de acordo com a reivindicação 4, caracterizado pelo fato de que a haste externa fixa (15) se acopla à parede lateral do envoltório transparente (5), proporcionando a fixação do mesmo à porção externa fixa (201 ) da haste telescópica de suporte (2); em que a abertura dos ditos compartimentos (1 ) é dada no movimento descendente da base (4).

6. Dispositivo suspenso, de acordo com a reivindicação 4, ca- racterizado pelo fato de que o sistema de suspensão (12) de cada um dos ditos compartimentos (1 ) compreende um meio de fixação (121 ), pelo menos uma polia (122) e um meio de ligação (123); em que a abertura dos ditos compartimentos (1 ) é dada no movimento descendente da base (4).

7. Dispositivo suspenso, de acordo com a reivindicação 6, ca- racterizado pelo fato de que o meio de fixação (121 ) é fixado em um dentre o próprio dispositivo suspenso, preferencialmente na porção externa fixa (201 ) da haste telescópica de suporte (2), e em estruturas externas ao dispositivo suspenso, preferencialmente em um teto (10).

8. Dispositivo suspenso, de acordo com a reivindicação 6, ca- racterizado pelo fato de que uma primeira extremidade do meio de ligação

(123) é acoplada ao meio de fixação (121 ) e uma segunda extremidade do meio de ligação (123) é acoplada ao envoltório transparente (5), preferencialmente em sua superfície superior; em que o meio de ligação (123) é guiado através da pelo menos uma polia (122).

9. Dispositivo suspenso, de acordo com a reivindicação 4, caracterizado pelo fato de que a pelo menos uma pega (3) é disposta no envoltório transparente (5); e em que a abertura de cada um dos ditos compartimentos (1 ) é dada pela elevação, realizada por um usuário, do respectivo envoltório transparente (5), por meio da pelo menos uma pega (3).

10. Dispositivo suspenso, de acordo com a reivindicação 1 , caracterizado pelo fato de que cada um dos ditos compartimentos (1 ) compreende pelo menos um dispositivo de iluminação interna (51 ).

1 . Dispositivo suspenso, de acordo com a reivindicação 10, caracterizado pelo fato de que o pelo menos um dispositivo de iluminação interna (51 ) é disposto em um dentre internamente na parede lateral do envoltório transparente (5), e sob a superfície superior do envoltório transpa- rente (5).

12. Dispositivo suspenso, de acordo com a reivindicação 1 , caracterizado pelo fato de que a base (4) possui um dentre os seguintes formatos: de elipse, poligonal e circular.

13. Dispositivo suspenso, de acordo com a reivindicação 12, ca- racterizado pelo fato de que a porção inferior do envoltório transparente (5) acompanha o formato da base (4) do compartimento (1 ).

14. Dispositivo suspenso, de acordo com a reivindicação 1 , caracterizado pelo fato de que a base (4) compreende ainda, em sua superfície inferior (403), pelo menos um ventilador (1 1 ).

15. Dispositivo suspenso, de acordo com a reivindicação 1 , caracterizado pelo fato de que o sistema de climatização é pelo menos um dentre um sistema de resfriamento e um sistema de aquecimento.

16. Dispositivo suspenso, de acordo com a reivindicação 1 , caracterizado pelo fato de que compreende ainda um dispositivo elevatório, preferencialmente um motor, que proporciona movimento ascendente e movimento descendente à porção interna móvel (202) e á base (4).

17. Dispositivo suspenso, de acordo com a reivindicação 1 , caracterizado pelo fato de que o sistema de climatização é pelo menos um dentre um sistema de resfriamento e um sistema de aquecimento.

18. Dispositivo suspenso, de acordo com a reivindicação 1 ou

17, caracterizado pelo fato de que compreende ainda pelo menos um controlador que inclui pelo menos um dentre os seguintes comandos:

ligar/desligar o pelo menos um dispositivo de iluminação interna (51 ) de cada um dos pelo menos dois compartimentos (1 );

ligar/desligar o pelo menos um dispositivo de iluminação externa

(8) de cada um dos pelo menos dois compartimentos (1 ); elevar/abaixar a base (4) de cada um dos pelo menos dois compartimentos (1 ); e

escolher se o sistema de climatização de cada um dos pelo menos dois compartimentos (1 ) deve operar como um dentre um sistema de resfriamento e um sistema de aquecimento.

19. Dispositivo suspenso, de acordo com a reivindicação 18, caracterizado pelo fato de que o pelo menos um controlador é um controle remoto.

20. Dispositivo suspenso, de acordo com a reivindicação 18, ca- racterizado pelo fato de que o pelo menos um controlador é disposto em pelo menos um dentre: no próprio dispositivo suspenso, e em uma estrutura externa ao dispositivo, preferencialmente em um dentre uma parede e uma mesa (7).

21 . Dispositivo suspenso, de acordo com a reivindicação 1 , ca- racterizado pelo fato de que a base (4) compreende uma superfície superior (401 ), uma parede (402) que circunda a base (4), e uma superfície inferior (403).

22. Dispositivo suspenso, de acordo com a reivindicação 21 , caracterizado pelo fato de que pelo menos uma dentre a parede (402) e a superfície inferior (403) da base (4) é formada por um material isolante térmico.

23. Dispositivo suspenso, de acordo com a reivindicação 21 , caracterizado pelo fato de que a superfície superior (401 ) da base (4) é formada por um material condutor térmico.

24. Dispositivo suspenso, de acordo com a reivindicação 1 ou

17, caracterizado pelo fato de que o sistema de climatização compreende pelo menos um trocador de calor (6).

25. Dispositivo suspenso, de acordo com a reivindicação 24, caracterizado pelo fato de que o pelo menos um trocador de calor (6) é uma pastilha de Peltier.

Description:
Relatório Descritivo da Patente de Modelo de Utilidade para "DISPOSITIVO SUSPENSO PARA EXPOSIÇÃO E ARMAZENAMENTO DE PRODUTOS ALIMENTÍCIOS".

CAMPO DO MODELO DE UTILIDADE

[001 ] O presente modelo de utilidade refere-se a um dispositivo para exposição e armazenamento térmico de produtos alimentícios que é suspenso e possui pelo menos dois compartimentos independentes para expor e armazenar termicamente os referidos produtos. Dispositivos expositores e/ou conservadores de alimentos são amplamente encontrados em qualquer estabelecimento que venda qualquer tipo de produtos alimentícios e em moradias.

[002] O referido dispositivo para exposição e armazenamento térmico de produtos alimentícios atua, ainda, como uma luminária para a iluminação de mesas utilizadas para refeições, localizadas abaixo do dispositivo, em moradias ou estabelecimentos comerciais. Deste modo, junta duas funções básicas necessárias nesses ambientes e otimiza a utilização desses espaços.

DESCRIÇÃO DO ESTADO DA TÉCNICA

[003] Há, no estado da técnica, diversos tipos de dispositivos para ex- posição e armazenamento de produtos alimentícios. Alguns destes compreendem balcões expositores que possuem uma estufa para esquentar os alimentos, por exemplo, salgados, ou um sistema de refrigeração para resfriar os alimentos como, por exemplo, doces e tortas. Há, também, alguns expositores rotativos, normalmente cilíndricos e refrigerados, apoiados no chão ou no balcão, para expor e/ou armazenar os produtos alimentícios. Existem ainda alguns expositores menores, comumente dispostos em cima de balcões visando expor e/ou armazenar alimentos como sobremesas ou salgados.

[004] São características comuns à maioria dos tipos de dispositivos para exposição e armazenamento encontrados no estado da técnica, ocuparem muito espaço e estarem sempre apoiados a alguma superfície. [005] Alguns expositores podem ser presos ao teto, porém há uma dificuldade para manter um ambiente devidamente climatizado para o armazenamento do produto alimentício exposto. Ademais, a altura na qual devem ser suspensos é uma preocupação, uma vez que deve ser garantido que o consumidor possa ver e escolher os produtos.

[006] Atualmente, as residências e estabelecimentos comerciais - bares e restaurantes - apresentam um problema muito recorrente, que é a escassez de espaço. Um dispositivo expositor do tipo balcão, por exemplo, requer muito espaço para sua utilização. Adicionalmente, para um consumi- dor residencial buscar um alimento exposto em um dispositivo de exposição, normalmente tem que se levantar e ir até o expositor para, então, escolher o produto desejado. O mesmo acontece em restaurantes e estabelecimentos em que, caso o consumidor queira olhar os produtos alimentícios, o mesmo deve se levantar e se dirigir até o expositor.

[007] Uma solução para este problema em residências é proposta através do produto "Electrolux Health Station", que utiliza o teto da residência como um local para armazenar os alimentos. O projeto consiste em três partes: uma área de pré-armazenamento, uma área principal de armazenamento e uma área mais interna ou um kit. O kit é colocado no centro, e é usado para armazenar comida rápida ou material que simplesmente precisa de um preaquecimento antes do seu consumo. O recipiente presente neste kit pode ser encaixado à parte para transporte. O recipiente principal, redondo, é controlado com a ajuda de um controlador chamado de espelho, o qual é instalado na parede e é sensível ao toque. As funções básicas de uma ge- ladeira são controladas pelo controlador. No controlador, o usuário pode reordenar a comida sem ter de abrir o recipiente redondo, por exemplo, trocar um alimento de uma área menos fria para uma área mais fria. O usuário pode também, através do painel controlador, descer uma parte do recipiente armazenado e depois subi-lo novamente para retirar ou armazenar algum alimento. Entretanto, este produto não viabiliza a visualização dos alimentos, sendo necessário acioná-lo para tal visualização. Além disso, ele não funciona concomitantemente como luminária, o que, em ambientes residenciais e restaurantes, gera dificuldade de sua colocação sobre as mesas, nas quais os alimentos expostos poderiam ser consumidos. Deste modo, cria-se uma necessidade de ir e vir.

[008] O projeto do "Electrolux Health Station" pode ser encontrado em http://www.coroflot.com/jacquou/health-station, acessado em junho de 2016.

[009] Além disso, uma preocupação recorrente em relação aos expositores é quanto ao seu design. A loja "Pâtisserie des Rêves" (http://www.lapatisseriedesreves.com), por exemplo, possui um dispositivo expositor de produtos alimentícios unitário, em que compreende um sistema expositor de vidro, suspenso, possuindo luzes para iluminar o alimento e um mecanismo que permite o deslocamento vertical do expositor de vidro. A base do expositor é fixa em uma mesa. Esta base é a responsável pela climatização dos alimentos, impossibilitando sua utilização como mesa de refeição.

[0010] Luminárias suspensas para a iluminação de mesas são amplamente encontradas no estado da técnica e possuem, em muitos casos, uma configuração diferente e inovadora. É de extrema importância ter uma boa iluminação na hora das refeições, seja em casa, para poder observar melhor a comida, seja em um restaurante, para criar um ambiente confortável, sem- pre cuidando para que a luz da luminária não encandeie quem está sentado a mesa. A iluminação da mesa de refeição deve ser amena e reproduzir as cores dos alimentos e bebidas com total fidelidade, harmonizando-se com a decoração e proporcionando o máximo de bem-estar às pessoas. Nessas áreas de refeições, são indicadas luminárias suspensas, que proporcionam um ambiente agradável e acolhedor, evitam reflexos e equalizam a boa difusão da luz, dando mais sofisticação e destaque à mesa de refeição.

[001 1 ] O documento BR202014028067-2 resolve os problemas previamente apontados, uma vez que proporciona um dispositivo suspenso no teto para exposição e armazenamento térmico de produtos alimentícios que ocu- pa pouco espaço e é prático. Adicionalmente, proporciona uma luminária suspensa para mesas de refeição residenciais e/ou de estabelecimentos como bares e restaurantes. [0012] A combinação destas características gera um produto de dupla função e otimizador de espaços, muito necessário em moradias e estabelecimentos comerciais que, cada vez mais, tendem a ser menores.

[0013] No entanto, quando o objetivo é ter mais de um mostruário para que um usuário possa escolher os produtos ou, ainda, proporcionar ao mesmo tempo produtos quentes e produtos frios em um mesmo dispositivo, a solução proposta no documento BR202014028067-2 se torna ineficiente, uma vez que o dispositivo proposto neste documento possui somente um mostruário ou compartimento que circunda sua haste de apoio.

OBJETIVOS DO MODELO DE UTILIDADE

[0014] O objetivo do presente modelo de utilidade é proporcionar um dispositivo para exposição e armazenamento térmico de alimentos com pelo menos dois compartimentos que ocupe pouco espaço, seja prático e possa ser fixado a uma estrutura externa superior como, por exemplo, o teto.

[0015] Outro objetivo do presente modelo de utilidade é proporcionar uma luminária para mesas de refeição, em residências e/ou de estabelecimentos como bares e restaurantes.

[0016] É ainda objetivo do presente modelo de utilidade a combinação de um dispositivo para exposição e armazenamento térmico de alimentos - possuindo pelo menos dois compartimentos térmicos independentes - com uma luminária para residências e/ou para estabelecimentos comerciais, gerando assim um produto de dupla função e otimizador de espaços.

SUMÁRIO DO MODELO DE UTILIDADE

[0017] Em uma modalidade principal do presente modelo de utilidade, um dispositivo para exposição e armazenamento térmico de produtos alimentícios compreende: uma haste telescópica de suporte fixada a uma estrutura superior, e que compreende uma porção externa fixa e uma porção interna móvel, em que a porção interna móvel possui movimento descendente e movimento ascendente; um compartimento que compreende uma base sustentada pela porção interna móvel através de uma haste de suporte, um envoltório transparente, e um sistema de climatização para os produtos armazenados; em que o compartimento abre através do movimento descen- dente da base combinado a um mecanismo auxiliar de abertura, e fecha através do movimento ascendente da base combinado ao mecanismo auxiliar de abertura; em que a base de cada um dos pelo menos dois compartimentos compreende, em sua superfície inferior, pelo menos um dispositivo de iluminação externa.

[0018] O dispositivo compreende ainda pelo menos um compartimento adicional, e os sistemas de climatização de cada um dos pelo menos dois compartimentos operam de modo independente uns dos outros.

BREVE DESCRIÇÃO DOS DESENHOS

[0019] O presente modelo é explicado mais detalhadamente a seguir, com base em um exemplo de execução representado nas seguintes figuras: Figura 1 - vista em perspectiva superior de um dispositivo suspenso para exposição e armazenamento de alimentos em uma modalidade preferida, em que apresenta três compartimentos e eles estão fechados;

Figura 2 - vista em perspectiva inferior de um dispositivo suspenso para exposição e armazenamento de alimentos em uma modalidade preferida, em que apresenta três compartimentos e eles estão fechados;

Figura 3 - vista lateral de um dispositivo suspenso para exposição e armazenamento de alimentos em uma modalidade preferida, em que apresenta dois compartimentos e eles estão fechados;

Figura 4 - vista lateral de um dispositivo suspenso para exposição e armazenamento de alimentos em uma modalidade preferida, em que apresenta dois compartimentos e eles estão abertos;

Figura 5 - vista lateral de um dispositivo suspenso para exposição e arma- zenamento de alimentos em uma modalidade preferida, em que apresenta dois compartimentos e eles estão abertos;

Figura 6 - vista lateral de um dispositivo suspenso para exposição e armazenamento de alimentos em uma modalidade preferida, em que apresenta três compartimentos e eles estão fechados;

Figura 7 - vista lateral de um dispositivo suspenso para exposição e armazenamento de alimentos em uma modalidade preferida, em que apresenta dois compartimentos e eles estão abertos; e Figura 8 - corte transversal de um dispositivo suspenso para exposição e armazenamento de alimentos em uma modalidade preferida, com destaque para o sistema de climatização.

DESCRIÇÃO DETALHADA DAS FIGURAS

[0020] A Figura 1 mostra uma vista em perspectiva do dispositivo suspenso para exposição e armazenamento de alimentos proposto. A estrutura e o funcionamento do dispositivo serão aqui descritos para facilitar a sua compreensão de acordo com o modelo.

[0021 ] Observa-se na figura 1 , em uma modalidade preferida, que o dispositivo suspenso compreende uma haste telescópica de suporte 2 e pelo menos dois compartimentos 1 . No exemplo mostrado na figura 1 , o dispositivo suspenso compreende três compartimentos 1 . A haste telescópica de suporte 2 é disposta preferencialmente de modo perpendicular a uma estrutura superior - por exemplo, um teto 10 - e compreende uma porção externa fixa 201 e uma porção interna móvel 202.

[0022] A porção interna móvel 202, quando acionada por um dispositivo de elevação - por exemplo, um motor (não mostrado), - se move de modo descendente e ascendente no interior da porção externa fixa 201 da haste telescópica de suporte 2, até atingir a posição desejada. O movimento des- cendente e ascendente da porção interna móvel 202 é, preferencialmente, em sentido vertical, podendo ser, alternativamente, em diagonal (caso a haste telescópica de suporte 2 seja disposta diagonalmente ao teto 10).

[0023] Cada um dos pelo menos dois compartimentos 1 compreende uma base 4 que é fixada à porção interna móvel 202 através de uma haste de suporte 203. Adicionalmente, cada um dos pelo menos dois compartimentos 1 compreende um envoltório transparente 5 e um sistema de climatização (não mostrado) para os produtos armazenados. Preferencialmente, o sistema de climatização, que será descrito em detalhes a seguir, é localizado na base 4. Ademais, ressalta-se que cada sistema de climatização de cada um dos compartimentos 1 opera de modo independente dos demais. Assim, é possível, por exemplo, esquentar um primeiro compartimento 1 e, ao mesmo tempo, resfriar um segundo compartimento 1 . [0024] A base 4 é preferencialmente plana e paralela ao solo, podendo apresentar qualquer formato, como circular, elíptico, poligonal, dentre outros. O envoltório 5 acompanha o formato da base 4 em sua porção inferior, es- tendendo-se para cima de modo a formar os pelo menos dois compartimen- tos 1 . Os pelo menos dois compartimentos 1 que formam o dispositivo suspenso proposto podem tanto apresentar um mesmo formato, quanto apresentar diferentes formatos entre si, variando, neste caso, suas respectivas alturas, áreas da base 4 e/ou volumes.

[0025] O dispositivo suspenso pode ser fixado em qualquer estrutura, sendo preferencialmente fixado de modo perpendicular no teto 10 de um ambiente através de um meio de fixação como, por exemplo, conjunto de buchas e parafusos, chumbamento, dentre outros.

[0026] Na figura 2, observa-se uma vista em perspectiva inferior do dispositivo suspenso com três compartimentos 1 , mostrado na figura 1 . Cada base 4 compreende, em sua superfície inferior 403, pelo menos um dispositivo de iluminação externa 8, para iluminar um objeto localizado abaixo do dispositivo suspenso como, por exemplo, uma mesa, e pelo menos um ventilador ou ventoinha 1 1 , que faz parte de um sistema de climatização incluído no dispositivo suspenso.

[0027] Os dispositivos de iluminação externa 8 consistem, preferencialmente, em pelo menos um dentre: um diodo emissor de luz (LED), uma lâmpada incandescente, uma lâmpada halógena, uma lâmpada fluorescente, uma lâmpada de descarga, fibras óticas e uma lâmpada de neon. Ademais, os dispositivos de iluminação externa 8 podem ser dispostos externamente sob a superfície inferior 403 da base 4, ou embutidos na base 4, em que a superfície inferior 403 possui pelo menos um orifício para a saída da luz produzida pelo dispositivo de iluminação externa 8.

[0028] A figura 3 mostra uma vista lateral do dispositivo suspenso proposto, em que o dispositivo possui dois compartimentos 1 .

[0029] O dispositivo possui um mecanismo auxiliar de abertura que, combinado ao movimento de sobe e desce da base 4, proporciona a ação de abrir e fechar dos pelo menos dois compartimentos 1 . Na modalidade repre- sentada na figura 3, o referido mecanismo auxiliar de abertura consiste em uma haste externa fixa 15, que fixa o envoltório transparente 5 à porção externa fixa 201 da haste telescópica de suporte 2. Uma primeira extremidade da haste externa fixa 15 é acoplada a qualquer parte externa do envoltório transparente 5, preferencialmente na parede lateral do envoltório transparente 5. Uma segunda extremidade da haste externa fixa 15 é acoplada à porção externa fixa 201 da haste telescópica de suporte 2. Assim, quando a porção interna móvel 202 da haste telescópica de suporte 2 realiza um movimento descendente, abaixando as bases 4 dos pelo menos dois comparti- mentos 1 , os envoltórios transparentes 5 permanecem fixos no mesmo lugar abrindo, desta forma, os respectivos compartimentos 1 .

[0030] Da figura 3 observa-se ainda que cada um dos pelo menos dois compartimentos 1 compreende ainda pelo menos um dispositivo de iluminação interna 51 para iluminar os produtos alimentícios armazenados nos compartimentos 1 . Em uma modalidade preferida, o pelo menos um dispositivo de iluminação interna 51 é disposto do lado interno do envoltório transparente 5 e consiste em pelo menos um dentre: um díodo emissor de luz (LED), uma lâmpada incandescente, uma lâmpada halógena, uma lâmpada fluorescente, uma lâmpada de descarga, fibras óticas e uma lâmpada de neon. Ressalta-se que, na modalidade mostrada na figura 3, os condutores de energia que alimentam o dispositivo de iluminação interna 51 são proporcionados, preferencialmente, através da haste externa fixa 15.

[0031 ] Alternativamente, o dispositivo suspenso pode estar disposto acima de uma mesa ou de uma bancada (7).

[0032] A figura 4 mostra uma vista lateral do dispositivo suspenso da figura 3, em que a porção interna móvel 202 da haste telescópica de suporte 2 encontra-se abaixada. O movimento descendente e/ou ascendente da porção interna móvel 202 é proporcionado por um dispositivo elevatório (não mostrado), preferencialmente um motor, que a conduz até uma posição de- sejada.

[0033] Quando a porção interna móvel 202 se estende (em movimento descendente), as bases 4 são abaixadas, abrindo os compartimentos 1 do dispositivo. Deste modo, as bases 4 descem até uma altura conveniente a um usuário, proporcionando ao mesmo, ver e acessar o produto alimentício exposto/armazenado. Ademais, a distância mínima à qual as bases 4 ficam, quando abaixadas, de uma mesa 7 localizada embaixo do dispositivo, é sufi- ciente para que objetos de refeição como, por exemplo, panelas, copos, pratos, jarras, entre outros, não sofram qualquer dano acarretado pelas bases 4.

[0034] De modo contrário, quando a porção interna móvel 202 se retrai (em movimento ascendente), as bases 4 são levantadas e os compartimen- tos 1 do dispositivo são fechados.

[0035] O dispositivo elevatório, que realiza o movimento de abaixar e levantar a porção interna móvel 202, é acionado por pelo menos um controlador (não mostrado), que compreende comandos de controle para um usuário. O pelo menos um controlador pode ser disposto no próprio dispositivo suspenso, ou em estruturas externas ao dispositivo, preferencialmente uma parede ou uma mesa 7. O pelo menos um controlador pode ser ainda um controle remoto.

[0036] Os comandos de controle do pelo menos um controlador podem ser botões interruptores, telas sensíveis ao toque, dentre outros. O pelo me- nos um controlador possui, não limitadamente, pelo menos um dentre os seguintes comandos:

- ligar/desligar o pelo menos um dispositivo de iluminação interna 51 de cada um dos pelo menos dois compartimentos 1 ;

- ligar/desligar o pelo menos um dispositivo de iluminação externa 8 de cada um dos pelo menos dois compartimentos 1 ;

- elevar/abaixar a base 4 de cada um dos pelo menos dois compartimentos 1 ; e

- escolher se o sistema de climatização de cada um dos pelo menos dois compartimentos 1 deve operar como um sistema de resfriamento ou como um sistema de aquecimento, em que cada um dos sistemas de climatização opera de modo independente dos demais. [0037] Na figura 5, observa-se o dispositivo suspenso em outra modalidade da invenção. Nesta modalidade, o mecanismo auxiliar de abertura do dispositivo é um sistema de suspensão 12.

[0038] Para cada um dos pelo menos dois compartimentos 1 , o sistema de suspensão 12 compreende um meio de fixação 121 , pelo menos uma polia 122 e um meio de ligação 123.

[0039] O meio de fixação 121 pode ser fixado no próprio dispositivo suspenso, preferencialmente na porção externa fixa 201 da haste telescópica de suporte 2, ou ainda em estruturas externas ao dispositivo suspenso, preferencialmente em um teto 10.

[0040] Uma primeira extremidade do meio de ligação 123 é fixada no envoltório transparente 5, preferencialmente em sua superfície superior, e uma segunda extremidade do meio de ligação 123 é fixada no meio de fixação 121. Adicionalmente, o meio de ligação 123 de cada um dos comparti- mentos 1 do dispositivo suspenso é guiado através da pelo menos uma polia 122, que pode ser fixada a uma estrutura externa (um teto 10, por exemplo) ou ao próprio dispositivo.

[0041 ] Os meios de ligação 123 podem ser elementos maleáveis como uma corda de diferentes materiais, poliméricos, metais ou fibras orgânicas, ou ainda um elemento fixo como uma haste fixa, que pode ser de material polimérico ou constituída de ligas metálicas.

[0042] Na modalidade mostrada na figura 5, os compartimentos 1 do dispositivo são abertos quando a porção interna móvel 202 - e, consequentemente, as bases 4 - são abaixadas pelo dispositivo elevatório, enquanto os respectivos envoltórios transparentes 5 permanecem suspensos pelo sistema de suspensão 12, mais especificamente pelos meios de ligação 123.

[0043] Preferencialmente, para essa modalidade, o dispositivo de iluminação interna 51 é localizado sob a superfície superior do envoltório transparente 5. Os condutores de energia que alimentam o dispositivo de iluminação interna 51 são proporcionados, preferencialmente, através dos meios de ligação 123. [0044] De modo exemplificativo, a figura 6 mostra um dispositivo suspenso cujo mecanismo auxiliar de abertura é um sistema de suspensão 12, e que compreende um total de três compartimentos 1 .

[0045] A modalidade do dispositivo suspenso mostrada na figura 7 pos- sui pelo menos uma pega 3 como mecanismo auxiliar de abertura, para cada um dos compartimentos 1 . A pelo menos uma pega 3 é disposta em qualquer lugar do envoltório transparente 5, preferencialmente na superfície superior do envoltório transparente 5.

[0046] Nesta modalidade, cada um dos pelo menos dois compartimen- tos 1 permanece fechado, mesmo quando a porção interna móvel 202 en- contra-se estendida e, consequentemente, as bases 4 abaixadas. Para abrir um dos pelo menos dois compartimentos 1 , um usuário deve erguer o envoltório transparente 5 através da pelo menos uma pega 3. Assim, é possível abrir um compartimento 1 de cada vez, mantendo os demais compartimen- tos 1 fechados.

[0047] A figura 8 mostra um corte transversal de um dos pelo menos dois compartimentos 1 do dispositivo suspenso proposto, com destaque para o seu sistema de climatização, que opera de modo a resfriar ou esquentar os produtos alimentícios armazenados no referido compartimento 1 .

[0048] A base 4 compreende uma camada de material condutor térmico - por exemplo, uma chapa metálica - que forma a superfície superior 401 da base 4. Uma parede 402 circunda a base 4. A base 4 ainda compreende uma superfície inferior 403. Em uma modalidade preferida do modelo, a parede 402 e a superfície inferior 403 são constituídas de material isolante tér- mico. Além disso, a base 4 compreende pelo menos um dispositivo de iluminação externa 8 (não mostrado na figura 8) que pode ser fixado embaixo da superfície inferior 403 ou, alternativamente, no interior da base 4, entre as superfícies superior 401 e inferior 403. Neste caso, orifícios de saída permitem a passagem da luz produzida pelo dispositivo de iluminação externa 8.

[0049] O sistema de climatização presente em cada uma das bases 4 do dispositivo suspenso compreende ainda pelo menos um ventilador ou ventoinha 1 1 e pelo menos um trocador de calor 6, localizado embaixo da superfície superior 401 da base 4. Preferencialmente, o pelo menos um trocador de calor 6 é uma placa de Peltier.

[0050] O pelo menos um ventilador 1 1 é disposto entre as superfícies superior 401 e inferior 403, e tem a função de auxiliar a circulação de ar, vi- sando a troca de calor, e otimizando o funcionamento do sistema de climatização do dispositivo 1 .

[0051 ] Tendo sido descrito um exemplo de concretização preferido, deve ser entendido que o escopo do presente modelo de utilidade abrange outras possíveis variações, sendo limitado tão somente pelo teor das reivindi- cações apensas, aí incluídos os possíveis equivalentes.