Login| Sign Up| Help| Contact|

Patent Searching and Data


Title:
TROCAR FOR THE INSERTION OF SURGICAL INSTRUMENTS, METHOD FOR USING THE TROCAR, AND KIT COMPRISING THE TROCAR
Document Type and Number:
WIPO Patent Application WO/2019/075541
Kind Code:
A1
Abstract:
The present invention relates to a trocar (100), a method for using said trocar, and a kit for the insertion of at least one among surgical instruments and medical devices comprising at least one trocar (100), wherein the trocar (100) comprises at least one external cannula (20) provided with a first external end (21), a second external end (22) and an external slot (24), and an internal cannula (30) provided with a first internal end (31), a second internal end (32) and at least one internal slot (33), wherein the trocar (100) is designed such that the external cannula (20) and the internal cannula (30) can be rotated relative to one another, selectively aligning and disaligning the external slot (24) of the external cannula (20) relative to the at least one internal slot (33) of the internal cannula (30).

Inventors:
FRIAS DIAS, Julio (Rua Haddock Lobo, 167 apto. 10, Bairro Vila Bastos -340 Santo André - SP, 09040-340, BR)
GOMES LOURENÇO, Laercio (Alameda dos Aicas 799, apto 71 Bairro Moema, -002 São Paulo - SP, 04086-002, BR)
WALTER FERREIRA, Paulo Roberto (Rua São José 857, Bairro São José, -000 Leopoldo - RS, 93040-000, BR)
MARTINS DA SILVA JUNIOR, Edison (Rua Tordesilhas 153, Bairro Ipiranga, -570 Sapucaia Do Sul - RS, 93230-570, BR)
MIRANDA, Ivan (Travessa Jarcy Ferreira Jardim 47, Bairro Sarandi, -410 Porto Alegre - Rs, 91110-410, BR)
SARAIVA DOS SANTOS, Marcelo (Travessa Doutor Heinzelmann 60, Bairro Navegantes, -100 Porto Alegre - RS, 90240-100, BR)
Application Number:
BR2018/050387
Publication Date:
April 25, 2019
Filing Date:
October 19, 2018
Export Citation:
Click for automatic bibliography generation   Help
Assignee:
BHIO SUPPLY INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE EQUIPAMENTOS MÉDICOS LTDA (Avenida Luiz Pasteur, 4.959 Parque Claret, -010 Esteio - RS, 93290-010, BR)
SOCIEDADE BENEFICENTE ISRAELITA BRASILEIRA HOSPITAL ALBERT EINSTEIN (Av. Albert Einstein, 627 701 - Morumbi, -000 São Paulo - SP, 05652-000, BR)
International Classes:
A61B17/34; A61M39/02
Foreign References:
GB2498162A2013-07-03
JP2011104378A2011-06-02
US5944691A1999-08-31
Attorney, Agent or Firm:
DANNEMANN, SIEMSEN, BIGLER & IPANEMA MOREIRA (Rua Marquês de Olinda, nº 70, -040 Rio De Janeiro - RJ, 22251-040, BR)
Download PDF:
Claims:
REIVINDICAÇÕES

1 . Trocarte (100), o trocarte (100) sendo caracterizado pelo fato de que compreende ao menos uma cânula externa (20) e uma cânula interna (30), a cânula externa (20) sendo dotada de uma primeira extremidade externa (21 ), uma segunda extremidade externa (22) e um rasgo externo (24) que se estende longitudinalmente da primeira extremidade externa (21 ) até a segunda extremidade externa (22),

a cânula interna (30) sendo dotada de uma primeira extremidade interna (31 ), uma segunda extremidade interna (32) e ao menos um rasgo interno (33) que se estende longitudinalmente da primeira extremidade interna (31 ) até a segunda extremidade interna (32), a cânula externa (20) sendo configurada para receber a cânula interna (30) em seu interior,

o trocarte (100) sendo configurado para que a cânula externa (20) e a cânula interna (30) sejam rotacionáveis uma em relação à outra, a rotação das cânulas externa e interna (20, 30) uma em relação à outra seletivamente alinhando e desalinhando o rasgo externo (24) da cânula externa (20) em relação a ao menos um rasgo interno (33) da cânula interna (30).

2. Trocarte (100), de acordo com a reivindicação 1 , caracterizado pelo fato de que o rasgo externo (24) e o ao menos um rasgo interno (33) são dimen- sionados para evitar a dissociação entre a cânula interna (30) e a cânula externa (20) e para seletivamente permitir a inserção de ao menos um dentre instrumentais cirúrgicos e dispositivos médicos no ao menos um rasgo interno (33) da cânula interna (30).

3. Trocarte (100), de acordo com a reivindicação 2, caracterizado pelo fato de que a primeira extremidade externa (21 ) e a primeira extremidade interna

(31 ) são configuradas para formar uma extremidade de incisão (41 ), a segunda extremidade externa (22) e a segunda extremidade interna (32) são configuradas para formar uma extremidade guia (42).

4. Trocarte (100), de acordo com a reivindicação 3, caracterizado pelo fato de que uma porção superior da primeira extremidade externa (21 ) se estende além do final da porção inferior da primeira extremidade externa (21 ), de maneira que a extremidade de incisão (41 ) tenha formato de lâmina.

5. Trocarte (100), de acordo com qualquer uma das reivindicações 1 a 4, caracterizado pelo fato de que um direcionador (23) é disposto em ao menos uma das cânulas externa e interna (21 , 31 ).

6. Trocarte (100), de acordo com a reivindicação 5, caracterizado pelo fato de que o direcionador (23) é uma projeção perpendicular de ao menos uma das cânulas externa e interna (21 , 31 ).

7. Trocarte (100), de acordo com a reivindicação 5, caracterizado pelo fato de que o direcionador (23) é um elemento disposto na superfície externa de ao menos uma das cânulas externa e interna (21 , 31 ).

8. Trocarte (100), de acordo com qualquer uma das reivindicações 5 a 7, caracterizado pelo fato de que a cânula externa (20) e a cânula interna (30) são rotacionadas uma em relação à outra mediante o acionamento seletivo do direcionador (23).

9. Trocarte (100), de acordo com a qualquer uma das reivindicações 1 a 8, caracterizado pelo fato de que a cânula interna (30) é dotada de ao menos um orifício interno (34), o orifício interno (34) sendo disposto paralelamente ao rasgo interno (33).

10. Trocarte (100), de acordo com a reivindicação 9, caracterizado pelo fato de que o orifício interno (34) é configurado para receber ao menos uma câ- mera (51 ), a câmera (51 ) sendo configurada para guiar ao menos um dentre instrumentais cirúrgicos e dispositivos médicos.

1 1 . Trocarte (100), de acordo com qualquer uma das reivindicações 1 a 10, caracterizado pelo fato de que é confeccionado a partir de materiais rígidos, sendo ao menos um dentre materiais metálicos, plásticos, termoplásticos e compostos poliméricos rígidos.

12. Trocarte (100), de acordo com qualquer uma das reivindicações 1 a 1 1 , caracterizado pelo fato de que o alinhamento do rasgo externo (24) da cânula externa (20) em relação a ao menos um rasgo interno (33) da cânula interna (30) é realizado para que ao menos um dentre instrumentais cirúrgicos e dispositivos médicos seja seletivamente inserido e removido da cânula interna (30) do trocarte (100).

13. Trocarte (100), de acordo com a reivindicação 12, caracterizado pelo fato de que após a inserção de ao menos um dentre instrumentais cirúrgicos e dispositivos médicos na cânula interna (30) do trocarte (100), a cânula externa (20) e a cânula interna (30) são rotacionadas uma em relação à outra para desalinhar o rasgo externo (24) da cânula externa (20) em relação a ao menos um rasgo interno (33) da cânula interna (30).

14. Trocarte (100), de acordo com qualquer uma das reivindicações 12 a 13, caracterizado pelo fato de que a seletiva remoção de ao menos um dentre instrumentais cirúrgicos e dispositivos médicos da cânula interna (30) do tro- carte (100) é realizada após a realização do procedimento de incisão e implantação de ao menos um dentre instrumentais cirúrgicos e dispositivos médicos,

ao menos um dentre instrumentais cirúrgicos e dispositivos médicos sendo configurado tal como tubos, confeccionados de modo flexível, semi flexível ou rígido, sendo ao menos monolúmen.

15. Método de utilização do trocarte (100) caracterizado pelo fato de que o trocarte (100) compreende uma cânula externa (20) e uma cânula interna

(30) ,

a cânula externa (20) sendo dotada de uma primeira extremidade externa (21 ), uma segunda extremidade externa (22) e um rasgo externo (24) que se estende longitudinalmente da primeira extremidade externa (21 ) até a segunda extremidade externa (22),

a cânula interna (30) sendo dotada de uma primeira extremidade interna

(31 ) , uma segunda extremidade interna (32) e ao menos um rasgo interno (33) que se estende longitudinalmente da primeira extremidade interna (31 ) até a segunda extremidade interna (32), a cânula externa (20) sendo configurada para receber a cânula interna (30) em seu interior,

o trocarte (100) sendo configurado para que a cânula externa (20) e a cânula interna (30) sejam rotacionáveis uma em relação à outra, a rotação das cânulas externa e interna (20, 30) uma em relação à outra seletivamente alinhando e desalinhando o rasgo externo (24) da cânula externa (20) em relação a ao menos um rasgo interno (33) da cânula interna (30), em que o método de utilização do trocarte (100) compreende as etapas de: a) rotacionar a cânula externa (20) e a cânula interna (30) uma em relação à outra para alinhar o rasgo externo (24) da cânula externa (20) em relação ao o ao menos um rasgo interno (33) da cânula interna (30);

b) inserir ao menos um dentre instrumentais cirúrgicos e dispositivos médicos na cânula interna (30) do trocarte (100);

c) rotacionar a cânula externa (20) e a cânula interna (30) uma em relação à outra para desalinhar o rasgo externo (24) da cânula externa (20) em relação a ao menos um rasgo interno (33) da cânula interna (30);

d) posicionar o trocarte (100) em contato com a pele de um paciente inserir ao menos um dentre instrumentais cirúrgicos e dispositivos médicos através do referido trocarte (100);

e) rotacionar a cânula externa (20) e a cânula interna (30) uma em relação à outra para alinhar o rasgo externo (24) da cânula externa (20) em relação a ao menos um rasgo interno (33) da cânula interna (30); e

f) remover ao menos um dentre instrumentais cirúrgicos e dispositivos médicos da cânula interna (30) do trocarte (100) sem que o trocarte (100) perca o contato com a pele do paciente.

16. Método de utilização do trocarte (100), de acordo com a reivindicação 15, caracterizado pelo fato de que a cânula interna (30) é dotada de ao menos um orifício interno (34), o orifício interno (34) sendo disposto paralelamente ao rasgo interno (33).

17. Método de utilização do trocarte (100), de acordo com a reivindicação 16, caracterizado pelo fato de que o alinhamento e o desalinhamento do rasgo externo (24) da cânula externa (20) em relação a ao menos um rasgo interno (33) da cânula interna (30) são realizados para que ao menos um dentre instrumentais cirúrgicos e dispositivos médicos seja seletivamente inserido e removido da cânula interna (30) do trocarte (100).

18. Método de utilização do trocarte (100), de acordo com a reivindicação 17, caracterizado pelo fato de que ao menos um dentre instrumentais cirúrgicos e dispositivos médicos sendo configurado tal como tubos, confeccionados de modo flexível, semiflexível ou rígido, sendo ao menos monolúmen.

19. Kit para a inserção de ao menos um dentre instrumentais cirúrgicos e dispositivos médicos compreendendo ao menos um trocarte (100) conforme definido na reivindicação 1.

Description:
Relatório Descritivo da Patente de Invenção para "TROCARTE PARA A INSERÇÃO DE INSTRUMENTAIS CIRÚRGICOS, MÉTODO DE UTILIZAÇÃO DO TROCARTE E KIT COMPREENDENDO O TROCARTE"

[001 ] A presente invenção refere-se a um trocarte para a inserção de ao menos um instrumental cirúrgico composto ao menos por uma cânula externa e uma cânula interna rotacionáveis entre si. A presente invenção refere-se ainda a um método de utilização do trocarte para inserção de ao menos um instrumental cirúrgico e também a um kit composto por ao menos um trocarte para a inserção de ao menos um instrumental cirúrgico.

DESCRIÇÃO DO ESTADO DA TÉCNICA

[002] Para garantir a boa realização de procedimentos minimamente invasivos ou invasivos, é provida uma pluralidade de instrumentais e de dispositivos configurados para mitigar lesões em pacientes. Atualmente, grande parte dos instrumentais é configurada com guias para a inserção e retirada de instrumentais utilizados durante os referidos procedimentos.

[003] Estes dispositivos muitas vezes contam com orifícios e acessos através dos quais os instrumentais são muitas vezes inseridos e retirados de acordo com a necessidade do procedimento realizado. Câmeras que captam imagens do interior do corpo do paciente também são utilizadas.

[004] Observa-se a maioria dos referidos dispositivos que são configurados de tal forma que devem ser desassociados do corpo do paciente quando inserção, retirada ou troca de instrumentais. Neste sentido, o documento de patente CN203763560 revela um cateter para diálise peritoneal provido de um fio-guia, um dispositivo de fixação e uma câmera, configurado para ser fixado na pele do paciente através do referido dispositivo de fixação.

[005] A solução descrita acima não compreende um trocarte que permita que instrumentais sejam inseridos e retirados com facilidade e sequer descreve um trocarte que possua estas características, uma vez que refere- se especificamente a um cateter. Ademais, observa-se que o dispositivo de fixação deva ser acionado e desacionado a cada troca de instrumentais a serem inseridos através do dito cateter. [006] Já o documento WO2015146652 descreve um dispositivo provido de uma câmera, um sistema de iluminação e um cateter para diálise peri- toneal configurado com determinado ângulo de curvatura que guia a inserção do dispositivo no paciente.

[007] Este documento apresenta a desvantagem de não possuir meios para seletivamente acoplar e desacoplar instrumentais utilizados durante o procedimento no qual é utilizado.

[008] Por fim, o documento CN203935500 revela um fio-guia visual de cateter para diálise peritoneal, em que o referido fio-guia é configurado co- mo uma câmera e conector USB, em que a imagem captada pela câmera é diretamente exibida em um display. Não é revelada, portanto, a característica de possuir meios para fácil e eficiente associação e desassociação sele- tiva de instrumentais utilizados no procedimento realizado.

[009] Sendo assim, não se observa no estado da técnica um trocarte para procedimentos ao menos minimamente invasivos, configurado para que os instrumentais utilizados nestes procedimentos possam ser fácil, segura, rápida e seletivamente associados e desassociados do referido trocarte durante os referidos procedimentos.

[0010] Neste cenário, visando solucionar os problemas conhecidos no estado da técnica e acima mencionados, a presente invenção propõe um trocarte versátil e que pode ser utilizado em uma pluralidade de procedimentos médicos, configurado de tal forma que instrumentais cirúrgicos possam ser vantajosa e seletivamente inseridos e retirados do referido trocarte sem que este seja desassociado do corpo do paciente.

[001 1 ] Adicionalmente, a presente invenção compreende ainda um método de utilização do referido trocarte compreendendo a inserção e retirada de instrumentais cirúrgicos do trocarte sem que este seja desassociado do corpo do paciente.

[0012] De maneira vantajosa, a implementação e utilização de um tro- carte e método tal como proposto possibilita que procedimentos cirúrgicos possam ser realizados de maneira mais eficaz, sem que haja a necessidade de desassociar o referido trocarte por diversas vezes e sem, portanto, lesionar excessivamente o paciente submetido a estes procedimentos.

OBJETIVOS DA INVENÇÃO

[0013] Um primeiro objetivo da presente invenção é prover um trocarte para inserção de ao menos um dentre instrumentais cirúrgicos e dispositivos médicos.

[0014] Um segundo objetivo da presente invenção é prover um trocarte confeccionado com partes móveis entre si.

[0015] Um terceiro objetivo da presente invenção é prover um trocarte configurado com ao menos um rasgo interno.

[0016] Um quarto objetivo da presente invenção é prover um trocarte configurado com ao menos um orifício interno.

[0017] Um quinto objetivo da presente invenção é prover um trocarte que permita a inserção e retirada de ao menos um instrumento cirúrgico sem a necessidade de desassociar o referido trocarte do corpo de um paciente.

[0018] Um objetivo adicional da presente invenção é prover um método de utilização de um trocarte, composto principalmente pelas etapas de sele- tivamente inserir e retirar ao menos um instrumento cirúrgico mediante a ro- tação seletiva das partes móveis do referido trocarte.

[0019] É ainda um objetivo da presente invenção a provisão de um kit compreendendo ao menos um trocarte.

BREVE DESCRIÇÃO DA INVENÇÃO

[0020] Os objetivos da presente invenção são alcançados por meio de um trocarte composto ao menos por uma cânula externa dotada de uma primeira extremidade externa, uma segunda extremidade externa e um rasgo externo e uma cânula interna dotada de uma primeira extremidade interna, uma segunda extremidade interna e ao menos um rasgo interno, a cânula externa sendo configurada para receber a cânula interna em seu interior e o trocarte sendo configurado para que a cânula externa e a cânula interna sejam rotacionáveis uma em relação à outra seletivamente permitindo a inserção de ao menos um instrumento cirúrgico na cânula interna. [0021 ] Aborda-se ainda um método de utilização do trocarte para inserção de ao menos um instrumento cirúrgico, em que os instrumentais cirúrgicos podem ser seletivamente inseridos e removidos do trocarte sem que o referido trocarte perca o contato com a pele do paciente (sem que seja de- sassociado).

[0022] Propõe-se ainda um kit para inserção de instrumentais cirúrgicos compreendendo ao menos um trocarte.

BREVE DESCRIÇÃO DOS DESENHOS

[0023] A presente invenção será, a seguir, mais detalhadamente des- crita com base em um exemplo de execução representado nos desenhos.

As figuras mostram:

[0024] Figura 1 - é uma vista lateral do trocarte proposto;

[0025] Figura 2 - é uma vista frontal do trocarte proposto;

[0026] Figura 3 - é uma vista em perspectiva do trocarte proposto;

[0027] Figura 4 - é uma vista frontal do trocarte proposto; e

[0028] Figura 5 - é uma vista em perspectiva do trocarte proposto.

DESCRIÇÃO DETALHADA DAS FIGURAS

[0029] Em referência inicial à figura 2, a presente invenção refere-se a um trocarte 100. Mais especificamente, a um trocarte 100 para a inserção de ao menos um dentre instrumentais cirúrgicos e dispositivos médicos, em que o trocarte 100 compreende uma cânula externa 20 e uma cânula interna 30.

[0030] Conforme será melhor descrito a seguir, este trocarte 100 é configurado para ser utilizado em procedimentos intracavitários ou intraperito- neais, incluindo sua utilização em diagnósticos clínicos, diagnósticos cirúrgicos, intervenções cirúrgicas, terapias com utilização de fármacos, dentre outros.

[0031 ] Entende-se por procedimentos intracavitários ou intraperitoneais os procedimentos invasivos ou minimamente invasivos realizados no corpo de um paciente tal como diálise peritoneal, em que é necessária a penetração na região da cavidade abdominal e do peritônio através de um instrumental cirúrgico específico. [0032] Porém, esta característica não deve ser entendida como um fa- tor limitante para a presente invenção, de tal maneira que o referido trocarte 100 pode ser utilizado em outras aplicações incluindo, por exemplo, uma co- leta de material para posterior análise (biópsia).

[0033] Neste sentido, o trocarte 100 pode ser compreendido como um dispositivo configurado para a inserção seletiva de ao menos um dentre instrumentais cirúrgicos e dispositivos médicos, em que ao menos um dentre instrumentais cirúrgicos e dispositivos médicos é configurado tal como tubos, os tubos sendo flexíveis, semiflexíveis ou rígidos, monolúmen ou de múltiplos lumens. Mais especificamente, ao menos um dentre instrumentais cirúrgicos e dispositivos médicos é preferencialmente um cateter de diálise peritoneal na região abdominal, mas outros instrumentais podem ser utilizados, tal como uma pinça flexível em conjunto para a extração de material (tecido).

[0034] Tal como mostram principalmente as figuras 1 , 2 e 3, em uma configuração preferencial o trocarte 100 deve ser compreendido como uma associação entre a cânula externa 20 e a cânula interna 30. Em outras palavras, a cânula externa 20 deve preferencialmente envolver a cânula interna 30, parcial ou totalmente.

[0035] Além disso, esta associação se dá de tal forma que a cânula externa 20 e a cânula interna 30 sejam rotacionáveis uma em relação à outra, ou seja, a rotação das cânulas externa 20 e interna 30 seletivamente alinha e desalinha um rasgo externo 24 da cânula externa 20 em relação a ao menos um rasgo interno 33 da cânula interna 30.

[0036] Para tal, nesta modalidade a cânula externa 20 é dotada de uma primeira extremidade externa 21 , de uma segunda extremidade externa 22 e do rasgo externo 24, em que o rasgo externo 24 se estende longitudinalmente da primeira extremidade externa 21 até a segunda extremidade externa 22.

[0037] Por sua vez, conforme pode ser visto da figura 3, a cânula interna 30 é dotada de uma primeira extremidade interna 31 , de uma segunda extremidade interna 32 e do ao menos um rasgo interno 33, em que o ao menos um rasgo interno 33 se estende longitudinalmente da primeira extremidade interna 31 até a segunda extremidade interna 32 e em que a cânula externa 20 é configurada para receber a cânula interna 30 em seu interior.

[0038] Nesta configuração, o rasgo externo 24 e o rasgo interno 33 são dimensionados para evitar a dissociação entre a cânula interna 30 e a cânula externa 20 e também para permitir a inserção de ao menos um dentre instrumentais cirúrgicos e dispositivos médicos no ao menos um rasgo interno 33 da cânula interna 30.

[0039] Conforme mencionado, a cânula interna 30 possui ao menos um rasgo interno 33. Deve ser entendido, portanto, que mais de um rasgo interno 33 pode ser provido e que assim mais de um instrumento cirúrgico ou dispositivo médico pode ser inserido no trocarte 100.

[0040] A inserção de ao menos um instrumento cirúrgico e dispositivos médicos se dá através do alinhamento do rasgo externo 24 da cânula exter- na 20 em relação ao menos um rasgo interno 33 da cânula interna 30.

[0041 ] De maneira vantajosa, a configuração e confecção do referido trocarte 100 com uma cânula externa 20 provida de rasgo externo 24 e cânula interna 30 provida de rasgo interno 33 permite que ao menos um dentre instrumentais cirúrgicos e dispositivos médicos possa ser seletivamente in- serido e retirado do trocarte 100 sem que este necessite ser desacoplado do corpo de um paciente, tal como será abordado a seguir.

[0042] Além disso, conforme ilustrado na figura 5, a primeira extremidade externa 21 e a primeira extremidade interna 31 são configuradas para formar uma extremidade de incisão 41 , em que esta extremidade de incisão 41 é confeccionada tal como uma cunha.

[0043] Mais especificamente, uma porção superior da primeira extremidade externa 21 se estende além do final da porção inferior da primeira extremidade externa 21 , de maneira que a extremidade de incisão 41 tenha formato de lâmina (cunha), configurada com determinado ângulo para perfu- rar o tecido do paciente e realizar uma incisão no mesmo, associando o trocarte 100 à pele do paciente. [0044] Preferencialmente, a extremidade de incisão 41 é configurada com um ângulo na faixa de 0 o a 45°. Mais especificamente, o referido ângulo é de 30°, todavia, deve-se entender que este é um detalhe construtivo e não deve ser entendido como uma limitação da presente invenção. Assim sendo, deve ser entendido também que, em configurações alternativas, outros ângulos podem ser configurados para a referida extremidade de incisão 41 , tanto dentro da faixa de 0 o a 45° como fora dela.

[0045] Por sua vez, ainda em referência à figura 5, a segunda extremidade externa 22 e a segunda extremidade interna 32 são configuradas para formar uma extremidade-guia 42, em que a referida extremidade-guia 42 é oposta à extremidade de incisão 41 .

[0046] Adicionalmente, o trocarte 100 é provido ainda de um direciona- dor 23, conforme mostra a figura 5. Este direcionador 23 é disposto em ao menos uma das cânulas externa 20 e interna 30 e deve ser compreendido como um manipulo.

[0047] Em uma configuração preferencial, o direcionador 23 compreende uma projeção perpendicular de ao menos uma das cânulas externa 20 e interna 30 e é confeccionado com uma superfície rugosa (elemento rugoso), a fim de facilitar o manuseio do trocarte 100 por um operador.

[0048] Todavia, esta característica não deve ser entendida como um fator limitante para a presente invenção, de tal forma que o direcionador 23 pode compreender uma projeção não perpendicular de ao menos uma das cânulas externa 20 e interna 30, ou seja, o ângulo formado entre o referido direcionador 23 e ao menos uma das cânulas externa 20 e interna 30 é al- ternativamente diferente de 90°.

[0049] Além disso, a confecção do dito direcionador 23 pode ser com uma superfície não rugosa (lisa). Caso seja necessário, o manipulo 23 pode ser provido com uma cobertura adicional removível, confeccionada em material rugoso de forma que a manipulação do trocarte 100 seja otimizada.

[0050] Conforme mencionado anteriormente, a cânula externa 20 e a cânula interna 30 são rotacionáveis uma em relação à outra. Em uma modalidade preferencial, esta rotação se dá mediante o acionamento seletivo do direcionador 23, ou seja, o acionamento do manipulo 23 faz com que ao menos uma das cânulas externa 20 e interna 30 se mova (rotacione) em relação à outra.

[0051 ] Em menção à figura 4 que ilustra uma configuração preferencial do trocarte 100, observa-se que a cânula interna 30 do trocarte 100 é dotada de ao menos um orifício interno 34. Este orifício interno 34 é confeccionado preferencialmente de maneira paralelo ao rasgo interno 33.

[0052] Cabe destacar que esta é apenas uma configuração preferencial e não deve ser entendida como limitante para a presente invenção. Neste sentido, o trocarte 100 pode ser alternativamente dotado de mais de um orifício interno 34, paralelos ou não ao rasgo interno 33.

[0053] Observa-se da figura 4 que o ao menos um orifício interno 34 é confeccionado tal como um duto. Neste sentido, o ao menos um orifício interno 34 é configurado para receber em seu interior componentes e equipa- mentos que auxiliem no procedimento no qual o trocarte 100 será utilizado.

[0054] Mais especificamente, em uma modalidade preferencial conforme mostra a figura 1 , o orifício interno 34 é configurado para receber, por exemplo, uma câmera 51 configurada para guiar ao menos um dentre instrumentais cirúrgicos e dispositivos médicos.

[0055] Outros componentes e equipamentos podem ser também inseridos no ao menos um orifício interno 34. Estes componentes e equipamentos são, por exemplo, cânulas, cateteres, pinças flexíveis para biópsias, ótica rígidas e flexíveis, tubos rígido e/ou flexíveis, drenos, dentre outros.

[0056] Tal como mencionado anteriormente, o alinhamento do rasgo externo 24 da cânula externa 20 em relação a ao menos um rasgo interno 33 da cânula interna 30 é realizado para que ao menos um dentre instrumentais cirúrgicos e dispositivos médicos seja seletivamente inserido e removido da cânula interna 30 do trocarte 100.

[0057] Após a inserção de ao menos um dentre instrumentais cirúrgicos e dispositivos médicos na cânula interna 30 do trocarte 100, a cânula externa 20 e a cânula interna 30 são rotacionadas uma em relação à outra para desalinhar o referido rasgo externo 24 da cânula externa 20 em relação ao dito ao menos um rasgo interno 33 da cânula interna 30. Isto se dá a fim de impedir que ao menos um dentre instrumentais cirúrgicos e dispositivos médicos se desacople (se solte, saia ou desprenda) do trocarte 100.

[0058] Após o uso do trocarte 100 em procedimentos tais como os já mencionados previamente, a seletiva remoção de ao menos um dentre instrumentais cirúrgicos e dispositivos médicos da cânula interna 30 do trocarte 100 é realizada.

[0059] Para tal, o alinhamento do rasgo externo 24 da cânula externa 20 em relação a ao menos um rasgo interno 33 da cânula interna 30 é reali- zado para que ao menos um dentre instrumentais e dispositivos médicos seja desacoplado (solto ou desprendido).

[0060] Adicionalmente, o trocarte 100 é confeccionado em qualquer material rígido, sendo preferencialmente ao menos um dentre materiais metálicos, plásticos ou termoplásticos. Mais especificamente, o trocarte 100 é preferencialmente confeccionado em ao menos um dentre os seguintes materiais: aço inox, titânio, alumínio, polifenilsulfona (PPSF, PPSU), sulfeto de polifenileno (PPS), policarbonatos, policloreto de vinila (PVC) e compósitos poliméricos preferencialmente rígidos, tal como um compósito carbono/carbono.

[0061 ] Neste ponto, observa-se que a presente invenção pode ser alternativamente confeccionada em outros materiais que mantenham as características ora propostas para o referido trocarte 100, tal como materiais compósitos de matrizes poliméricas, metálicas e/ou cerâmicas com materiais de reforços dos mais diversos tipos, entre eles: fibras orgânicas, vidro, carbono, titânio, resinas e também com nanocompósitos estruturados.

[0062] Além disso, a presente invenção compreende ainda um método de utilização do referido trocarte 100, compreendendo ainda meios para inserção de ao menos um dentre instrumentais cirúrgicos e dispositivos médicos.

[0063] Neste sentido, o método de utilização do trocarte 100 para inserção de instrumentais cirúrgicos inicia-se pela etapa de rotacionar a cânula externa 20 e a cânula interna 30 uma em relação à outra. [0064] Esta etapa inicial se dá a fim de alinhar o rasgo externo 24 da cânula externa 20 em relação a ao menos um rasgo interno 33 da cânula interna 30, viabilizando a inserção de ao menos um dentre instrumentais cirúrgicos e/ou dispositivos médicos no trocarte 100.

[0065] Em seguida, ao menos um dentre instrumentais cirúrgicos e dispositivos médicos é inserido na cânula interna 30 do trocarte 100.

[0066] Posteriormente, rotaciona-se a cânula externa 20 e a cânula interna 30 uma em relação à outra. A finalidade desta etapa é desalinhar o rasgo externo 24 da cânula externa 20 em relação a ao menos um rasgo in- terno 33 da cânula interna 30 para impedir que o ao menos um dentre instrumentais cirúrgicos e dispositivos médicos se desacople (se solte, saia ou desprenda) do trocarte 100.

[0067] Realizadas estas etapas, o trocarte 100 pode ser utilizado nos procedimentos desejados, de tal forma que seja disposto em contato com a pele do paciente, se associando ao tecido epitelial e, consequentemente, ao corpo do paciente.

[0068] Quando do término do procedimento no qual o trocarte 100 está sendo utilizado, prossegue-se com as etapas do método proposto.

[0069] Assim, rotaciona-se a cânula externa 20 e a cânula interna 30 uma em relação à outra para alinhar o rasgo externo 24 da cânula externa 20 em relação a ao menos um rasgo interno 33 da cânula interna 30.

[0070] Desta maneira, ao menos um dentre instrumentais cirúrgicos e dispositivos médicos é então removido (desacoplado, solto ou desprendido) do trocarte 100 sem que o trocarte 100 perca o contato com a pele do paci- ente. Em outras palavras, ao menos um dentre instrumentais cirúrgicos e dispositivos médicos é desassociado sem a necessidade de que o trocarte 100 seja desassociado do corpo do paciente.

[0071 ] Aborda-se assim um trocarte 100 para a inserção de ao menos um dentre instrumentais cirúrgicos e dispositivos médicos, em que o trocarte 100 compreende uma cânula externa 20 e uma cânula interna 30, o trocarte 100 sendo confeccionado de tal forma que possa ser utilizado em uma plu- ralidade de procedimentos preferencial, mas não exclusivamente intracavitá- rios e intraperitoneais.

[0072] Desta forma, a presente invenção provê um trocarte 100 versátil e que pode ser utilizado em procedimentos tal como diálise peritoneal, diag- nósticos clínicos, diagnósticos cirúrgicos, intervenções cirúrgicas, terapias com utilização de fármacos, em conjunto com diversos instrumentais, tal como tubos em geral, cateteres e pinças, por exemplo. Sua configuração permite que ao menos um dentre instrumentais cirúrgicos e dispositivos médicos possa ser vantajosa e seletivamente inserido e retirado do referido tro- carte 100 sem que este seja desassociado do corpo do paciente.

[0073] Aborda-se ainda um método de utilização do referido trocarte 100 que compreende as características da presente invenção, no qual a inserção e retirada de ao menos um dentre instrumentais cirúrgicos e dispositivos médicos em seu interior são realizadas através da rotação seletiva da cânula externa 20 e da cânula interna 30 uma em relação à outra para alinhar e desalinhar o rasgo externo 24 da cânula externa 20 em relação a ao menos um rasgo interno 33 da cânula interna 30. Assim, ao menos um dentre instrumentais cirúrgicos e dispositivos médicos é vantajosa e seletivamente inserido e retirado do referido trocarte 100 sem que este seja desas- sociado do corpo do paciente.

Tendo sido descrito um exemplo de concretização preferido, deve ser entendido que o escopo da presente invenção abrange outras possíveis variações, sendo limitado tão somente pelo teor das reivindicações apensas, aí incluídos os possíveis equivalentes.