Login| Sign Up| Help| Contact|

Patent Searching and Data


Title:
SYSTEM AND METHOD FOR DETECTING FRAUD WHEN WEIGHING PERSONS
Document Type and Number:
WIPO Patent Application WO/2022/051826
Kind Code:
A1
Abstract:
The present invention discloses a system for detecting fraud when weighing persons that analyzes a plurality of instantaneous measurements of the mass of said persons, said measurements being taken at a given time interval and the weight measurement invalidated if there are discrepancies between said mass measurements. The system can also include the function of authenticating the person to be weighed using a fingerprint reader (4). Additionally, the present invention includes a method for detecting fraud when weighing persons that analyzes variations in instantaneous measurements of the body mass of a person taken at a given time interval to determine whether or not an attempt has been made to falsify the weight measurement.

Inventors:
ANDRADE TRIGO JOSÉ (BR)
CRISTINA AZEVEDO ROCHA SANDRA (BR)
DE ABREU WELTON (BR)
Application Number:
PCT/BR2021/050370
Publication Date:
March 17, 2022
Filing Date:
August 31, 2021
Export Citation:
Click for automatic bibliography generation   Help
Assignee:
ANDRADE TRIGO JOSE (BR)
CRISTINA AZEVEDO ROCHA SANDRA (BR)
DE ABREU WELTON (BR)
International Classes:
A61B5/107
Foreign References:
US5763837A1998-06-09
US20170300743A12017-10-19
US20180035918A12018-02-08
US4159521A1979-06-26
US20160091359A12016-03-31
Attorney, Agent or Firm:
SALIM LOPES, Flávia (BR)
Download PDF:
Claims:
REIVINDICAÇÕES

1. Sistema de Detecção de Burla em Pesagem de Indivíduos caracterizado pelo fato de coletar e analisar uma pluralidade de medidas instantâneas da massa corpórea de um indivíduo, detectar discrepâncias entre as medidas instantâneas da massa corpórea, constatar a ocorrência de tentativa de burla na pesagem e compreender: uma balança digital (1) ; uma unidade de processamento (2) ; e um visor ( 3 ) .

2. Sistema, de acordo com a reivindicação 1, caracterizado pelo fato de a balança digital (1) medir a massa corpórea do indivíduo uma pluralidade de vezes por um determinado intervalo de tempo e fornecer essa pluralidade de medidas instantâneas à unidade de processamento (2) , em que tem a capacidade de medir a massa corpórea do indivíduo pelo menos 10 vezes a cada segundo.

3. Sistema, de acordo com a reivindicação 1, caracterizado pelo fato de a unidade de processamento (2) receber as informações de massa corpórea do indivíduo da balança (1) , processar as informações de massa corpórea do indivíduo, detectar discrepâncias entre as informações de massa corpórea do indivíduo, interpretar essas discrepâncias e constatar a validade da pesagem.

4. Sistema, de acordo com a reivindicação 1 ou 3, caracterizado pelo fato de as análises das discrepâncias entre as informações da massa corpórea serem realizadas nas variações entre as medidas instantâneas da massa corpórea do indivíduo .

5. Sistema, de acordo com qualquer uma das reivindicações 1, 3 ou 4, caracterizado pelo fato de o processador (2) fornecer o valor médio das medidas de massa corpórea do indivíduo ou uma mensagem assinalando a invalidade da pesagem para o visor (3) .

6. Sistema, de acordo com a reivindicação 1, caracterizado pelo fato de o visor (3) receber informações provindas da unidade de processamento (2) e apresentar as mesmas ; em que as informações são o valor médio das medidas da massa corpórea do indivíduo pesado ou uma mensagem assinalando a invalidez da pesagem.

7. Sistema de Detecção de Burla em Pesagem de Indivíduos caracter i zado pelo fato de identificar e autenticar o indivíduo a ser pesado, coletar e analisar uma pluralidade de medidas instantâneas da massa corpórea de um indivíduo, detectar discrepâncias entre as medidas instantâneas da massa corpórea, constatar a ocorrência de tentativa de burla na pesagem e compreender: uma balança digital (1) ; uma unidade de processamento (2) ; um visor (3) ; um leitor de impressão digital (4) , pelo menos um dispositivo eletrônico móvel (5) ; um servidor (6) ; e um banco de dados ( 7 ) .

8. Sistema, de acordo com a reivindicação 7, caracterizado pelo fato de a balança digital (1) medir a massa corpórea do indivíduo uma pluralidade de vezes por um determinado intervalo de tempo e fornecer essa pluralidade de medidas instantâneas a unidade de processamento (2) , em que tem a capacidade de medir a massa corpórea do indivíduo pelo menos 10 vezes a cada segundo.

9. Sistema, de acordo com a reivindicação 7, caracterizado pelo fato de a unidade de processamento (2) receber as informações de massa corpórea do indivíduo da balança (1) , processar as informações de massa corpórea do indivíduo, detectar discrepâncias entre as informações de massa corpórea do indivíduo, interpretar essas discrepâncias, constatar a validade da pesagem, receber do leitor de impressão digital (4) as informações referentes ao escaneamento da impressão digital da região plantar do pé ou parte da mesma do indivíduo a ser pesado, ter meios de conexão à internet, estabelecer comunicação com o servidor (6) , enviar as informações referentes ao escaneamento da impressão digital da região plantar do pé ou parte da mesma e de massa corpórea do indivíduo a ser pesado ao servidor (6) e receber informações referentes a autenticação do indivíduo a ser pesado do servidor (6) .

10. Sistema, de acordo com a reivindicação 7 ou 9, caracterizado pelo fato de a análise das discrepâncias entre as informações da massa corpórea ser realizada na variação entre as medidas instantâneas da massa corpórea do indivíduo.

11. Sistema, de acordo com qualquer uma das reivindicações 7, 9 ou 10, caracterizado pelo fato de o processador (2) fornecer o valor médio das medidas de massa corpórea do indivíduo ou uma mensagem assinalando a invalidade da pesagem para o visor (3) .

12. Sistema, de acordo com a reivindicação 7, caracterizado pelo fato de o visor (3) receber informações provindas da unidade de processamento (2) e apresentar as mesmas , em que as informações são o valor médio das medidas da massa corpórea do indivíduo pesado ou uma mensagem assinalando a invalidez da pesagem.

13. Sistema, de acordo com a reivindicação 7, caracterizado pelo fato de o leitor de impressão digital (4) escanear impressão digital da região plantar do pé ou parte da mesma e fornecer os dados referentes a impressão digital para a unidade de processamento (2) .

14. Sistema, de acordo com a reivindicação 7, caracterizado pelo fato de o dispositivo eletrônico móvel (5) fazer a interface entre indivíduo a ser pesado e o sistema, realizar o cadastro das informações dos usuários, fornecer as informações do cadastro de usuário para o servidor (6) , auxiliar na autenticação de login de usuário no sistema fornecendo as informações de login para o servidor (6) , permitir o acesso do usuário ao sistema, receber do servidor mensagem de invalidação da autenticação de login de usuário, conter meios de conexão à internet (8) e estabelecer comunicação com o servidor (6) .

15. Sistema, de acordo com a reivindicação 7, caracterizado pelo fato de o banco de dados (7) armazenar as informações referentes ao cadastro e a impressão digital da região plantar do pé dos indivíduos e permitir o servidor (6) acesso as mesmas.

16. Sistema, de acordo com a reivindicação 7, caracterizado pelo fato de o servidor (6) gerenciar a autenticação do login do usuário (indivíduo a ser pesado) e a verificação da identidade do indivíduo a ser pesado, onde na primeira vez em que um usuário (indivíduo a ser pesado) for fazer uso da presente invenção o servidor (6) recebe do dispositivo eletrônico móvel (5) as informações de cadastro e recebe da unidade de processamento (2) as informações da impressão digital da região plantar do pé do usuário e armazena as mesmas no banco de dados de forma vinculada, nas demais vezes em que um usuário (indivíduo a ser pesado) for fazer uso da presente invenção o servidor (6) recebe do dispositivo eletrônico móvel (5) as informações de login de um usuário e verifica se as mesmas estão de acordo com as informações de login armazenadas no banco de dados (7) , recebe da unidade de processamento (2) as informações da impressão digital da região plantar do pé do usuário e verifica se as mesmas estão de acordo com as informações da impressão digital da região plantar do pé armazenadas no banco de dados (7) ; em que se as informações de login de um usuário não estiverem de acordo com as informações de login armazenadas no banco de dados (7) , o servidor (6) não permite o acesso do usuário (indivíduo a ser pesado) ao sistema, não sendo realizado assim a pesagem, se as informações de impressão digital da região plantar do pé do usuário não estiverem de acordo com as informações de impressão digital da região plantar do pé do usuário armazenadas no banco de dados (7) a pesagem é invalidada.

17. Método de Detecção de Burla em Pesagem de Indivíduos caracterizado pelo fato de analisar a variação de medidas instantâneas de massa corpórea de um indivíduo realizadas em um determinado intervalo de tempo, detectar se ocorreu ou não tentativa de burla na pesagem e compreender as seguintes etapas:

1) Aquisição e armazenamento de dados;

2) Divisão dos trechos de pesagem (slots) relativos aos parâmetros característicos; 3) Análise de trechos de pesagens (slots); e

4) Validação da pesagem.

18. Método, de acordo com a reivindicação 17, caracterizado pelo fato de na etapa 1, Aquisição e armazenamento de dados, serem adquiridas as medições instantâneas da massa corpórea de um indivíduo por um determinado intervalo de tempo e serem armazenadas as mesmas em uma série temporal em memória embarcada.

19. Método, de acordo com a reivindicação 17, caracterizado pelo fato de na etapa 2, Divisão dos trechos de pesagem (slots) relativos aos parâmetros característicos, a série temporal ser dividida em uma determinada quantidade de slots contendo medições consecutivas em relação à linha do tempo do total de medições, em que os slots são de tamanhos de diferentes para cada um dos parâmetros característicos.

20. Método, de acordo com a reivindicação 17 ou 19, caracterizado pelo fato de os parâmetros característicos serem compostos preferencialmente por uma combinação de:

1) Diferença entre o peso instantâneo máximo e o peso instantâneo minimo no slot;

2) Razão entre a variância das pesagens e a variância das diferenças entre as pesagens;

3) Coeficientes da curva de regressão polinomial

(pesagem em função do tempo) ;

4) Curtose da amostra;

5) Módulo da diferença entre a média do segmento e a média global da sessão de pesagem;

6) Quantidade de picos e vales de alta intensidade dividido pelo intervalo de tempo do slot; 7) Quantidade de picos e vales de alta intensidade dividido pelo intervalo de tempo do slot, multiplicado pela raiz quadrada do valor médio da pesagem;

8) Tempo de estabilização de picos e vales;

9) Tempo de estabilização de picos e vales dividido pelo valor médio da pesagem; e

10) Coeficientes da Transformada Rápida de Fourier.

21. Método, de acordo com qualquer uma das reivindicações 17, 19 ou 20, caracterizado pelo fato de os tamanhos dos slots para cada parâmetro característico serem preferencialmente :

1) De até 10 segundos para a Diferença entre o peso instantâneo máximo e o peso instantâneo minimo em slot dividido pela média global da pesagem;

2) De até 10 segundos para a Razão entre a variância das pesagens e a variância das diferenças entre as pesagens;

3) Superior a 2 segundos para os Coeficientes da curva de regressão polinomial (pesagem em função do tempo) ;

4) De até 10 segundos (deve conter pelo menos 30 pesagens instantâneas) para a Curtose da amostra;

5) De até 10 segundos para o Módulo da diferença entre a média do segmento e a média global da sessão de pesagem dividido pela média global da pesagem;

6) Superior a 2 segundos para a Quantidade de picos e vales de alta intensidade dividido pelo intervalo de tempo do slot;

7) Superior a 2 segundos para a Quantidade de picos e vales de alta intensidade dividido pelo intervalo de tempo do slot, multiplicado pela raiz quadrada do valor médio da pesagem; 8) De até 10 segundos para o Tempo de estabilização de picos e vales;

9) De até 10 segundos para o Tempo de estabilização de picos e vales dividido pelo valor médio da pesagem; e

10) Superior a 2 segundos para os Coeficientes da Transformada Rápida de Fourier.

22. Método, de acordo com a reivindicação 17, caracterizado pelo fato de na etapa 3, Análise de slots, cada parâmetro característico é analisado individualmente em cada um dos slots, onde é comparada a estimativa do parâmetro característico com uma faixa considerada aceitável e se a estimativa se encontra fora desta o slot é inválido.

23. Método, de acordo com a reivindicação 17 ou 22, caracterizado pelo fato de faixas de aceitação especificas para cada parâmetro característico serem preferencialmente:

1) Abaixo de 0,1 para a Diferença entre o peso instantâneo máximo e o peso instantâneo minimo em slot dividido pela média global da pesagem;

2) Inferior a 10,0 para a Razão entre a variância das pesagens e a variância das diferenças entre as pesagens;

3) Módulo do coeficiente de primeira ordem inferior a 0,5 e Módulo do coeficiente de segunda ordem inferior a 0,1 para os Coeficientes da curva de regressão polinomial (pesagem em função do tempo) ;

4) Superior a -2 para a Curtose da amostra;

5) Abaixo de 0, 006 para o Módulo da diferença entre a média do segmento e a média global da sessão de pesagem dividido pela média global da pesagem;

6) Entre 2Hz e 20Hz para a Quantidade de picos e vales de alta intensidade dividido pelo intervalo de tempo do slot;

7) Entre 10Hz* kg˄ ( 0 , 5 ) e 200Hz*kg˄ ( 0, 5) para a Quantidade de picos e vales de alta intensidade dividido pelo intervalo de tempo do slot, multiplicado pela raiz quadrada do valor médio da pesagem;

8) De até 2 segundos para o Tempo de estabilização de picos e vales;

9) De até 2 s/kg para o Tempo de estabilização de picos e vales dividido pelo valor médio da pesagem; e

10) Coeficiente do segundo modo de vibração superior a 3% da soma dos coeficientes dos 30 primeiros modos de vibração; e Coeficiente do terceiro modo de vibração superior a 3% da soma dos coeficientes dos 30 primeiros modos de vibração .

24. Método, de acordo com a reivindicação 17, caracterizado pelo fato de na etapa 4, Validação da pesagem, ser verificada a quantidade de slots inválidos para cada um dos parâmetros característicos, em que é constatada a tentativa de burla na pesagem se essa quantidade for maior que uma determinada porcentagem, invalidando a pesagem.

25. Método, de acordo com a reivindicação 24, caracterizado pelo fato das porcentagens de invalidação serem:

1) 10% na Diferença entre o peso instantâneo máximo e o peso instantâneo minimo em um slot dividido pela média global da pesagem;

2) 10% na Razão entre a variância das pesagens e a variância das diferenças entre as pesagens;

3) 10% nos Coeficientes da curva de regressão polinomial (pesagem em função do tempo) ;

4) 10% na Curtose da amostra;

5) 10% no Módulo da diferença entre a média do segmento e a média global da sessão de pesagem dividido pela média global da pesagem;

6) 10% na Quantidade de picos e vales de alta intensidade dividido pelo intervalo de tempo do slot;

7) 10% na Quantidade de picos e vales de alta intensidade dividido pelo intervalo de tempo do slot, multiplicado pela raiz quadrada do valor médio da pesagem;

8) 10% no Tempo de estabilização de picos e vales;

9) 10% no Tempo de estabilização de picos e vales dividido pelo valor médio da pesagem; e

10) 10% nos Coeficientes da Transformada Rápida de Fourier.

Description:
SISTEMA E MÉTODO DE DETECÇÃO DE BURLA EM PESAGEM DE INDIVÍDUOS

Campo da invenção :

[001] A presente invenção se insere no campo da mensuração de massa corporal de indivíduos, mais precisamente na averiguação da veracidade da medida.

Fundamentos da invenção:

[002] As modalidades esportivas de combate destacam-se tanto do ponto de vista histórico, quanto à sua representatividade em competições internacionais, como os Jogos Olímpicos. Os esportes de combate bem como as artes marciais estão presentes em nosso pais desde o inicio do século XX e são atividades corporais que influenciam nossa sociedade com seus valores, traços culturais e participação popular, propiciando muitos benefícios tanto na saúde fisica quanto mental de seus praticantes. Atualmente podem ser consideradas atividades de fisica, defesa pessoal, prática esportiva, além de serem constantemente associadas a um estilo de vida.

[003] Os esportes de combate abrangem todas as modalidades que envolvam dois atletas disputando entre si a vitória de uma luta, sendo ela determinada por pontos, perda dos sentidos, desistência ou desclassificação. Na tentativa de que as disputas sejam mais equilibradas, são encontradas divisões por categorias de idade, peso e, algumas vezes graduação .

[004] Estudos demonstram que a maior parte dos atletas tem dificuldade em se manter dentro dos limites de peso de sua categoria. A maioria dos competidores reduz grande quantidade de seu peso dias antes das competições, com o intuito de enquadrar-se em categorias mais leves do que a correspondente do seu peso habitual . Após a pesagem o atleta recupera parte do peso perdido para a luta, a fim de obter vantagem em relação ao seu oponente .

[ 005 ] Entretanto essa prática é bastante desgastante para o atleta devido à restrição severa na ingestão de alimentos e líquidos , exercidos extenuantes , treinamento com roupas emborrachadas , utili zação de saunas , indução de vômitos , e o uso de agentes farmacológicos , como laxantes e diuréticos . Essas práticas são potencialmente prej udiciais à saúde , pois causam efeitos fisiológicos adversos .

[ 006 ] Devido a essas complicações há atletas que , de alguma forma, tentam manipular o resultado com intuito de obter um valor de medição abaixo do valor real e dentro da categoria desej ada . Tendo isto em vista, faz-se necessário o desenvolvimento de uma solução de detecção dos tipos possíveis de manipulação de valores de pesagem de indivíduos .

Estado da técnica :

[ 007 ] Atualmente encontramos algumas balanças voltadas a detecção de manipulação de resultados que apresentam certa similaridade para com a presente invenção . Entretanto a presente invenção contém recursos onde elimina problemas técnicos presentes em tais balanças contidas no estado da técnica .

[ 008 ] Para ressaltar esse entendimento podemos observar o documento US 9901289 " BIOME ASURAMENT DEVICE WITH USER VERIFICATION AND METHODS OF USING THE SAME" que revel a urn dispositivo e um método de pesagem que contém um sistema de detecção de burla e práticas não saudáveis de emagrecimento .

A detecção da pos sível burla utili za uma imagem ou um video do usuário, feito na hora da pesagem, que verifica alguns aspectos como a linha de contorno corporal da imagem e as compara com o peso medido e com dados armazenados anteriormente .

[009] As diferenças entre a solução apresentada no documento supracitado para com a presente invenção são consideravelmente grandes, como por exemplo: a necessidade do uso de imagens do indivíduo na hora da pesagem. Entretanto, a maior diferença se dá na necessidade de se obter uma pesagem prévia do indivíduo para fins de comparação .

Breve descrição da invenção:

[010] A presente invenção revela um sistema de detecção de burla em pesagem de qualquer indivíduo, onde é analisado uma pluralidade de medidas instantâneas da massa dele, sendo essas medidas captadas em um determinado intervalo de tempo e, detectando discrepâncias entre as mesmas, resulta-se na invalidação da pesagem. O sistema ainda tem a possibilidade de compreender a funcionalidade de autenticação do indivíduo a ser pesado por meio de um leitor de impressão digital (4) . Adicionalmente, a presente invenção apresenta um Método de Detecção de Burla em Pesagem de Indivíduos em que é analisada a variação das medidas instantâneas de massa corpórea de um indivíduo realizadas em um determinado intervalo de tempo e, com essa análise, constata-se se ocorreu ou não tentativa de burla na pesagem.

Breve descrição das figuras:

[011] Para obter uma total e completa visualização do objeto desta invenção, são apresentadas as figuras as quais se faz referências, conforme se segue. [012] A figura 1 mostra a representação do Sistema e as interações de seus elementos, em uma configuração da presente invenção .

[013] A figura 2 mostra a representação do Sistema e as interações de seus elementos, em uma configuração da presente invenção .

[014] A figura 3 mostra as etapas do Método e seus respectivos processos, na forma preferencial da presente invenção .

[015] A figura 4 mostra um exemplo de variação de pesagens instantâneas em uma pesagem normal, sem burla.

[016] A figura 5 mostra um exemplo de variação de pesagens instantâneas em uma pesagem burlada.

[017] A figura 6 mostra o gráfico referente ao critério 5: Módulo da diferença entre a média do segmento e a média global da sessão de pesagem do método.

Descrição detalhada da invenção:

[018] A presente invenção, conforme observado na figura 1, revela um sistema de detecção de burla em pesagem de indivíduos onde é analisado uma pluralidade de medidas instantâneas da massa do mesmo sendo essas medidas captadas em um determinado intervalo de tempo e, detectando discrepâncias entre as mesmas, resulta-se na invalidação da pesagem. O referido sistema compreende, em sua configuração essencial, em: uma balança digital (1) ; uma unidade de processamento (2) ; e um visor (3) .

[019] A balança digital (1) tem a função de medir a massa corpórea do indivíduo uma pluralidade de vezes por um determinado intervalo de tempo e fornecer essa pluralidade de medidas instantâneas a unidade de processamento (2) . A balança (1) deve ter a capacidade de medir a massa corpórea do indivíduo pelo menos 10 vezes a cada segundo e ter meios de comunicação para envio dos dados da pesagem.

[020] A unidade de processamento (2) tem a função de receber as informações da balança (1) , processar essas informações, detectar discrepâncias entre as mesmas, interpretar essas discrepâncias e, com essa interpretação, constatar a validade da pesagem.

[021] Vale ressaltar que, quando um indivíduo se encontra na posição ortostática, vulgo "de pé", o mesmo não se encontra totalmente estático e sim constantemente buscando o equilíbrio. Esse reequilibrio constante gera, na balança digital (1) , uma variação entre as medidas instantâneas da massa corpórea do indivíduo, onde a validação da pesagem é constatada de acordo com a análise dessa variação .

[022] Se a pesagem for considerada válida, o processador (2) fornece o valor médio das medidas de massa corpórea do indivíduo para o visor (3) . Se a pesagem for considerada inválida, a unidade de processamento (2) fornece uma mensagem ao visor (3) assinalando a invalidade da mesma.

[023] O visor (3) tem a função de receber informações provindas da unidade de processamento (2) e apresentar as mesmas, em que essas informações são o valor médio das medidas da massa corpórea do indivíduo pesado ou uma mensagem de invalidez da pesagem.

[024] O sistema ainda tem a possibilidade de compreender a funcionalidade de autenticação do indivíduo a ser pesado, para isso a unidade de processamento (2) deve ter a capacidade de se conectar à internet (8) para o estabelecimento da comunicação com um servidor (6) na rede.

O sistema, para autenticar o indivíduo a ser pesado, deve compreender ainda, conforme observado na figura 2, um leitor de impressão digital (4) , pelo menos um dispositivo eletrônico móvel (5) , um servidor (6) e um banco de dados ( 7 ) .

[025] O leitor de impressão digital (4) tem a função auxiliar a identificação do indivíduo a ser pesado através do escaneamento da impressão digital da região plantar do pé, vulgo sola do pé, ou parte da mesma e fornecer os dados referentes a impressão digital para a unidade de processamento (2) .

[026] A unidade de processamento (2) , por sua vez, envia os dados referentes a impressão digital da região plantar do pé do indivíduo a ser pesado para o servidor (6) .

[027] O dispositivo eletrônico móvel (5) tem a função de fazer a interface entre o usuário (indivíduo a ser pesado) e o sistema, realizar o cadastro das informações dos usuários, fornecer as informações do cadastro de usuário para o servidor (6) , auxiliar na autenticação de login de usuário no sistema fornecendo as informações de login para o servidor (6) , permitir o acesso do usuário ao sistema, receber do servidor mensagem de invalidação da autenticação de login de usuário. O dispositivo eletrônico móvel (5) deve conter meios de conexão à internet (8) .

[028] Vale ressaltar que as informações de login do usuário estão contidas nas informações de cadastro de usuários, que o acesso do usuário ao sistema é permitido se as informações de login inseridas pelo usuário forem correspondentes às informações de login salvas no banco de dados (7) e a mensagem de invalidação da autenticação é enviada se as informações de login inseridas pelo usuário não forem correspondentes às informações de login salvas no bando de dados (7) .

[029] O banco de dados (7) tem a função de armazenar as informações referentes ao cadastro e à impressão digital da região plantar do pé dos usuários do sistema (indivíduos a serem pesados) e permitir acesso as mesmas pelo servidor (6) .

[030] O servidor (6) tem a função de gerenciar a autenticação do login do usuário (indivíduo a ser pesado) e de gerenciar a verificação da identidade do indivíduo a ser pesado .

[031] Na primeira vez em que um usuário (indivíduo a ser pesado) for fazer uso da presente invenção o servidor (6) recebe do dispositivo eletrônico móvel (5) as informações de cadastro do usuário, recebe as informações da impressão digital da região plantar do pé do usuário e armazena as mesmas no banco de dados de forma vinculada.

[032] Nas demais vezes em que um usuário (indivíduo a ser pesado) for fazer uso da presente invenção o servidor (6) recebe do dispositivo eletrônico móvel (5) as informações de login de um usuário e verifica se as mesmas estão de acordo com as informações de login armazenadas no banco de dados (7) . O servidor (7) ainda recebe da unidade de processamento (2) as informações da impressão digital da região plantar do pé do usuário e verifica se as mesmas estão de acordo com as informações da impressão digital da região plantar do pé armazenadas no banco de dados (7) .

[033] Se as informações de login de um usuário não estiverem de acordo com as informações de login armazenadas no banco de dados (7) , o servidor (6) não permite o acesso do usuário (indivíduo a ser pesado) ao sistema, não sendo realizada a pesagem.

[034] Se as informações de impressão digital da região plantar do pé do usuário não estiverem de acordo com as informações de impressão digital da região plantar do pé do usuário armazenadas no banco de dados (7) , o servidor (6) invalida a pesagem.

[035] Adicionalmente, a presente invenção apresenta um Método de Detecção de Burla em Pesagem de Indivíduos, conforme observado na figura 3, em que é analisada a variação das medidas instantâneas de massa corpórea de um indivíduo realizadas em um determinado intervalo de tempo e, com essa análise, constata-se se ocorreu ou não tentativa de burla na pesagem. O referido método compreende, em sua configuração preferencial, nas seguintes etapas: aquisição e armazenamento de dados, divisão dos trechos de pesagem (slots) relativos aos parâmetros característicos, análise de trechos de pesagens (slots) e validação da pesagem.

[036] Na etapa 1, de aquisição e armazenamento de dados, são adquiridas as medições instantâneas da massa corpórea de um indivíduo por um determinado intervalo de tempo, realizados por uma balança digital. Tais medições são estruturadas em forma de "linha do tempo" e armazenadas como uma série temporal em memória embarcada para análise posterior .

[037] Na etapa 2, de divisão dos trechos de pesagem (slots) relativos aos parâmetros característicos, para cada parâmetro característico, a série temporal é dividida em uma determinada quantidade de slots de diferentes tamanhos, contendo medições consecutivas em relação à linha do tempo do total de medições.

[038] É utilizada uma pluralidade de parâmetros característicos para a constatação da ocorrência de tentativa de burla na pesagem. Os mesmos são preferencialmente, mas não se limitam a:

1) Diferença entre o peso instantâneo máximo e o peso instantâneo minimo no slot;

2) Razão entre a variância das pesagens e a variância das diferenças entre as pesagens;

3) Coeficientes da curva de regressão polinomial

(pesagem em função do tempo) ;

4) Curtose da amostra;

5) Módulo da diferença entre a média do segmento e a média global da sessão de pesagem;

6) Quantidade de picos e vales de alta intensidade dividido pelo intervalo de tempo do slot;

7) Quantidade de picos e vales de alta intensidade dividido pelo intervalo de tempo do slot, multiplicado pela raiz quadrada do valor médio da pesagem;

8) Tempo de estabilização de picos e vales;

9) Tempo de estabilização de picos e vales dividido pelo valor médio da pesagem; e

10) Coeficientes da Transformada Rápida de Fourier.

[039] Para cada um dos parâmetros característicos é atribuído um intervalo de tempo de slots diferente pelo fato dos parâmetros terem a necessidade de avaliações diferenciadas. Os intervalos de tempo dos slots preferencias dos parâmetros característicos estão contidos na tabela a seguir :

[040] Na etapa 3, análise de slots, cada parâmetro característico é analisado individualmente em cada um dos slots, onde se compara a estimativa do parâmetro característico com uma faixa considerada aceitável. Toda vez que a estimativa se encontra fora desta faixa, diz-se que aquele slot daquele parâmetro característico é inválido .

Essa análise de slots possui faixas de aceitação especí ficas para cada parâmetro característico conforme detalhado na tabela a seguir : [041] Na etapa 4, validação da pesagem, é verificada a quantidade de slots inválidos para cada um dos parâmetros característicos. Se essa quantidade for maior que uma determinada porcentagem, estabelecida conforme tabela a seguir, é constatada a tentativa de burla na pesagem e esta é invalidada. Exemplo de aplicação :

[042] Conforme observado nas figuras 4 e 5, podemos notar a diferença dos padrões de variação de pesagens instantâneas em uma pesagem normal, sem tentativa de burla, e uma pesagem burlada .

[043] Na figura 6 observamos o gráfico referente a avaliação do critério 5 do Método de Detecção de Burla, em que é monitorada o Módulo da diferença entre a média do segmento e a média global da sessão de pesagem dividido pela média global da pesagem referente a pesagem da figura 5.

[044] Conforme mencionado o Módulo da diferença entre a média do segmento e a média global da sessão de pesagem dividido pela média global da pesagem em um slot, para ser considerado como válido, deve ser inferior a 0,006.

[045] Na figura 6, conforme destacado, o valor do Módulo da diferença entre a média do segmento e a média global da sessão de pesagem dividido pela média global da pesagem em um dos slots de tempo ultrapassa o valor de limiar de 0,006. Isso acarreta na invalidação do slot.

[046] Uma vez que, conforme mencionado, se 10% dos slots forem invalidados a pesagem é detectada a tentativa burla da mesma .

[047] Os versados na arte valorizarão os conhecimentos aqui apresentados e poderão reproduzir a invenção nas modalidades apresentadas e em outras variantes, abrangidas no escopo das reivindicações anexas.